Carta da Editora, Matinal News

Desafio para 2021-2024: transparência

Change Size Text
Desafio para 2021-2024: transparência

O momento nos convoca a olhar para o futuro da cidade. Escolher o prefeito ou a prefeita e os/as parlamentares que decidirão por que rumos irá a vida dos porto-alegrenses. Uma sequência de clichês que se repete a cada 4 anos, em todos os jornais – e não tem como ser muito diferente. Ou tem?

Eventos recorrentes como eleições são um desafio para a imprensa, ainda mais por envolverem debates sobre problemas crônicos que se agravam de um mandato para o outro. O que estamos fazendo aqui no Matinal, além de mirar à frente, é olhar no retrovisor por uns instantes e conferir o que foi feito nos últimos anos, especialmente na Câmara Municipal de Porto Alegre. 

Nesta semana, mais um conteúdo produzido pela equipe da Afonte Jornalismo de Dados, parceira do Matinal, focou nos parlamentares da Capital, desta vez trazendo informações sobre seu desempenho. Foram três reportagens baseadas em análises quantitativas de dados como ausência em sessões e aprovação de projetos. Tanto quanto os resultados desses levantamentos, chamam a atenção os problemas para acessar esses dados.

Quem lê no pé das reportagens que “texto e gráficos foram produzidos com dados extraídos das informações da legislatura e tramitação de projetos da Câmara de Vereadores de Porto Alegre” – com esses hiperlinks bonitinhos e tudo – talvez não se dê conta de que o fato de uma informação estar publicada em um site não necessariamente quer dizer que ela esteja disponível nas condições ideais para uma análise adequada. E isso vai desde o formato do arquivo até a clareza nos textos, incluindo a grafia de nomes próprios! 

Um rápido exemplo contado pela Taís Seibt, fundadora da Afonte e uma das jornalistas que assina o conteúdo para o Matinal. Na investigação sobre as ausências nas sessões, as repórteres descobriram que as faltas justificadas pelos parlamentares não estão computadas como faltas, ou seja, não sabemos de fato quantas vezes um vereador faltou ao seu trabalho. Essa e outras revelações foram descobertas depois de muito fuçar em tabelas – disponíveis em pdf, formato que não permite cruzamento de dados, ou xls, tipo de arquivo que demanda um software específico para ser lido –, além de entrevistas e conversas com especialistas.

Monitorar o desempenho de um parlamentar é parte do trabalho do jornalismo comprometido em fiscalizar o poder, tarefa hercúlea. E por isso mesmo estimulamos que você, cidadão, também se engaje nessa missão. Faça a

sua parte, entre lá na página da Câmara onde está a lista de vereadores, selecione um, vá na aba Projetos e dê uma vasculhada nos textos. Depois compartilhe com a gente suas impressões. Quem sabe nascem novas pautas das suas investigações.

Você também pode contribuir com nosso trabalho assinando um dos nossos planos para que a gente possa ampliar nossas reportagens sobre aqueles que estão no poder.

Contamos com vocês. Da nossa parte, continuaremos brigando com pdfs e afins.

RELACIONADAS
Inscreva-se no ZapMatinal

Receba todas as manhãs um boletim com as principais notícias sobre Porto Alegre e o RS pelo WhatsApp. Além da mensagem em texto, o ZapMatinal traz também uma versão em áudio.

Ou ouça na sua plataforma de streaming favorita

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.