Matinal News

Melo quer proibir comércio de bebidas em pontos boêmios de Porto Alegre

Change Size Text
Melo quer proibir comércio de bebidas em pontos boêmios de Porto Alegre

A vida noturna de Porto Alegre entrou na mira da prefeitura. Reclamações de moradores e casos de violência em pontos boêmios da cidade motivaram o prefeito Sebastião Melo (MDB) a cogitar restrições ao comércio de bebidas alcoólicas à noite. A medida deverá ser aplicada no primeiro momento nos bairros Moinhos de Vento e Cidade Baixa. Em entrevista à Rádio Guaíba, Melo mencionou até a entrega de “kit bebida” e disse que o comportamento de clientes gerou bagunça em determinados locais. A fiscalização será intensificada a partir da publicação de um decreto e da implementação de uma força-tarefa, segundo ele. Na avaliação do prefeito, espaços tradicionais da Capital, como Parcão e Redenção, estariam sendo abandonados pela população por conta de aglomerações.

Schirmer pode ser testemunha no julgamento da Kiss – Marcado para 1º de dezembro, o júri do processo da boate Kiss poderá ter uma testemunha que compõe o primeiro escalão da Prefeitura de Porto Alegre. Trata-se do secretário de Planejamento e Assuntos Estratégicos de Porto Alegre, Cezar Schirmer, que era prefeito de Santa Maria à época da tragédia. A defesa de um dos sócios da casa noturna, Elissandro Spohr, protocolou ontem um pedido para que Schirmer participe do julgamento. A mesma solicitação foi feita também pela presença do promotor de Justiça Ricardo Lozza, responsável pelo termo de ajustamento de conduta, documento que demandou alterações na estrutura da Kiss. Ambos são considerados fundamentais para a estratégia da defesa, segundo o advogado Jader Marques. “Já que eu não consegui trazê-los como réus, que venham dar suas explicações à sociedade como testemunha. Esse processo não pode ser um marco da impunidade do poder público”, disse a GZH. Agora, cabe ao juiz Orlando Faccini Neto, titular da ação penal, aceitar ou não a solicitação.

Prefeitura recua em parte do corte das isenções – Em audiência pública realizada nesta semana, a Prefeitura apresentou uma revisão na proposta que corta isenções no transporte público. Diferente do projeto original, portadores de HIV voltam a ter isenção e, em paralelo, também houve mudanças nos critérios a serem adotados para estudantes, abrangendo mais alunos. O texto já tramita na Câmara e é um dos pilares do pacote para o transporte – anteriormente, o Legislativo já aprovou a desestatização da Carris e a extinção gradual dos cobradores. Conforme o líder do governo, Idenir Cecchim (MDB), o projeto deve ser votado até o fim deste mês. O Município estima que o impacto no custo da passagem possa chegar a 21 centavos. Hoje, a tarifa é de 4,80 reais.

Trabalho do Matinal é reconhecido pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo – O Matinal Jornalismo recebeu do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RS o Prêmio CAU/RS na categoria Imprensa – Pessoa Jurídica. A entrega das láureas ocorrerá em 25 de novembro, no Vila Flores, em Porto Alegre. Indicado pela diretoria do CAU-RS, o Matinal agora disputa com outros sete finalistas o Prêmio Destaque do conselho, que em 2021 homenageia Clovis Ilgenfritz da Silva. O vencedor será eleito por arquitetos associados ao CAU, que poderão registrar sua opção até o dia 21. (Nota da redação: muito obrigado! E, se você for arquiteto, contamos com você 😉)

Outros links:


De volta da COP26, governo Leite vota “autolicenciamento” ambiental

Após o fim da agenda cumprida por representantes do governo Leite na COP26, realizada na Escócia, dirigentes da Fepam voltam ao RS para votar a liberação do “autolicenciamento” ambiental a setores como pecuária, construção e agroindústria. A resolução que será votada em sessão do Conselho Estadual do Meio Ambiente nesta tarde deve permitir que uma lista de atividades, algumas com alto impacto ambiental, possam começar a operar sem análise prévia da Fepam. Com isso, no lugar de passar por uma série de licenciamentos (licença prévia, de instalação e de operação), empreendedores poderão apenas apresentar ao Estado uma lista de documentos técnicos e assinar um termo dizendo que prometem cumprir a lei. O MP-RS considera a mudança inconstitucional e moveu uma ação no STF contra a proposta, que já estava estabelecida no código ambiental aprovado em tempo recorde pelo governo Leite no início de 2020.


OFERECIMENTO

Publicidade – SENGE-RS

Cultura

Agenda (🔒)

Centro Municipal de Cultura celebra 43 anos com atividades a partir das 14h.

Às 16h, o Barraco Cultural lança a exposição e coleção Canvas, do designer Régis Duarte.

Às 19h, o Instituto Ling recebe os pianistas Olinda Allessandrini e Tiago Halewicz no projeto Audições Comentadas de Música Erudita sobre o gênero sonata.

Com elenco formado exclusivamente por travestis e transexuais, o espetáculo Quando Eu Me Chamar Saudade estreia na plataforma Cubo Play, às 20h, em temporada que segue até sábado (13/11).

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

Receba a agenda completa


OFERECIMENTO

De 6 a 21 de novembro. Programação completa neste link.

Agenda da Feira do Livro

Às 17h, o patrono Fabrício Carpinejar realiza a intervenção Poeta na Rua, uma palestra a céu aberto. 

Na programação de lives, a escritora portuguesa Patrícia Portela conversa com o livreiro Milton Ribeiro, às 18h.

Na segunda live, às 19h30, a filósofa Djamila Ribeiro fala sobre o livro Cartas para Minha Avó, com mediação de Dóris Soares.

Confira a programação completa do dia.

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito