Matinal News

Câmara analisa projeto que reduz isenções nos ônibus

Change Size Text
Câmara analisa projeto que reduz isenções nos ônibus

Último projeto do pacote de medidas para o transporte público, a proposta que revê as isenções nos ônibus de Porto Alegre enfim começa a ser discutida pela Câmara hoje. Depois de audiências públicas realizadas no início deste mês, a Prefeitura recuou sobre a retirada de isenções a pessoas com HIV, além de rever critérios a estudantes, entre outros pontos, que restringiriam mais o acesso ao desconto na passagem. Atualmente são 14 categorias com isenções nos coletivos. Esse total baixaria para cinco. A expectativa do líder do governo na Casa, vereador Idenir Cecchim (MDB), é que o texto seja aprovado ainda neste mês, com chance de poder ocorrer já nesta segunda-feira. Neste ano, a gestão de Sebastião Melo (MDB) conseguiu aprovar no Legislativo os projetos sobre a extinção gradual do cargo de cobrador e a desestatização da Carris.

Com menos candidatos, Enem ocorre de maneira tranquila no Estado – Acompanhando a tendência nacional, o Rio Grande do Sul teve menos candidatos inscritos no Enem do que no ano passado. Na comparação entre 2020 e 2021, este índice baixou 47%: eram 138.720 estudantes inscritos para começar a prova ontem no início da tarde. O número reduzido fez com que o acesso aos locais de aplicação da prova ficasse mais fácil, de maneira geral sem grandes registros de engarrafamentos ou transtornos maiores. Nas salas, a prova foi mais uma vez um verdadeiro teste físico e intelectual aos alunos e passou à margem de uma possível interferência política do governo Bolsonaro. Nas últimas semanas, o Inep, que elabora a prova, viu 37 de seus servidores pedirem exoneração. Além disso, o presidente Jair Bolsonaro chegou a falar que a prova teria “a cara do governo”. Acabou não sendo bem assim. Aqui, o gabarito extraoficial da prova feito por professores do Anglo ao G1.

Novas flexibilizações ocorrem enquanto números da covid voltam a baixar – Com o novo decreto do Governo do Estado em vigor, Porto Alegre já não cobra mais a obrigatoriedade da apresentação do comprovante vacinal desde a última sexta-feira em grandes eventos, possibilidade permitida às cidades com 90% ou mais da população adulta com o ciclo vacinal completo. A Capital já atingiu esse índice – mas fica abaixo dele ao serem considerados os adolescentes, que também são público-alvo da campanha. A flexibilização ocorre quando os números da pandemia dão mostras de finalmente terem voltado a cair, após cerca de dois meses em estabilização. Há dez dias consecutivos, os leitos de UTI em Porto Alegre não têm uma centena de pacientes com covid internados, um patamar anterior à primeira onda da doença na cidade, no inverno de 2020.

Eleição da OAB/RS pode parar na Justiça – A chapa de oposição Somos [email protected] OAB – Muda OAB/RS”, encabeçada por Paulo Torelly, ingressou na Justiça Federal pedindo o adiamento das eleições da OAB/RS, que estão marcadas para começar às 8h de hoje. Em nota, a chapa questiona a segurança do sistema de votação e apuração, além de questionar a empresa contratada para organizar o pleito. Pela primeira vez, a eleição para o Conselho da Ordem será feita de maneira online. O voto é obrigatório para todos os advogados inscritos na OAB/RS. Além de Torelly, Leonardo Lamachia concorre ao Conselho Seccional pelo grupo da situação, OAB Mais.

Prévias do PSDB são suspensas por falha em aplicativo de votação – Montado para ser um dos grandes eventos pré-eleitorais do ano, a votação do PSDB para escolher o presidenciável para o pleito de 2022 – e que tem entre os candidatos o governador Eduardo Leite – foi suspensa ontem. Isso porque o aplicativo usado pelos correligionários para votar travou por conta do alto fluxo de acessos. O problema, que chegou a ser classificado como “fiasco” por líderes indignados, gerou mais ataques entre Leite e João Dória, governador de São Paulo que é rival do gaúcho na disputa. A diretoria tucana vai deliberar hoje sobre a nova data. Enquanto o paulista quer realizar as prévias no próximo domingo, dia 28, o grupo que defende Leite fala em retomar a votação amanhã para evitar a busca por apoio de filiados. O aplicativo foi desenvolvido pela Fundação de Apoio à Universidade do Rio Grande do Sul e não havia passado por testes de estresse. O órgão disse que está investigando o problema.

Outros links:

  • A Prefeitura lançou um programa para incentivar o Empreendedorismo Feminino na Capital.
  • Um levantamento da Delegacia de Polícia de Combate à Intolerância (DPCI) de Porto Alegre mostrou que metade dos investigados por discriminação racial na Capital são conhecidos das vítimas.
  • Revitalizada, a fachada do Muro da Mauá foi entregue com quatro meses de antecedência. O prefeito Sebastião Melo destacou o fato, exaltando que há “um longo e belo caminho de parcerias” entre o Município e o setor privado.
  • Pré-candidato ao Governo do Estado, o vereador Pedro Ruas (PSOL) se apresentará como um brizolista (🔒) na campanha do ano que vem, conforme a jornalista Rosane de Oliveira.
  • Faturamento de empresas gaúchas na bolsa subiu mais de 50% no terceiro trimestre. Soma de receitas das 15 maiores companhias chegou a 36,2 bilhões de reais.
  • Apresentado na última sexta, o programa Avançar no Sistema Penal e Socioeducativo tem como uma das metas a demolição do Presídio Central de Porto Alegre.

Vacina, sim!

A vacina contra a covid pode ser encontrada em 41 pontos diferentes de Porto Alegre hoje. Aliás, a partir desta segunda, o prazo para todos os adultos tomarem a terceira dose passa a ser de cinco meses (no caso de hoje, até 22 de junho), seguindo a orientação do Ministério da Saúde. 


Cultura

Carla Camurati revê 35 anos de presidência no Brasil

Lula cumprimenta Dilma na posse presidencial de 2011. Foto: Copacabana Filmes/Divulgação

O filme 8 Presidentes 1 Juramento – A História de um Tempo Presente (2021), primeiro documentário da cineasta Carla Camurati, acompanha o compromisso declarado por todos os políticos que ocuparam o cargo mais importante do país nos últimos 35 anos e revive a trajetória da democracia desde o movimento da Diretas Já. Leia o comentário de Roger Lerina.

Agenda (🔒)

Instituto Moreira Salles celebra uma década da revista de fotografia ZUM em festival online que vai de hoje, a partir das 17h30, a 26 de novembro.

Os dançarinos Luciana Paludo e Luciano Tavares apresentam o projeto Protocolos para um Abraço, com direção de Paludo e interlocuções de Lígia Petrucci e Suzi Weber, às 19h30, no canal de YouTube do Departamento de Difusão Cultural da UFRGS

Finalista dos prêmios São Paulo de Literatura e Jabuti, o escritor Jeferson Tenório também concorre ao Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa com o romance O Avesso da Pele – relembre a entrevista com o autor.

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

Receba a agenda completa


Você viu?

O Inter aproveitou a passagem do Dia da Consciência Negra deste ano para anunciar a criação de uma cláusula antidiscriminação nos contratos dos atletas e funcionários do clube. A partir deste dispositivo, vínculos poderão ser encerrados por justa causa por conta de algum ato racista. Além do Inter, dos 20 clubes da Série A do Brasileirão, seis têm cláusula semelhante nos contratos: Bahia, Bragantino, Ceará, Corinthians, Cuiabá e Palmeiras.

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito