Matinal News

Obras na Usina do Gasômetro serão retomadas em duas semanas

Change Size Text
Obras na Usina do Gasômetro serão retomadas em duas semanas

As obras na Usina do Gasômetro têm data marcada para recomeçar. Depois da notícia sobre o aval da Aneel para a doação do espaço para a Prefeitura, a Secretaria de Obras e Infraestrutura anunciou nesta quinta-feira que os serviços de restauro no local, parados desde 2021, serão retomados em 14 de julho. 

De acordo com a pasta, ainda são necessários cerca de 10 meses até a conclusão da obra. A usina sediará a Bienal do Mercosul em setembro. A parte da nave, mezanino e chaminé do prédio ficarão prontas para o evento, segundo a secretaria. Vale lembrar que o Gasômetro está fechado para o público desde 2017.

Os trabalhos começaram em janeiro de 2020, com previsão de entrega para o primeiro semestre de 2021. No afã de não perder financiamento por possíveis atrasos, a gestão de Nelson Marchezan Jr. (PSDB) chegou a usar um projeto executivo reprovado para licitar a obra na Usina – notícia que veio à tona a partir de apuração do Matinal em conjunto com o Dossiê Palcos Públicos e Nonada Jornalismo –, o que acabou paralisando o processo após investigações.

Relembre a investigação do Matinal


Vereador Alexandre Bobadra tem mandato cassado

Investigado por ter sido “diretamente beneficiado pela interferência do poder econômico e dos meios de comunicação social”, o vereador Alexandre Bobadra (PL) teve seu mandato e seu diploma eleitoral cassados. O juiz Edson Jorge Cechet determinou a nulidade dos votos conquistados por Bobadra na eleição de 2020, mas rejeitou o pedido de inelegibilidade. Para que isso aconteça, disse ele, deveria haver provas de que Bobadra cometeu deliberadamente os atos ilícitos – para o magistrado, ficou provado apenas que o parlamentar se beneficiou de situações abusivas, mas não atuou para que ocorressem. Até ontem à noite, a Câmara ainda não havia sido notificada, logo ele continuava com assento no plenário. A ação de investigação judicial eleitoral (AIJE) foi apresentada por três candidatos do PSL em 2020 que declararam ter sido prejudicados pelo tempo de rádio e televisão cedido ao candidato durante a campanha, além de terem recebido porcentagem menor do que a prevista do fundo eleitoral. Até a manhã desta sexta-feira, Bobadra ainda não havia se pronunciado a respeito da cassação.

Potenciais de inovação e energia sustentável são destacadas em evento com diplomatas

Retomado após 16 anos, o Encontro de Embaixadores na Federasul teve como uma das suas pautas a importância da inovação para a economia e a sociedade. Diplomatas de sete países palestraram e debateram no evento, realizado ontem. De Israel, vieram sugestões de como um ecossistema em prol do desenvolvimento e pesquisa pode funcionar; dos Estados Unidos, a promessa de apoio e incentivo a projetos na área e, da China, a sinalização de mais importações junto ao mercado gaúcho, fomentando a economia. No encontro, parte dos diplomatas também reforçou o papel que a energia sustentável terá no futuro – e o potencial que o Rio Grande do Sul tem para este setor. Leia a cobertura do Matinal

Novos passos na corrida pelo governo do Estado 

Pré-candidatos ao Piratini, Beto Albuquerque (PSB) e Vieira da Cunha (PDT) se reuniram nesta quinta-feira para avançar no tema de uma possível aliança para o primeiro turno da disputa ao governo gaúcho. O PDT é uma das principais apostas para reforçar a chapa de Beto Albuquerque caso não haja acerto com o PT. O tema dos palanques nacionais – o PSB apoia Lula e o PDT lançou a pré-candidatura de Ciro Gomes – não surgiu na conversa, mas se fala da possibilidade que Beto faça um palanque duplo no Estado: para Ciro e Lula. Mais à direita do espectro, o União Brasil realiza no sábado uma mobilização de seus pré-candidatos no Rio Grande do Sul, na Câmara Municipal. O evento terá as presenças do pré-candidato à presidência da República Luciano Bivar e do ex-ministro Sergio Moro. Cortejado por diversas legendas, em especial por MDB e PSDB, por conta do tempo na TV, o União Brasil, conforme o presidente estadual, Luiz Carlos Busato, condicionou uma eventual aliança à garantia de palanque a Bivar no Rio Grande do Sul.

Outros links:

  • O número de imóveis regularizados pela Prefeitura da Capital é o maior em cinco anos. Só em 2022 já foram entregues 276 imóveis registrados ao município de Porto Alegre.
  • Menos de um mês depois, a Praça da Alfândega voltou a ficar às escuras à noite. Uma equipe técnica tentará encontrar e resolver o problema hoje pela manhã.
  • Com os últimos cortes no ICMS, o preço dos combustíveis em Porto Alegre começam a baixar. Segundo levantamento de GZH, o litro de gasolina comum chega a ser 40 centavos mais barato que na semana passada em alguns locais.
  • Um ato público na Faced/UFRGS, realizado pela ADUFRGS Sindical, lançou um manifesto contra os cortes na educação. A carta alerta que serviços essenciais das instituições podem ser inviabilizados.
  • Com o aumento do gás de cozinha, o consumo de lenha voltou a crescer no Brasil. Segundo dados da Empresa de Pesquisa Energética, nos estados do Sul, parte do público que usa para esquentar o lar também utiliza para cozinhar.
  • A partir de hoje passa a vigorar o Regime de Recuperação Fiscal do Rio Grande do Sul, com medidas de austeridade que vão, pelo menos até 2030.
  • Tendo como principal objetivo nesta eleição aumentar a sua bancada na Câmara, o Podemos acredita que Lasier Martins e Ana Amélia podem concorrer ao Senado na mesma chapa (🔒). A pré-candidata, porém, não gosta da ideia.
  • Os ataques contra ministros do STF por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro tem preocupado o setor de eventos da Serra. Segundo os empresários do ramo, as manifestações podem atrasar a retomada do turismo corporativo na região.
  • A mosca volante de Juremir Machado da Silva voltou, como ele conta nesta bem-humorada crônica de sexta.

Cultura

Orquestra de Câmara da Ulbra recebe cantoras líricas premiadas no 1º Concurso Zola Amaro

Foto: Eduardo Seidl

Neste domingo (3/7), às 19h, na Associação Leopoldina Juvenil, a Orquestra de Câmara da Ulbra apresentará árias de óperas interpretadas pelas vencedoras do 1º Concurso Zola Amaro, voltado a cantoras líricas, iniciativa pioneira realizada pela orquestra em parceria com o site Agenda Lírica. O repórter Ricardo Romanoff conversou com os jurados da iniciativa: o barítono Carlos Rodriguez, a soprano Laura de Souza e o maestro Tiago FloresLeia a matéria.

Agenda (🔒)

Hoje
Casa de Cultura Mario Quintana recebe hoje, às 21h, o espetáculo Você Dorme Quando a Noite Cai?, com direção de Daniel Colin, integrando a programação do Mês do Orgulho LGBTQIAP+ da instituição – sábado e domingo, a peça será encenada às 19h e 21h. 

Sábado (2/7)
A escritora Nanda Barreto lança Agora Posso Dizer Sim, às 18h, na Livraria Taverna.

Domingo (3/7)
Às 11h, a Casa da Música Poa apresenta recital da flautista Sara Lima e da pianista norte-americana Theresa Bogard.

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

Receba a agenda completa


Você viu?

Porto Alegre quer se tornar a capital mundial do churrasco. No dia 2 de junho, a prefeitura da capital iniciou o projeto para alçar Porto Alegre a referência no assado – mas, quando se fala em títulos honoríficos, a cidade está longe de ser a única única capital do Estado. Nesta matéria de GZH, é possível descobrir que pelo menos 70 municípios do RS são capitais estaduais, nacionais ou até mesmo mundiais de alguma coisa, como Venâncio Aires, a capital nacional do chimarrão. Há homenagens que vão do vinho ao moranguinho, do guabiju ao xis e da agricultura ao tropeirismo, entre (muitas) outras.

;
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.