Matinal News

Incêndio na SSP alerta para limitação de bombeiros em prédios altos

Change Size Text
Incêndio na SSP alerta para limitação de bombeiros em prédios altos

 O incêndio de grandes proporções que destruiu a sede da Secretaria da Segurança Pública, no Centro de Porto Alegre, evidenciou um problema histórico do Corpo de Bombeiros: a dificuldade da corporação em combater as chamas em prédios mais altos. A situação foi admitida pelo comandante César Bonfanti. Segundo ele, a Capital e outras cidades gaúchas não contam com viaturas adequadas para este tipo de situação. A frota em uso consegue colocar os bombeiros a 30 metros de altura. A situação só tende a começar a ser amenizada no segundo semestre do ano que vem, quando deve chegar um caminhão (🔒), licitado recentemente, a Porto Alegre. Com o novo veículo, os bombeiros poderão alcançar uma altura de 42 metros de altura – o equivalente a um prédio de 14 andares. Quanto ao prédio que abrigava a SSP, ele está condenado. O vice-governador Ranolfo Vieira Júnior afirmou que a edificação será totalmente demolida assim que os trabalhos no local forem encerrados. A busca pelos dois bombeiros desaparecidos segue na manhã de hoje.

Serviços de segurança são transferidos, mas Detran perde 95 mil processos em incêndio  – O fogo que atingiu a SSP provocou a transferência de serviços feitos pela pasta, mas o atendimento à população não foi prejudicado. Os atendimentos telefônicos, por exemplo, tanto no 190 e quanto no 197, foram realocados no 9º Batalhão de Polícia Militar – aqui um resumo de como está cada serviço. Já o monitoramento das tornozeleiras eletrônicas foi destinado para a Academia Integrada de Segurança Pública. O prédio destruído pelo incêndio abrigava o Detran, que funcionava em três andares. E o levantamento inicial do órgão indicou a perda de 95 mil processos com recursos, defesas de multas e apresentação de condutor. Em função disso, os prazos dos documentos foram suspensos. A reconstrução da sede ainda está longe de acontecer, mas a Assembleia Legislativa já colocou móveis e equipamentos eletrônicos à disposição da SSP. Um repasse vindo da Casa junto com o Poder Judiciário foi sugerido pela Comissão de Segurança e Serviços Públicos. 

RS tem cinco suspeitas da variante Delta – O Rio Grande do Sul já soma cinco casos suspeitos da variante Delta do coronavírus. Ontem a Secretaria Estadual da Saúde enviou amostras de mais três casos que podem ter contraído a cepa, que é mais transmissível, ainda que não necessariamente seja mais mortal. A Fiocruz deve retornar ainda hoje com o resultado das duas primeiras análises, sob investigação desde o início da semana. Com números em queda na pandemia, o RS teve ontem nova redução nas médias móveis de casos e óbitos relacionados à Covid-19. Com a Delta já circulando em grandes centros como Rio e São Paulo, a estratégia para contê-la é acelerar a vacinação. Hoje, o RS tem 21,4% de sua população residente totalmente imunizada, enquanto pouco mais da metade já recebeu ao menos uma injeção. 

Melo discute com Onyx Lorenzoni reforma do Cine Imperial – O prefeito Sebastião Melo (MDB) cumpriu ontem o segundo dia de agendas em Brasília. Ele reuniu-se com o ministro Onyx Lorenzoni (DEM) para garantir a retomada da reforma do prédio do Cine Imperial, na Praça da Alfândega. A revitalização do local tinha sido acertada ainda em 2004 em um acordo assinado com a Caixa. No entanto, o andamento das obras esbarrou na paralisação da reforma do imóvel, em 2017. A intenção é transformar o lugar em um centro cultural, semelhante aos já existentes em outras seis capitais. O investimento no projeto foi avaliado em 38 milhões de reais. 

Deputados pedem estudo sobre a dívida pública do RS – Os deputados Luiz Fernando Mainardi (PT) e Tiago Simon (MDB) encaminharam um pedido de auditoria sobre a dívida pública do Estado com a União para o presidente do TCE-RS, Estilac Xavier. O Rio Grande do Sul deve hoje cerca de 69 bilhões de reais para a União, um montante superior ao orçamento de um ano inteiro do Estado, que em 2020 ficou em 61,1 milhões. Quando foi renegociada no atual formato, 23 anos atrás, a dívida foi consolidada em pouco mais de 9 bilhões de reais. De lá para cá, conforme o Núcleo Gaúcho da Auditoria Cidadã da Dívida Pública, 37,1 bilhões já foram pagos, só que a dívida cresceu. Mainardi crítica o índice de reajuste, enquanto Simon argumenta que o acordo mantém o RS numa situação de insustentabilidade. Xavier prometeu que o TCE abrirá expediente em breve sobre o assunto.

Vacina, sim!

Mulheres com 35 anos: chegou a vez de vocês na vacinação contra a Covid-19 em Porto Alegre. Com a chegada de uma nova remessa de doses, a campanha avança nessa faixa etária, que será mantida ao longo do fim de semana, quando os homens também poderão se imunizar. As doses serão aplicadas em 12 unidades de saúde. Quem precisa completar o ciclo vacinal tem mais opções de locais onde se vacinar.  

Outros links:

  • Com aprovação da Câmara, Porto Alegre terá o seu terceiro Refis em seis anos (🔒). A Prefeitura projeta arrecadar mais de 110 milhões de reais com o novo programa.
  • O Centro de Referência ao Imigrante Capital suspendeu as atividades após menos de 100 dias após a falta de pagamento da Prefeitura. O Município alegou que os recursos não foram enviados pelo Ministério da Justiça.
  • O Piratini encaminhou a proposta de reajuste de 2,7% no salário mínimo regional – índice inferior ao pedido por centrais sindicais. O piso estadual incide sobre o salário de cerca de 1,5 milhão de trabalhadores.
  • Acusado de assédio e abuso sexual por mais de 70 mulheres, cirurgião plástico depôs à Polícia Civil ontem e negou as denúncias.
  • O jornalista Políbio Braga foi denunciado por homofobia pelo Ministério Público. Ele havia publicado um texto com ofensas homofóbicas ao governador Eduardo Leite, além de mentiras sobre o movimento LGBTQIA+, associando a sigla à zoofilia.
  • Uma das lojas mais tradicionais do Mercado Público, a Banca do Holandês abrirá uma filial de 400 metros quadrados no bairro Bela Vista.
  • A BR-116 terá bloqueios noturnos entre Canoas e Esteio a partir de hoje para manutenção nas passarelas de acesso às estações da Trensurb.
  • Nilza Linck, protagonista de lenda urbana de Porto Alegre, morreu aos 98 anos. Ela ficou conhecida como a prisioneira do castelinho do Alto do Bronze, no Centro Histórico da cidade.
  • Depois do sofrimento, o amor: recuperado da Covid-19 após ser intubado ao longo de uma semana, Anderson Luís Machado mal deixou a UTI e pediu a companheira em casamento, em Alegrete.

Cultura

Marcelo Gross exorciza “Tempo Louco” com psicodelia

Foto: California Filmes

Guitarrista, compositor e um dos fundadores da banda Cachorro Grande, Marcelo Gross apresenta seu terceiro disco solo, Tempo Louco, em live hoje (16/7), às 21h, dia do lançamento do novo trabalho em todas as plataformas digitais. O show virtual contará com um cenário tecnológico com mais de 200 metros quadrados e estrutura audiovisual para mostrar o álbum na íntegra, com as 10 faixas tocadas ao vivo e na ordem. O músico conversou com Roger Lerina sobre o disco. Leia a entrevista.

Agenda (🔒)

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

Hoje

Bar Ocidente dá início à programação do Socorro Ocidente Show, que segue até 23 de julho, com apresentações online de diversas linguagens artísticas, a partir das 20h. 

Sábado (17/7)
Das 11h às 19h, será realizada a Feira do Aeromóvel, em frente ao Gasômetro, na Praça Julio Mesquita. 

Às 17h, a OSPA apresenta um concerto com músicas consagradas de Astor Piazzolla e Manuel de Falla. A pianista Dunia Elias e o bandoneonista Carlitos Magallanes se juntam à orquestra, sob regência de Evandro Matté.

Receba a agenda completa


Você viu?

Abrir ou fechar o comércio? Exonerar ou não um ministro que desobedece os protocolos sanitários? Essas são algumas das escolhas que o Corona Game(🔒) proporciona. O jogo, desenvolvido pelo programador tcheco Michel Benes, coloca o usuário como o presidente de um país que precisa decidir como vai combater a Covid-19, que assola o seu território. Ao incorporar o papel no Executivo, o jogador terá acesso ao gráfico de casos, ao número de pessoas que morreram e os dados sobre os que estão vacinados. Cenários inesperados como protestos contra a quarentena e decisões que afetam a economia compõem o jogo e desafiam a gestão da pandemia. Claro, a realidade é mais complexa, mas a intenção final é a conscientização: “Esperamos que você use o jogo como um ponto de partida para estudar mais sobre a questão”, diz a mensagem do jogo.

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.