Matinal News

Covid dá sinais de queda em Porto Alegre, mas nova variante preocupa e divide especialistas

Change Size Text
Covid dá sinais de queda em Porto Alegre, mas nova variante preocupa e divide especialistas

As internações relacionadas ao coronavírus, tanto clínicas quanto de terapia intensiva, retornaram ao patamar de fevereiro – o momento anterior ao colapso no sistema de saúde de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul. A Capital voltou, nesta semana, a ter menos de 300 leitos de UTI ocupados por pacientes com Covid-19, mantendo uma queda praticamente constante de um mês. 

Ontem à noite havia 294 pacientes com Covid-19 em leitos de UTI, praticamente três vezes menos do que o recorde de 870, em 25 de março. Nesse dia, quando a campanha de vacinação contra o coronavírus mal havia completado dois meses, o imunizante chegava a idosos de 72 anos. Hoje já pode se vacinar quem tem 37 anos. A ocupação de leitos clínicos também tem o mesmo panorama, com o atual patamar em tendência de queda e já próximo ao de meses como outubro de 2020 e janeiro de 2021, em que a pandemia tinha arrefecido. 

O cenário, porém, ainda não permite cantar vitória. Em nível estadual, o número de contágio segue alto. E o temor é de que a variante Delta, que é mais transmissível e já está em circulação no Brasil, cause um repique de casos. Apesar de as vacinas protegerem contra casos graves causados por essa variante, a eficiência para cortar a transmissão é reduzida pela Delta.  

Diante disso, o Governo do Estado iniciou estudos para decidir se adianta a aplicação da segunda dose em quem tomou a vacina da AstraZeneca ou da Pfizer, de forma a deixar a população mais protegida. Só que isso acarretaria numa redução de velocidade da campanha de forma geral, deixando expostos aqueles que ainda não receberam a primeira aplicação. E esse ponto divide os especialistas. A GZH, o coordenador do laboratório de sequenciamento genético do Clínicas e professor da UFRGS, Afonso Barth, resumiu: “É um cobertor curto”.

O que mais você precisa saber

Epicovid irá avaliar a imunidade celular contra o coronavírus em Pelotas – Coordenada pela UFPel, a nova etapa da Epicovid vai avaliar a imunidade celular e os níveis de anticorpos que neutralizam o coronavírus em amostra populacional. A nova fase do estudo terá início hoje e segue até domingo, somente em Pelotas. A pesquisa irá analisar a proporção de pessoas infectadas pelo SARS-CoV-2. Além disso, o estudo quer determinar o percentual de infectados, mas que estão assintomáticos ou subclínicos. A iniciativa permitirá cálculos mais precisos sobre a letalidade da Covid-19 e fornecer dados suficientes para a elaboração de estratégias de prevenção. O chefe do Laboratório de Vacinologia do Centro de Biotecnologia da universidade, Odir Dellagostin, explicou que os exames irão medir a proporção das moléculas que são capazes de agir contra o vírus. 

Com projetos sobre transporte na Câmara, Prefeitura e Carris discutem contingenciamento – O pacote de medidas elaborado pela gestão de Sebastião Melo para o transporte público de Porto Alegre só deve ser apreciado pela Câmara em agosto, após o recesso da Casa, que começa no próximo dia 17. Em conversa com os vereadores, o prefeito destacou que a sua preocupação com o sistema não está apenas ligada à mobilidade urbana, mas também à renegociação de contratos. Melo pediu aos parlamentares que as propostas sejam analisadas com celeridade (🔒), justamente por conta da redução das isenções, que repercutem no custo da passagem. Em outra frente, a prefeitura e a diretoria da Carris debateram a diminuição dos custos da empresa. Recentemente, a companhia solicitou um novo repasse de 6 milhões de reais para honrar a folha salarial e o montante já concedido chegou a 35 milhões. 

Direito de ir ao banheiro garantido – O que deveria ser um direito básico foi conquistado após uma manifestação de trabalhadores e trabalhadoras em Novo Hamburgo. Um grupo de uma fábrica de calçados conseguiu aprovar por unanimidade um acordo coletivo que garante o acesso livre ao uso do banheiro. A motivação se deu após uma funcionária ter urinado nas calças depois de ser impedida de ir ao banheiro durante um expediente no fim de junho. O caso, de acordo com a empresa, foi isolado. O acordo construído entre o Sindicato das Sapateiras e dos Sapateiros de Novo Hamburgo e a empresa tem validade de dois anos e a cada dois meses passará por avaliação.

Vacina, sim!

Pessoal de 37 anos: chegou a vez de vocês irem para a fila da vacina contra a Covid-19 em Porto Alegre. Nesta sexta, as doses serão aplicadas em 20 unidades de saúde e em três pontos de drive-thru. Como hoje a Capital recebe mais doses, é possível que a faixa etária seja ampliada ao longo do fim de semana. Aos interessados, convém ficar ligado no perfil da SMS.

Outros links:


Cultura

Ana Martins Marques espia a morte vivendo

Foto: Rodrigo Valente

Um dos maiores nomes da poesia contemporânea nacional, a mineira Ana Martins Marques acaba de lançar Risque Esta Palavra pela Companhia das Letras. A escritora conversou com o repórter Ricardo Romanoff sobre os poemas que compõem o novo livro e a temática das despedidas, um dos principais eixos da publicação: “Essa percepção tem relação com as muitas perdas coletivas por que estamos passando, com o momento de luto social que estamos vivendo. Mas acho que o livro traz também uma dimensão afirmativa da vida”. Leia a entrevista.

Agenda (🔒)

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

Hoje
O cantor Sérgio Rojas lança, às 21h, o show Sérgio Rojas Canta Mercedes Sosa.

Sábado (10/7)
Em sua 15ª temporada, o Fronteiras do Pensamento promove a Maratona Fronteiras, a partir das 16h, com duração de quatro horas. O evento apresenta entrevistas com a artista sérvia Marina Abramović, o filósofo francês André Comte-Sponville e o escritor norte-americano Andrew Solomon.

Às 16h, O Butiárecebe o João Maldonado Trio, com o pianista acompanhado de Everson Vargas (baixo) e Mano Gomes (bateria).

E mais.

Receba a agenda completa


Você viu?

A primeira publicação sobre um guia de atividade física para a população brasileira foi desenvolvida pela Universidade Federal de Pelotas. As recomendações levam em conta tempo, as modalidades a serem praticadas e faixa etária. A cartilha foi elaborada com a ajuda de pesquisadores da área e técnicos do Ministério da Saúde e da Organização Pan-Americana de Saúde. O guia foi lançado no final de junho e pode ser acessado pela internet. Ali, os interessados poderão encontrar informações sobre os exercícios mais adequados para quem está na infância, na vida adulta ou na terceira idade.

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.