Matinal News

Alta da gasolina gera investigação do Procon em Porto Alegre

Change Size Text
Alta da gasolina gera investigação do Procon em Porto Alegre

O aumento recente dos preços da gasolina em Porto Alegre motivou a abertura de uma investigação do Procon (🔒). Desde a semana passada, os postos majoraram o combustível em até 20 centavos, segundo reportagem da GZH. A partir daí, o órgão quer descobrir se os revendedores tiraram vantagem excessiva com a medida. Cinco distribuidoras deverão enviar cópias de notas fiscais dos últimos 30 dias de comércio com postos de combustíveis da Capital. A apuração é referente aos preços do etanol, gasolina comum e aditivada. A locomoção de consumidores não tem sido a única afetada pela crise econômica. A alimentação dentro de casa passou por modificações depois que a carne bovina ficou mais cara. A inflação levou moradores de Porto Alegre a procurar opções mais simples como pés de galinha e mondongo para se alimentar. Produtos ultraprocessados também entraram na lista de alternativas, já que são mais baratos. 

Estado assume a distribuição de refeições para 200 pessoas atendidas pelo MTST – O governo do RS anunciou que irá assumir a distribuição de refeições para as cerca de 200 pessoas que vinham sendo atendidas pela Cozinha Solidária instalada pelo MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) em Porto Alegre. A decisão veio após uma reunião do vice-governador Ranolfo Vieira Júnior com representantes do MTST. O serviço será oferecido pelo executivo estadual no PopRua, espaço de acolhimento e cuidado destinado a pessoas em situação de rua localizado na avenida Aureliano de Figueiredo Pinto, a partir da próxima segunda-feira. Na semana passada, a Justiça havia determinado a desocupação do imóvel ocupado desde setembro por integrantes do MTST para a distribuição diária de refeições gratuitas. O grupo permanece no terreno, que pertence à União, e segue recorrendo da decisão. 

Vacinação de adolescentes tem avanço desigual no RS – O Rio Grande do Sul já vacinou 50,8% da população entre 12 e 17 anos, mas o avanço para essa faixa etária ocorre de modo irregular nos municípios gaúchos. Enquanto cidades como Porto Alegre, Santa Maria, Erechim e Bagé já aplicam a primeira dose em quem tem 12 anos, municípios como Pelotas, Guaíba e Passo Fundo não conseguem ultrapassar a faixa dos 15 anos. Isso acontece porque a distribuição de doses específicas para esse grupo, prometida pelo Ministério da Saúde para a primeira semana de outubro, ainda não começou. Após ter suspendido a imunização deste público na metade de setembro, a pasta voltou atrás no dia 22 do mesmo mês, incluindo adolescentes na campanha nacional. Com a falta de doses, no entanto, o cronograma depende dos planejamentos municipais. 

Catorze cidades gaúchas têm “transparência zero” em informações sobre vacinação – Um levantamento feito pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul apontou que a apresentação de informações sobre a vacinação contra Covid-19 é deficitária em alguns municípios do Estado. Catorze cidades apresentaram “transparência zero” nos critérios avaliados. São elas: Aceguá, Bom Progresso, Caibaté, General Câmara, Itacurubi, Jóia, Lindolfo Collor, Morrinhos do Sul, São Jerônimo, Sede Nova, Soledade, Tabaí, Três Cachoeiras e Xangri-Lá. Os quesitos analisados pelo TCE foram publicação do plano de ação municipal de vacinação atualizado, dados sobre segurança, eficácia, potenciais riscos e benefícios de cada uma das vacinas, divulgação da ordem de grupos prioritários, do quantitativo de doses de vacinas e dos locais de vacinação, disponibilização de canais de denúncias de “fura-filas”, entre outros. 

Probabilidade de La Niña coloca produtores em alerta no RS – Os produtores gaúchos precisam ficar de olho no céu a partir desta primavera. Conforme a previsão do International Research Institute for Climate and Society, a probabilidade do RS sofrer os efeitos de La Niña nos próximos meses é de 70%. As condições impostas pelo fenômeno devem permanecer em território gaúcho até o próximo verão. Os modelos do instituto, utilizados pelo Conselho Permanente de Agrometeorologia do Estado, indicaram a diminuição da chuva e o aumento da temperatura durante o dia já na segunda quinzena de outubro. O La Niña poderá afetar as culturas de trigo, cevada e aveia, além da produção de grãos: milho, soja e feijão. Agricultores deverão buscar maneiras de minimizar estragos e um deles é escalonar a época de semeadura. 

Outros links:

  • A legislação para antenas de celulares de Porto Alegre servirá de modelo (🔒) para outras cidades do Brasil. A proposta foi feita pelo Fórum Nacional dos Procuradores-Gerais das capitais. 
  • O programa Avançar Educação será lançado na quinta-feira (🔒) pelo governo do RS. A iniciativa prevê o investimento de ao menos 1 bilhão de reais até o final de 2022. 
  • Pelo menos 25 cidades gaúchas registraram casos de diarreia aguda desde o final de agosto, totalizando 2 mil casos. Em cinco, o causador do surto foi o norovírus, transmitido normalmente por ingestão de água.
  • Uma jovem de 20 anos foi agredida no rosto por um segurança da casa noturna Haz Lounge, localizada na Cidade Baixa. O bar informou que o agressor foi afastado.
  • As inscrições para vagas em creches da Rede Municipal de Porto Alegre começam nesta quarta-feira. Em caso de dúvidas, os pais podem enviar e-mail para [email protected] ou ligar para os telefones 3289-1988 e 3289-1803.
  • O Grupo Hospitalar Conceição abriu concurso para formação de cadastro reserva no RS. Certame envolve cargos de níveis fundamental, médio, técnico e superior.
  • Impostos sobre herança e doações poderão ser pagos via Pix no Rio Grande do Sul. A Receita Estadual fez uma parceria com o Banrisul e a Procergs para disponibilizar a inovação.

Vacina, sim!

Porto Alegre segue a vacinação de pessoas com 12 anos ou mais nesta quarta. Cinquenta e dois pontos pela cidade aplicam primeiras e segundas doses, além das injeções de reforço, das vacinas Pfizer, Coronavac e AstraZeneca. 


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO
Livraria Bamboletras

O Lugar, de Annie Ernaux
(Fósforo, 72 páginas, 49,90 reais)

Annie Ernaux era a favorita para receber o Nobel de 2021. As apostas davam-na como favorita. Não deu, mas ela é extraordinária. O Lugar é o livro que lançou Ernaux à fama. A obra estabelece as bases para o projeto literário da autora que seria levado adiante por três décadas de consagração crítica e sucesso de público. Nesta autossociobiografia, uma das mais importantes escritoras vivas da França se debruça sobre a vida do próprio pai para esmiuçar relações familiares e de classe, numa mistura entre história pessoal e sociologia que décadas mais tarde serviria de inspiração declarada a expoentes da autoficção mundial como Édouard Louis e Didier Eribon. O resultado é um clássico moderno profundamente humano e original. 

Quero ler O LUGAR

O conteúdo desta seção é de responsabilidade do anunciante.


Cultura

Projeto épico recria o totalitarismo soviético

Foto: Reserva Imovision

Produção que causou sensação no Festival de Berlim de 2020, DAU. Natasha (2020) chega ao streaming com um ambicioso projeto artístico que tenta recriar o ambiente totalitário da União Soviética entre 1938 e 1958. Em parceria com o milionário empresário russo Sergey Adonyev, o diretor Ilya Khrzhanovsky concebeu uma obra que mistura cinema, ciência, performance, espiritualidade, experimentação social e artística, literatura e arquitetura para falar do uso autoritário do poder. Leia a resenha de Roger Lerina.

Agenda (🔒)

Às 19h, a escritora Jane Tutikian homenageia Fernando Pessoa (1988-1935) no Poesia no Ling, evento virtual e gratuito.

A cantora uruguaia Bibiana Dulce e o músico Antonio Floreslançam hoje o single e clipe de Alfonsina y El Mar.

Poa Jazz Festival anunciou a programação do evento, que será realizado em formato híbrido, no Instituto Ling, no dia 6 de novembro.

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

Receba a agenda completa


Você viu?

Foi em outubro de 2011 que os barcos Ana Terra e Carlos Nobre retomaram o transporte regular de passageiros entre Porto Alegre e Guaíba. Em sua primeira década de funcionamento, até o dia 28 deste mês, o catamarã terá feito 127.848 viagens e transportado quase 8 milhões de passageiros, como conta essa reportagem da Gaúcha ZH. Nesse tempo, até do resgate de um jovem à deriva a embarcação participou, sob aplausos dos passageiros, num domingo à tarde. O bancário Jairo Kereski, de 47 anos, presente no dia da primeira viagem, guarda ainda hoje a foto do tíquete da concessionária Catsul. Ele sempre soube que um dia contaria essa história. “Como o papel da passagem apaga, tirei a foto para eternizar”, lembra. 

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.