Matinal News

Com avanço da vacinação, Covid afeta faixa etária mais jovem

Change Size Text
Com avanço da vacinação, Covid afeta faixa etária mais jovem

Enquanto os números da pandemia se mantêm em um patamar alto no Rio Grande do Sul, a face das vítimas mudou. E essa situação fica mais clara com a análise de dados recentes sobre os impactos da Covid-19 nos hospitais: os pacientes – e as vítimas – estão mais jovens, o que pode ser um reflexo do avanço e da eficiência da vacinação, que já provocam “um resultado incontestável”, na opinião do presidente da Sociedade Paulista de Infectologia, Carlos Fortaleza.

boletim da Secretaria Estadual da Saúde atesta o cenário de rejuvenescimento. Se até fevereiro, a faixa etária que predominava as estatísticas tanto de hospitalizações quanto de óbitos relacionados ao coronavírus era aquela dos que tem a partir de 70 anos, agora é o público entre 50 e 59 anos que está sendo mais afetado. Uma em cada cinco pessoas que morrem de Covid no RS tem essa idade. Além disso, a faixa é a mais hospitalizada dentre os casos confirmados.

“Certamente isso tem relação com a vacinação com duas doses dos idosos, que já impactou em um menor número dessa população em UTI”, afirmou a GZH a coordenadora do grupo de trabalho de enfrentamento ao coronavírus no Hospital de Clínicas, Beatriz Schaan. Ontem, o RS tornou-se o primeiro estado do Brasil a alcançar o índice de 15% da população com ciclo vacinal completo – isto é, com as duas doses já aplicadas. Se considerar a fatia da população vacinável, sobe para 19,1%. Porto Alegre ainda está um pouco na frente, com quase 30% dos adultos tendo recebido as duas injeções.

No entanto, ela faz coro ao alerta de outros especialistas sobre a alta circulação do vírus, algo notado pela quinta alta consecutiva do total de surtos ativos da doença no Estado. Ou seja, o ritmo acelerado da vacinação não deve ser acompanhado de relaxamento nas medidas, como também frisou o professor UFCSPA, Alessandro Pasqualotto, ao Correio do Povo: “Hoje vivo uma fase muito otimista e até o final do ano, vamos superar. Mas até lá muita gente ainda vai sucumbir”.

O que mais você precisa saber

Três postos da Capital terão agendamento de vacinação via app – A partir de hoje é possível agendar a vacinação em três unidades de saúde na Capital via aplicativo 156+POA. Nessa fase inicial, a operação funcionará apenas nos postos Morro Santana, Tristeza e São Carlos. O público poderá escolher um horário entre 18h e 21h; cada bloco de 20 minutos terá cinco agendamentos. O recurso foi inserido no Gercon, sistema utilizado pela Secretaria Municipal da Saúde para administrar consultas, e por ora estará disponível apenas para Android. De acordo com a diretora técnica da Procempa, Débora Roesler, a Procempa já trabalha para ampliar a funcionalidade para outros sistemas. Se o serviço for ampliado para toda a rede destinada à vacinação, os porto-alegrenses não precisarão mais enfrentar longas filas como as registradas ontem

Melo encaminha ofício a Leite por retirada de impostos no preço da passagem de ônibus – A definição sobre a passagem de ônibus em Porto Alegre ganhou um novo capítulo ontem. O prefeito Sebastião Melo (MDB) entregou um ofício ao governador Eduardo Leite (PSDB) em que solicita análise sobre a retirada de impostos estaduais que incidem na tarifa. Segundo dados técnicos da prefeitura, tributos estaduais correspondem a 30 centavos do preço, enquanto os federais representam outros 42 centavos. No documento, Melo, inclusive, sugere o aprofundamento do debate e tenta expor as condições financeiras do sistema de transporte público na Capital. Na semana passada, o Comtu aprovou o reajuste da tarifa em Porto Alegre para 5,20 reais. O preço final será definido por Melo. 

Programa quer revitalizar espaços simbólicos do RS – Os espaços arquitetônicos de cidades gaúchas receberão investimento do governo do RS para revitalização e qualificação da pavimentação. A iniciativa foi lançada ontem pelo Piratini através de dois eixos de um programa criado para renovar esses espaços. A ideia é oferecer financiamento estadual para projetos locais de municípios de grande e pequeno porte. Em um dos eixos do programa, chamado de Pavimenta, as cidades terão 30 dias para apresentarem suas propostas e concorrerem ao edital. Obras relacionadas a postos de saúde, escolas e pontos turísticos serão avaliadas, sendo que o investimento é de 170 milhões de reais. O outro eixo, denominado de Iconicidade, quer recuperar espaços simbólicos. Conforme Leite, o objetivo é “ressignificar” lugares importantes dos municípios.

Vacina, sim!

A Capital mantém hoje a mesma faixa etária na vacinação contra a Covid-19: pessoas com 50 anos ou mais, além dos públicos já anteriormente atendidos. As doses serão aplicadas em 12 unidades de saúde e 31 farmácias conveniadas. Saiba mais

Outros links:


Sobre Covid, livros e mãe
 

A dificuldade para respirar que acomete os pacientes com Covid-19 fez o professor Cristiano Fretta voltar a um episódio de falta de ar na sua infância. Nesse retorno, Fretta lembra também de como se preparou para o isolamento quando a pandemia era uma notícia já assustadora mas ainda longe da tragédia que ainda hoje se desenrola por aqui.

“Eu estava à procura de mais um título quando, em uma prateleira de infanto-juvenis, tomei um susto: ali estava exatamente a mesma edição de A ilha do tesouro que eu havia lido no já longínquo ano de 1996. Aproximei-me da estante e peguei-a na mão. Havia apenas duas semanas que eu havia ido buscar minha mãe em Cidreira. Não mais na nossa antiga casa de três quartos, que foi vendida em 2000, não mais com a profusão de parentes, a grande maioria já falecidos, incluindo meu pai – mas sim em um apartamento de frente para o mar que há muitos anos ela alugava para passar algumas semanas longe da cidade. Aquelas semanas eram o refúgio de minha mãe. Havia uma pandemia e um livro da minha infância em minhas mãos.”

Leia a crônica completa aqui.


Cultura

Bem mais do que apenas uma boa esposa

Califórnia Filmes/Divulgação

Como proprietária de uma escola que ensina mulheres a serem boas esposas e donas de casa, a personagem interpretada por Juliette Binoche em A Boa Esposa levou mais de 600 mil espectadores aos cinemas na França após a reabertura das salas em junho de 2020. Estreia recente nos cinemas brasileiros, a comédia é assinada pelo diretor e roteirista Martin Provost – ganhador dos prêmios César de melhor filme e roteiro original por Séraphine (2008). Leia a resenha de Roger Lerina.

Agenda (🔒)

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

Receba a agenda completa

Agenda do Porto Verão Alegre 2021

A 22ª edição do festival termina hoje com três exibições:

A Espessura da Vida, com Deborah FinocchiaroNora Prado e Pablo Trindade, será transmitido às 18h. 

O Anexo Secreto, adaptação da obra O Diário de Anne Frank, com direção de Fernanda Moreno e Juliano Rabello, tem exibição às 20h.

Também às 20h, Frida Kahlo, à Revolução! traz Juçara Gaspar interpretando a artista mexicana, com direção de Daniel Colin.

Ingressos à venda no site do festival. 


Você viu?

O aposentado Ivo Koheck Junior, morador de Porto Alegre, é um apaixonado pela Capital. Mais especificamente, um apaixonado pelo passado da cidade. Saudosista, ele decidiu usar uma outra paixão, o miniaturismo, para viajar no tempo e recuperar imagens da sua infância e da história no município. Em entrevista ao Jornal do Almoço, Junior contou que faz miniaturas de locais e coisas que lembram a Porto Alegre da sua época. Um dos lugares que permanece vivo em sua memória, transformado por ele em miniatura, é o Posto Santos Dumont, mais conhecido como “Posto do Avião”, justamente porque tinha o formato de uma aeronave. Outro espaço frequentado por Junior, ainda quando criança, era o Cine Colombo, também retratado pelo artista.

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.