Matinal News

Leite muda de posição e celebra privatização da Corsan

Change Size Text
Leite muda de posição e celebra privatização da Corsan

Em pouco menos de três anos – do período eleitoral ao penúltimo ano de gestão – o governador Eduardo Leite (PSDB) deu uma guinada em sua posição para, nesta terça-feira, celebrar a privatização da Corsan. A autorização para o Estado se desfazer da companhia que atende a 317 municípios gaúchos veio com a aprovação do projeto de lei nº 211/2021 na Assembleia Legislativa, por 33 votos a 19, além de duas abstenções – veja aqui como votou cada parlamentar. Com isso, o governo do RS, que possui 99,99% do capital social da empresa, está autorizado a se desfazer das ações da companhia.

Pouco após o término da sessão, o governador comparou a situação da Corsan com a da CEEE, que no início do ano teve seu braço de distribuição, a CEEE-D, vendido pelo valor simbólico de 100 mil reais, graças a um acúmulo de dívidas no total de 4,8 bilhões: “Havia o risco de a Corsan se tornar uma nova CEEE. Uma empresa deficitária, que não entrega seus resultados e que deixaria um risco de um passivo para o Estado”, disse Leite, agora em opinião antagônica à campanha. A mudança, conforme ele, se embasa no novo Marco do Saneamento Básico, aprovado no Congresso Nacional e sancionado em 2020, que obriga investimentos que o Piratini não teria condições de realizar.

O projeto vinha enfrentando resistência por prefeitos e associações de municípios, pressionando mesmo a base governista. Enquanto a votação ocorria, manifestantes protestaram em frente à Assembleia Legistlativa e ao Palácio Piratini. Em aceno à Famurs, que na véspera pediu mais tempo para a questão ser debatida, uma emenda do líder do governo, Frederico Antunes (PP), garante que 5% dos recursos obtidos com a privatização serão investidos em obra de infraestrutura urbana nos municípios e cede 63 milhões de ações da empresa aos municípios que assinarem os termos aditivos em até 90 dias.

Em 2020, o Piratini fez o maior volume de investimentos da história da companhia, num total de 417 milhões de reais, montante que precisaria triplicar para atender as exigências da nova legislação, segundo o governo. Agora, o Piratini pretende abrir o capital da Corsan no primeiro semestre de 2022 na B3. Segundo Leite, com isso devem ocorrer investimentos no setor. As estimativas são de que 10 bilhões de reais em obras de coleta e tratamento de esgoto são necessárias em diferentes áreas do Rio Grande do Sul.

O que mais você precisa saber

Agosto termina seguindo tendência de queda nas mortes por Covid – Agosto terminou sendo o mês menos letal da pandemia no Rio Grande do Sul em 2021. Até ontem, a Secretaria Estadual da Saúde contabilizava 697 óbitos relacionados à doença no período – um número que ainda deverá aumentar em razão do represamento de dados, mas que é o menor em 13 meses, desde junho do ano passado, quando 440 pessoas morreram com Covid-19. Foi a quinta redução mensal consecutiva no número de mortes, sendo que o total não chega a 50% do mês anterior, quando foram contabilizados 1.677 vítimas da Covid. Levantamento do G1 indica que a média móvel de óbitos por coronavírus está estável e a de casos, em queda no RS, num momento em que a campanha de vacinação já alcançou com uma dose 88% do público-alvo. Hoje, uma reunião debate o avanço da vacinação para adolescentes sem comorbidades, o que já ocorre em outros estados. Por aqui, apenas São Leopoldo iniciou a imunização

Servidores da Carris devem aceitar proposta de circulação de 65% da frota em paralisação  – Após duas assembleias ontem, os servidores da Carris aceitaram a proposta do Tribunal Regional do Trabalho, que prevê a circulação de 65% da frota durante a greve da categoria, que inicia amanhã. No acordo ainda consta, segundo o representante dos funcionários, Marcelo Weber, que nenhuma empresa poderá realizar as viagens da Carris na quinta-feira. A manifestação ocorre como protesto contra o projeto de desestatização da empresa, que deve ser analisado pela Câmara neste mês. Atualmente, a Carris transporta cerca de 107 mil passageiros por dia, o que representa 25,3% dos 423 mil usuários de ônibus de Porto Alegre, de acordo com a média de agosto de 2021. Os coletivos circulam por 50  dos 81 bairros da Capital. Em reportagem, o Matinal detalhou o futuro da Carris caso a proposta seja aprovada no Legislativo. 

Piqué exalta poder transformador da indústria criativa – Consultor do Pacto Alegre, o espanhol Josep Piqué esteve em Porto Alegre ontem, participando do lançamento do desafio Centro+. Mentor do projeto [email protected], que revitalizou áreas de Barcelona na década de 1990, ele apontou a indústria criativa como caminho para a transformação social na capital gaúcha. “Indústrias culturais são indutores de transformações urbanas”, pregou o espanhol a representantes de poder público, sociedade civil e iniciativa privada, presentes no evento de lançamento do desafio Centro+, que valerá até a participação no Smart City Expo World Congress, no ano que vem. “Que elementos fazem de Porto Alegre algo único? Barcelona e Paris estão apostando na cidade de 15 minutos, em que as pessoas usam bicicletas ou optam por caminhadas”, provocou Piqué. Elaborado pela Prefeitura, o desafio Centro+ recebe inscrições até a próxima segunda-feira.

Vacina, sim!

Adultos que ainda não iniciaram o ciclo de imunização contra a Covid podem procurar hoje 11 unidades de saúde de Porto Alegre. Quem precisa da segunda dose, tem mais opções, a depender do fabricante da vacina. 

Outros links:

  • O Hospital Conceição confirmou mais cinco vítimas do surto de Covid-19. Com essa atualização, subiu para 27 o número de mortes, 15% de um total de 170 pacientes infectados.
  • Em entrevista à Rádio Gaúcha, a ministra da Agricultura Tereza Cristina, disse acreditar que o preço dos alimentos, em especial da carne, já bateu no teto e entrará em um “reequilíbrio”.
  • O RecuperaPOA, criado pela prefeitura, começa hoje. O programa vai estimular a negociação de dívidas (🔒) com o município. As pendências, atualmente, estão em 2,68 bilhões de reais.
  • Interditado desde maio de 2020, o Viaduto dos Açorianos será liberado até o dia 20 de setembro.
  • Cinema, mais lojas e até um flat: por esse caminho que passará a obra de revitalização do Nova Olaria, na Cidade Baixa.
  • Até o fim deste ano, 15 mil hidrômetros de Porto Alegre serão trocados, em razão do tempo de uso. A substituição será feita por servidores do DMAE e terceirizados contratados. Na dúvida, basta consultar o 156 e solicitar a confirmação do serviço.
  • Ainda sem uma definição na liberação de público nos estádios, o Inter já orientou seus sócios a cadastrarem a carteira nacional digital de vacinação no site oficial do clube.
  • Após rejeitar a contraproposta da Trensurb, os metroviários aprovaram uma paralisação no dia 9 de setembro e greve por tempo indeterminado a partir de 12 de setembro.
  • Somente pessoas vacinadas poderão participar da Oktoberfest de Santa Cruz deste ano. Sem os tradicionais bailes, shows e desfiles, a edição receberá o público sentado.

Cultura

“Homem Onça” relembra a privatização da Vale

Foto: Eduardo Martino/Divulgação

Um dos filmes mais interessantes exibidos no recente 49º Festival de Cinema de Gramado, Homem Onça (2021) está em cartaz nos cinemas. O longa rendeu o Kikito de melhor atriz coadjuvante para Bianca Byington. Situado no final dos anos de 1990, o filme dirigido por Vinícius Reis investiga como os acontecimentos do Brasil na época refletem-se na vida pessoal de Pedro, interpretado por Chico DiazLeia o comentário de Roger Lerina.

Agenda (🔒)

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

Receba a agenda completa


Você viu?

Um novo espaço para cultura negra foi inaugurado em Porto Alegre. Trata-se da Griô Burger, a primeira hamburgueria do Sul do Brasil com temática afro-brasileira. O local, criado por Luiz Roberto Bomfim, nasceu de uma iniciativa dele ao lado da esposa. O estabelecimento, situado na Rua Coronel Massot, no bairro Camaquã, conta com hambúrgueres que levam o nome de alguma personalidade ligada à negritude. O Malcolm X é considerado o carro-chefe da Griô, mas os clientes também podem encontrar outros sanduíches como o recém criado Luanda e o vegetariano Hamilton, inspirado no piloto britânico que atua na Fórmula 1.

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.