Matinal News

Contratos com o DNIT indicam cartel para recuperar estradas no RS

Change Size Text
Contratos com o DNIT indicam cartel para recuperar estradas no RS Foto: Mauricio Tonetto / Secom

Os contratos do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) com empresas de engenharia para recuperar rodovias impactadas pelas enchentes no RS têm indícios de formação de cartel, segundo reportagem do UOL. Quatro empresas gaúchas foram convidadas pelo governo federal, por meio de dispensa de licitação, devido à situação emergencial do RS. Três delas – Ecoplan, Magna e STE – ofereceram descontos e foram contempladas, cada uma, com um contrato, que variam entre R$ 19 milhões e R$ 30,1 milhões.

Especialistas afirmaram ao UOL que há uma probabilidade pequena de que cada empresa tenha feito uma proposta melhor que as outras, em três contratos distintos, sem que soubesse dos descontos das demais – o que sugere combinação de preços. A Enecon, quarta empresa convidada pelo DNIT, enviou propostas que não eram competitivas em todos os contratos, o que também pode indicar participação em um cartel, segundo os indícios elencados pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). Nos últimos anos, três das quatro empresas disputaram entre si 41 licitações do DNIT, segundo levantamento da reportagem.

Publicidade

O DNIT alega seguir “mecanismos de integridade” e o Guia de Contratações Emergenciais do órgão. Procuradas pelo UOL, as empresas não se manifestaram.

Maria do Rosário lidera pesquisa; Melo vence no segundo turno

A pesquisa Atlas/Intel sobre a intenção de voto para a prefeitura de Porto Alegre, divulgada ontem pela CNN Brasil, mostra a deputada Maria do Rosário (PT) liderando com 30,2%. O atual prefeito, Sebastião Melo (MDB), aparece com 24,8% das intenções. Any Ortiz (Cidadania) e a vereadora Comandante Nádia (PL) têm 9,1% e 8,5%, respectivamente. Juliana Brizola (PDT) tem 8,2% e Felipe Camozzato (Novo), 6,7%. Votos nulos ou em branco somam 7,9%, e apenas 2% dos eleitores estão indecisos. Foi a primeira sondagem após as enchentes. Apesar de Maria do Rosário liderar no primeiro turno, Melo tem vantagem no segundo, com 43,7% contra 38,2% de Rosário. Segundo a coluna de Rosane de Oliveira, Any Ortiz, que apareceu em terceiro lugar, recebeu inúmeras ligações de membros da federação PSDB/Cidadania e simpatizantes que tentaram convencê-la a se candidatar oficialmente, já que os tucanos não estariam dispostos a apoiar a reeleição de Melo e acreditam que ela poderia atrair votos do centro e da direita.

Veja a íntegra da Matinal News desta sexta-feira, 21 de junho.

RELACIONADAS

Esqueceu sua senha?

ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.