Matinal News

“Corrida das vacinas” sofre baque com falta de doses

Change Size Text
“Corrida das vacinas” sofre baque com falta de doses

Faltou fôlego na corrida das vacinas. E, por ora, a abertura de mais públicos para receber a vacina contra a Covid está suspensa, uma situação que deverá ser contornada nos próximos dias. A campanha de imunização contra o coronavírus volta a ser a pauta principal por aqui, em que abordamos tanto a importância de ações individuais quanto a expectativa para que as doses cheguem aos mais jovens. Ainda nesta edição, os processos da nova empresa que recolherá o lixo em Porto Alegre e a exploração sofrida por fumicultores gaúchos. 

Previsão do tempo: Ar quente ingressa no RS a partir do Oeste, provocando chuvas. Em Porto Alegre, o dia será de sol entre nuvens, com máxima de 22°C.

Vacina, sim!

Está suspensa a aplicação de primeiras doses hoje na Capital. A exceção são os agendamentos via aplicativo 156+POA em três unidades de saúde. Com estoques baixos, a campanha segue normalmente para aplicação de segundas doses. O serviço completo está aqui.

O que você precisa saber hoje

RS ainda irá definir público-alvo da vacina da Janssen – A falta de vacinas para aplicar a primeira dose não foi uma situação exclusiva de Porto Alegre. Ao menos sete capitais suspenderam o processo pelo mesmo motivo. A situação, que joga um balde de água fria na festejada “corrida da vacina” alardeada por governantes na semana passada, tende a ser resolvida ou amenizada nos próximos dias. Ontem à noite, a Secretaria Estadual da Saúde informou que irá receber, em data a ser confirmada, 434 mil doses de vacinas anticovid. No lote, haverá frascos da Pfizer, da CoronaVac e, pela primeira vez, da Janssen – único fármaco de apenas uma aplicação. A pasta projetava administrar 140 mil doses desse laboratório, mas vão chegar 91,8 mil, e ainda não há público-alvo definido para essas vacinas. De qualquer forma, enfatizou a secretária Arita Bergmann à Rádio Guaíba, não é necessário escolher qual imunizante se deve tomar: “Todas as vacinas são eficazes, portanto, alertamos para que as pessoas não fiquem se programando para ir buscar a vacina A, B ou C”. Em Canoas, um casal com esquema vacinal completo com a CoronaVac tentou receber uma dose da Pfizer (🔒). Não conseguiram, segundo a colunista Rosane de Oliveira. 

Desinformação gera busca por determinadas vacinas – Por sinal, as atitudes individuais e coletivas ao longo da vacinação são o tema do podcast “Durma com Essa”, do Nexo, de ontem à noite. O episódio explica como a escolha ou a preferência por vacinas de determinado laboratório acaba sendo resultado de uma grande desinformação ao longo dos últimos meses. E, principalmente, porque isso não faz sentido em meio a uma pandemia, a qual, para ser combatida, é preciso ampliar a imunização o mais rápido possível. Aliás, na mesma entrevista à Guaíba citada anteriormente, a secretária Arita afirmou que o Governo do Estado pleiteia junto ao Ministério da Saúde a imunização de adolescentes a partir de 12 anos com a vacina da Pfizer – a única já autorizada para este público –, algo que já começou a ser feito em Chile e Uruguai. “Só que, para tudo isso acontecer, nós precisamos de vacinas, de mais doses. Não basta ter boa vontade e programação, temos que ter um volume”, ressaltou ela. 

Melo sanciona projeto de vereadores, mas prefeitura não irá distribuir “kit covid” – Um PL que determina a distribuição sem custos de remédios para tratamento de pacientes com sintomas da Covid-19 foi sancionado ontem pelo prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, do MDB (🔒). O projeto de lei, liderado pela vereadora Nádia Gerhard (DEM), não chega a mencionar que substâncias são essas, mas foi elaborado para evitar a decisão judicial que proíbe a distribuição do “kit covid” em postos de saúde. Apesar da sanção, o secretário municipal de Saúde, Mauro Sparta, deixou claro que não há intenção em oferecer os medicamentos do chamado tratamento precoce. Segundo nota emitida ontem, a prioridade do município é combater a disseminação do coronavírus com a vacinação. Ontem, a Capital atingiu a marca de 30% da população adulta totalmente vacinada contra a Covid – e quase 60% já receberam ao menos a primeira dose.

Nova empresa que coleta lixo em Porto Alegre tem processos em três estados – A exemplo da B. A. Ambiental, a nova empresa que fará a coleta de lixo domiciliar na Capital também tem processos cíveis e criminais. As ações ocorreram em outros estados. Em 2016, o MPF denunciou dirigentes da Litucera Engenharia e Limpeza por contratos fechados com o governo do Tocantins. A investigação do órgão indicou que a companhia teria recebido mais de 98 milhões de reais de maneira irregular no vínculo firmado para alimentação e manutenção de unidades de saúde. No setor de limpeza, seriam 34 milhões de reais questionados por procuradores da república. No Maranhão, um ano antes, o gerente regional foi alvo de denúncia após uma operação da Polícia Federal (PF). Repasses a mais de 60 candidatos a vereador foram investigados pela PF. Enquanto isso, em Porto Alegre, a empresa já colocou 60 caminhões nas ruas para iniciar o recolhimento de resíduos após a suspensão do contrato com a antiga prestadora do serviço. 

Fumicultores gaúchos são explorados pela maior companhia de tabaco do planeta – Presente no Rio Grande do Sul, a China Brasil Tabacos é o braço local da maior companhia de tabaco do mundo, a China National Tobacco Corporation. Em abril deste ano, a empresa declarou um lucro de 97,5 milhões de reais no País, o dobro do ano passado. Apesar do baixo volume de autuações registradas no Ministério da Economia por infrações trabalhistas, os agricultores contratados pela empresa estão imersos em um sistema de exploração, dívidas, miséria, doenças, depressão e suicídios, conforme revela reportagem do The Intercept Brasil, que aborda casos em cidades gaúchas como Venâncio Aires e São Lourenço do Sul.

Outros links:

Cultura

O duelo entre o samurai e o pistoleiro

Petra Belas Artes à la Carte/Divulgação

Clássico do cineasta Akira Kurosawa (1910 – 1998), Yojimbo, o Guarda-Costas (1961) é um curioso exemplo de como o cinema pode ser fonte inesgotável e circular de referências internacionais: para criar sua história de samurai, o diretor japonês inspirou-se no western clássico norte-americano; por sua vez, o filme de ação oriental acabou sendo adaptado para o spaghetti western italiano. Confira o comentário de Roger Lerina sobre o longa.

Agenda 

Clube do Livro de Canela recebe os escritores José Falero e Marlon Pires para um debate sobre o livro Os Supridores, às 19h.

A escritora Leticia Wierzchowski é a convidada do Prosa Cultural Sesc, às 19h. 

O músico Cícero celebra 10 anos do álbum Canções de Apartamento em live, às 20h.

Fechado desde março de 2020, o Bar Opinião reabrirá em agosto, com o projeto Acústico Opinião.

A cantora Ana Frango Elétrico lançou o clipe da música Promessas e Previsões, com direção da cineasta Paula Gaitán.

Você conhece?

Tornar o conteúdo científico mais acessível ao grande público é uma rotina que a biomédica Mellanie Fontes-Dutra vive intensamente desde o início da pandemia. Idealizadora da Rede Análise Covid-19, ela tornou-se uma das principais fontes sobre o coronavírus nas redes sociais, especialmente no Twitter, onde ela nota que há um grande engajamento na disseminação da ciência, mas também um campo de batalha: “Virou um lugar estratégico para obter informação, mas é preciso ter senso crítico para isso, porque a desinformação circula de maneira até mesmo mais rápida que a informação”, conta ela, neste relato à Revista Fapesp.

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.