Matinal News

À Polícia, vereadores reclamam de falta de ação da segurança da Câmara

Change Size Text
À Polícia, vereadores reclamam de falta de ação da segurança da Câmara

No dia seguinte às cenas lamentáveis na Câmara Municipal, parlamentares da oposição registraram um boletim de ocorrência na Delegacia de Combate à Intolerância contra as pessoas que, ao participarem da confusão e da briga, realizaram atos de cunho racista contra as vereadoras Bruna Rodrigues (PCdoB), Daiana Santos (PCdoB) e Laura Sito (PT). No BO, os vereadores também mencionaram a “falta de providências da Câmara de Porto Alegre” durante as agressões, que ocorreram durante análise do veto do prefeito Sebastião Melo (MDB) ao projeto que estabelecia um passaporte vacinal em Porto Alegre. Para os integrantes da bancada, não houve iniciativa por parte da segurança da Casa para conter os manifestantes. Eles também citaram que um integrante do grupo que protestou levava um cartaz com uma suástica. O portador do símbolo chegou a ocupar um cargo em comissão (CC) na Prefeitura, conforme denunciou o vereador Leonel Radde (PT). Na sequência, a Prefeitura informou que a pessoa foi desligada do quadro de trabalhadores do Município há duas semanas. 

Sem assistência da Prefeitura, Orquestra Villa-Lobos interrompe atividades – A Orquestra Villa-Lobos, projeto de inclusão social por meio da música em Porto Alegre, está com as atividades interrompidas por falta de verba desde abril de 2020, período em que o convênio com a prefeitura foi encerrado. A partir da não renovação do contrato que deveria bancar as oficinas na escola Heitor Villa-Lobos, 20 educadores, que atuam em atividades pedagógicas, ficaram sem salário. O programa atende 300 crianças e adolescentes. Nesta semana, a orquestra publicou uma carta aberta em que relata os nove meses de tratativas com a Secretaria Municipal de Educação e que terminaram sem solução para o problema. O Executivo da Capital explicou que editais serão lançados para auxiliar programas semelhantes, mas não apresentou uma data. Conforme a professora Cecília Rheingantz Silveira, regente da orquestra, seriam necessários 50 mil reais mensais para custear os vencimentos dos docentes e o material usado na iniciativa. 

Prefeitura paralisa obras no Gasômetro e fará nova licitação para parte elétrica – As obras de restauro da Usina do Gasômetro foram paralisadas na terça-feira, e a Prefeitura de Porto Alegre está fazendo ajustes no contrato, o que inclui licitar novamente a parte elétrica da obra. Na quarta-feira, o Matinal, em parceria com Nonada e Dossiê Palcos Públicos, publicou reportagem que mostra que a gestão municipal vem sendo alertada desde 2019 sobre inconsistências no processo licitatório e na execução do restauro. O espaço deveria ter sido reaberto em março de 2021, mas a previsão agora é reabri-lo só no ano que vem. E o custo final pode chegar a 70% mais do que o previsto inicialmente. A Secretaria de Obras e Infraestrutura (SMOI) informa que o novo certame é uma das medidas para que os aditamentos não ultrapassem o limite permitido por lei de 50% em obras de reforma. O problema na parte elétrica, que contribuiu para a atual paralisação, foi detectado pela primeira vez em abril de 2020 por um fiscal de obras e engenheiro eletricista do Município, que chegou a recomendar a suspensão da obra naquele momento, conforme revelou a reportagem publicada na quarta-feira.

Outros links:

  • procura por táxis tem aumentado em Porto Alegre. Desde janeiro, a alta é de 83% e foi impulsionada pelo descontentamento de clientes com os aplicativos de transporte. 
  • O RS lançou ontem um plano de investimentos de mais de 280 milhões de reais para a área da segurança. O anúncio focou em equipamentos e tecnologia.
  • Diante dos surtos de diarreica aguda no RS, a Corsan decidiu aumentar o nível de cloro na água distribuída aos consumidores. A doença afetou mais de 2 mil pessoas desde agosto.
  • Uma variante do coronavírus identificada em estudo do Hospital Moinhos de Vento no ano passado recebeu oficialmente o nome de P7. A cepa foi detectada em 22 amostras.   
  • A Sulgás vai a leilão hoje na B3, a bolsa de valores do País. O preço mínimo a ser pago pelo controle da estatal é de 927,8 milhões de reais. 
  • O índice de confiança do industrial gaúcho recuou em outubro na comparação com setembro. O ICEI atingiu 60,1 no segundo mês consecutivo de queda. 
  • Obras do Cine Grand Café entraram na reta final, mantendo a previsão de reinaugurar em novembro. O novo espaço, que fica no lugar do antigo Guion Cinemas, terá três salas de cinema, bistrô, cafeteria e loja de vinhos.
  • O Comitê Gaúcho de Combate à Fome iniciou um projeto de cultivo comunitário (🔒) na Casa Mirabal. Até o final do ano, quatro hortas comunitárias devem ser implementadas. 
  • E a nova Escola de Sargentos do Exército será em Recife. A escolha pela capital pernambucana frustrou os planos de Santa Maria, que estava cotada para receber a sede, o que geraria investimento de 1,2 bilhão de reais na cidade.

Estabilidade em internações por Covid sugere transição para endemia no RS

Desde o início de setembro, o número de leitos de UTI ocupados por pacientes com Covid-19 no Rio Grande do Sul transita entre 400 e 500, ao contrário do registro de casos e óbitos, que vêm apresentando queda consistente desde março, no pico da pandemia no Estado. Especialistas ouvidos pelo Matinal sugerem que o dado pode indicar a transição para uma endemia da doença, um cenário no qual a população irá passar a conviver com o vírus. 

Essa possível endemia se dará em um patamar bem mais baixo do que o registrado no início do ano. E graças à vacinação, motivo pelo qual os especialistas ouvidos pela reportagem atribuem a redução significativa de mortes por Covid-19. “O perfil de internados mudou, já que pessoas têm a doença agora e muitas vezes não se torna tão grave, porque a maioria está vacinada”, afirmou o secretário de Saúde de Porto Alegre, Mauro Sparta. 

Passado já mais de um ano e meio dos primeiros diagnósticos do coronavírus por aqui, agora pode-se dizer que a fase é de transição. Mesmo com a maioria da população vacinada – hoje 56% do total de residentes no RS já tomou as duas injeções. “A situação não é agradável, mas é mais tranquila. O pior passou, e se espera que não volte, graças à segunda dose e à dose de reforço, que são muito positivas”, avalia o doutor em Epidemiologia e professor da UFRGS, Paulo Petry.

Leia a reportagem completa


Vacina, sim!

A aplicação da vacina contra a Covid-19 segue hoje em 54 locais de Porto Alegre. A injeção de reforço pode ser solicitada por pessoas com 60 anos ou mais e profissionais de saúde vacinados com a segunda dose até 22 de abril, além de imunossuprimidos com esquema vacinal completo até 24 de setembro. Acesse o serviço completo do dia


OFERECIMENTO


Cultura

28° Porto Alegre Em Cena: a cidade como palco

Entidades, de Jaider Esbell | Foto: Juliana Alabarse

Com o tema Existe uma Cidade Sobre Nós, começou na terça-feira (19/10) mais uma edição do Porto Alegre Em Cena. Como aponta o título, a programação se debruça sobre a cidade para a partir dela investigar o passado e vislumbrar futuros possíveis. A repórter Luísa Kiefer conversou com o diretor geral do evento, Fernando Zugno, sobre o que moveu a curadoria, as novidades do festival e as dificuldades que a cultura enfrenta no Brasil de hoje. Confira a matéria


Agenda (🔒)

Hoje

Às 18h começa o festivalPOA Craft Beer, que acontece no Parque da Harmonia até domingo, 24. São 20 microcervejarias, atrações gastronômicas e musicais, como Serginho MoahSamba TRI e os DJs Lê Araújo e Capu.

Os grupos indígenas Nóg Gã e Teko Guarani e o grupo feminino Líricas Sulinas apresentam seus documentários na Mostra Nacional do Sonora Brasil Sesc 2021. As participações gaúchas serão transmitidas no canal do Sesc/RS no YouTube, a partir das 18h30.

O músico e compositor Carlos Badia lança seu novo disco, VOO, com dez faixas autorais. O show será transmitido pela Cubo Play, às 21h.

Sábado (23/10)
Das 14h às 18h, acontece, na Casa de Cultura Mario Quintana, a 35° edição do Afro’n’talks. O evento, que é focado no protagonismo negro, marca o lançamento da websérie homônima, com rodas de conversa e feira de produtos de afroempreendedores.

Nei Lisboa se apresenta na retomada presencial do Ecarta Musical, às 18h. O show, em versão acústica, mesclará clássicos do início da carreira, releituras de trabalhos anteriores e novas canções.

Às 21h30, acontece mais uma edição do Festival da Canção Aliança Francesa 2021. As apresentações serão transmitidas ao vivo, diretamente dos estúdios da TVE, para as redes sociais da Aliança Francesa e FM Cultura 107.7

Domingo (24/10)
A atração deste domingo no Butiá é o compositor Mathias 7 Cordas, que apresenta repertório de chorinho, com clássicos e músicas de compositores contemporâneos. As apresentações iniciam às 17h30. 

espetáculo teatral Encontros Impossíveis, com Renato Prieto, tem apresentação única, às 18h, no Theatro São Pedro

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

Receba a agenda completa


Você viu?

“Pulando” na Capital há cerca de 450 dias, o Grilo – um triciclo elétrico coberto e sustentável, com capacidade para um motorista e dois passageiros – caiu no gosto dos porto-alegrenses, e dobrou o número de deslocamentos de maio até outubro. Agora, além de levar passageiros e produtos, os veículos oferecem outros serviços, como auxílio de locomoção para idosos. Para o cofundador e diretor-executivo, Carlos Novaes, o Grilo está ajudando a democratizar a mobilidade sustentável: “Temos o equivalente a mais de 800 árvores plantadas com a redução nas emissões de CO2”, comemorou, em entrevista a GZH. Atualmente, a empresa tem a capacidade de colocar 16 veículos elétricos na rua e a área de cobertura da plataforma inclui 12 quilômetros quadrados em 10 bairros. 

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito