Matinal News

A dois meses da eleição, Bolsonaro ainda não escolheu palanque no RS

Change Size Text
A dois meses da eleição, Bolsonaro ainda não escolheu palanque no RS

A dois meses do primeiro turno da eleição mais polarizada desde a redemocratização, o presidente Jair Bolsonaro (PL) admitiu dificuldade em definir um palanque para participar no Rio Grande do Sul, onde o ex-ministro Onyx Lorenzoni (PL) e o senador Luis Carlos Heinze (PP), ambos muito próximos ao presidente, disputarão os votos dos eleitores à direita. “É bem difícil eu ir duas vezes (ao Rio Grande do Sul). Estamos tentando compor para ver a melhor maneira de conduzir as eleições no Estado”, comentou em entrevista à Rádio Guaíba. Na última pesquisa TV Record/RealTime Big Data para o governo gaúcho, Onyx apareceu tecnicamente empatado com Eduardo Leite, com 24% das intenções de voto; já Heinze teve 4% das respostas.

Na mesma entrevista, o presidente criticou as pessoas que aderiram à carta em defesa do sistema eleitoral brasileiro e da democracia, que até ontem à noite já tinha recebido quase 700 mil assinaturas. Ele classificou os apoiadores do documento – que vão de juristas a artistas – como “sem caráter”. A carta será lida na USP em 11 de agosto. 

A indefinição de palanque para Bolsonaro também se replica na disputa para o Senado, que tem em Hamilton Mourão (Republicanos) e Nádia Gerhard (PP) os nomes mais alinhados ao bolsonarismo no RS. Mourão, aliás, intensificou as viagens ao Estado neste ano. Ele veio ao RS em 29 ocasiões, segundo a Folha de S.Paulo. As visitas sempre acontecem dentro da agenda oficial de vice-presidente. Ao mesmo tempo, sua participação em eventos relacionados ao Conselho Nacional da Amazônia Legal, presidido por ele, diminuíram.

Ainda sobre Senado, Lasier Martins (Podemos) vai confirmar hoje a desistência da reeleição(🔒) para tentar uma vaga na Câmara dos Deputados, de acordo com a jornalista Rosane de Oliveira. E no seu canal no YouTube, nosso colunista Juremir Machado da Silva entrevista Olívio Dutra (PT) hoje às 18h. A chapa do petista, por sinal, precisa aparar arestas com o PCdoB, que perdeu espaço a partir das alianças recentes com o PSOL.

Decisão judicial impede Sparta de acumular cargos na SMS e no Cremers

Uma decisão da Justiça publicada na última semana apontou incompatibilidade do secretário de Saúde de Porto Alegre, Mauro Sparta, em acumular o cargo na gestão municipal ao mesmo tempo em que é conselheiro do Conselho Regional de Medicina (Cremers), no qual foi eleito para ocupar o assento até 2023. Em janeiro deste ano, Sparta havia se licenciado do cargo executivo alegando “compromissos”. Na época, a mesma juíza que assina a decisão de julho, Daniela Pertile Victoria, tinha impedido Sparta de participar da votação no Conselho, que acabou elegendo seu filho, Carlos Sparta, presidente da entidade. Ao Matinal, o secretário afirmou agora que já havia feito sua opção, quando pediu licença do cargo de conselheiro no mesmo mês de janeiro em que se licenciou da Prefeitura – isso após a votação que elegeu seu filho. “Enquanto for secretário, ficarei licenciado do cargo de conselheiro”, afirmou o titular da pasta da Saúde na Capital. 

Número de bicicletas compartilhadas em Porto Alegre mais que dobrará

O número de bicicletas compartilhadas em Porto Alegre vai passar de 410 para mil em breve, volume que será distribuído em 100 estações, ampliando a área de cobertura a locais como o 4º Distrito, o Parque Germânia, a avenida Bento Gonçalves e os bairros Ipanema e Tristeza. O aumento será a partir de novo contrato com a M1 Transportes, que é dona da Tem Bici, atual operadora do sistema. Assim que o novo contrato for assinado, haverá um prazo de seis meses para as novas estações serem instaladas – até agora, 91 estações já estão liberadas para serem implantadas. Além da maior quantidade de bikes, também haverá bicicletas elétricas e bicicletas para crianças. 

Produtores criticam consulta pública da Secretaria do Meio Ambiente

A consulta pública da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) para receber sugestões da população antes de definir o mapeamento de proibição e de liberação de aplicação de agrotóxicos no entorno do Parque Estadual Delta do Jacuí é alvo de críticas de agricultores e ambientalistas. Os grupos acusam a Sema de tentar “forçar uma autorização” da pulverização aérea na região da Área de Proteção Ambiental, o que é negado pela secretaria. As entidades ainda alegam que agricultores têm registrado perdas em razão da contaminação por deriva de agrotóxicos. Conforme relatado, a situação aumentou recentemente a partir de aplicação dos químicos pelo método de pulverização aérea. Os produtores reivindicam a criação de um polígono de proteção dos assentamentos da reforma agrária nas áreas da Região Metropolitana que produzem alimentos certificados como orgânicos.

Outros links:

  • Hoje, às 17h, tem live do Matinal sobre violência contra mulher no Rio Grande do Sul. Vamos conversar com a advogada de Direitos Humanos Márcia Soares, da ONG Themis. Acompanhe no nosso canal do YouTube.
  • O imóvel que abrigou o Dopinha, na Rua Santo Antônio, está no Airbnb apresentado como “uma casa espaçosa, antiga, original e recentemente remodelada”.
  • Conveniada à Prefeitura, a Escola de Educação Infantil Pé de Pilão, no bairro Farrapos, teve que adiar o retorno das atividades por falta de água. O Dmae investiga a causa da falta de abastecimento, que também tem afetado outros moradores da região.
  • O Iphan e a Prefeitura estão tentando chegar a um acordo sobre o asfalto que foi aplicado irregularmente sobre paralelepípedos do Centro Histórico. O órgão sugere a retirada do asfalto.
  • Moradores de Porto Alegre podem ganhar desconto no IPTU 2023. Um novo programa vai conceder até 3% de desconto para pessoa física com imóvel sem débitos e mais 3% de redução para quem tiver colocado o CPF em mais de 18 notas fiscais entre 1º/11/21 e 30/10/22.
  • Marco Aurelio Cardoso deixou ontem a Secretaria da Fazenda do RS. Ele justificou a saída por razões pessoais e será substituído por Leonardo Busatto, que ocupava a Secretaria Extraordinária de Parcerias.
  • O IBGE abriu 250 vagas para recenseadores em Porto Alegre. Os interessados têm até hoje para se dirigirem até uma agência do IBGE e se inscrever. Não há necessidade de pagamento de taxas ou comprovação de títulos.
  • Um homem recebido pelo vice-presidente Hamilton Mourão como desembargador do TJ-RS em 2019 está sendo investigado pela Polícia Civil por fraude e plágio. De acordo com a investigação, o homem em questão nunca foi advogado ou desembargador.
  • Juremir Machado comenta o ódio contra mulheres na política: “Manuela D’Ávila é alvo permanente dos seres mais abjetos. Mais uma vez, um deles a ameaçou de estupro e referiu-se a filhinha dela em termos sexuais inomináveis. Por que esse ódio todo?”

Cultura

Agenda (🔒)

Às 20h, o Teatro Renascença recebe única apresentação do espetáculo de dança Dura Máter, com direção de Bruna Gomes.

O curta-metragem baianoMãe Solo, de Camila de Moraes – um dos cinco finalistas ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2022 na categoria Documentário –, terá sessão comentada com a rapper Negra Jaque e a pesquisadora Maria Fontoura, às 20h30, na Cinemateca Capitólio.

Trio in Uno, formado pelos brasileiros Pablo Schinke (violoncelo) e José Ferreira (violão de 7 cordas) e pela italiana Giulia Tamanini, sobe ao palco do Café Fon Fon, às 21h.

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

Receba a agenda completa


Você viu?

Essa é pra quem pensa em largar de mão o sedentarismo: uma nova pesquisa da Universidade Complutense de Madri mostra que a natação pode ser uma espécie de fonte da juventude para o cérebro. A conclusão é que a atividade é um exercício físico completo, tanto para o corpo quanto para mente, pois reduz os níveis de cortisol, o hormônio do estresse. Ao nadar, é preciso colocar para trabalhar os dois hemisférios do cérebro, que demandam uma maior produção de oxigênio. Assim, a comunicação entre eles beneficia a cognição e a habilidade para aprender.

;
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.