Matinal News

Porto Alegre mantém plano de vacinar adolescentes

Change Size Text
Porto Alegre mantém plano de vacinar adolescentes

Apesar da nova orientação do Ministério da Saúde, Porto Alegre, assim como a maioria das capitais brasileiras, manteve a vacinação em adolescentes. Por aqui, a faixa etária ainda será ampliada até os 12 anos nos próximos dias. Para juristas ouvidos pelo Correio do Povo, a decisão está embasada na Anvisa, órgão regulador que autoriza a imunização do grupo. Dentre os motivos apontados pelo ministro Marcelo Queiroga para o recuo na decisão de vacinar adolescentes foi a morte de uma jovem de 16 anos no interior de São Paulo após ter sido imunizada. No entanto, o próprio ministério reconheceu posteriormente que o óbito não é necessariamente relacionado à vacina. Já conclusão da Anvisa, a partir de dados do Centro de Vigilância Epidemiológica de São Paulo, é de que não houve relação entre o óbito e a vacina. A morte da garota foi atribuída ao diagnóstico de doença autoimune.

Prefeitura quer excluir filosofia e reforçar português e matemática no ensino municipal; professores criticam

A nova proposta pedagógica da prefeitura de Porto Alegre, que altera o currículo das escolas da Capital e alinha a rede municipal à Base Nacional Comum Curricular (BNCC) a partir de 2022, vem gerando reações negativas entre professores. Entre as mudanças está a alteração da matriz curricular da Rede Municipal de Ensino, com aumento da carga horária de Português e Matemática, diminuição dos períodos de Geografia e História, maior oferta de Ensino Religioso e retirada de Filosofia da grade.

Apresentado em 23 de julho, o projeto foi discutido em encontros regionais com representantes das escolas até 8 de setembro, no que foi chamado pela Smed de “Dia D”, quando as escolas municipais suspenderam as atividades para que os professores participassem do debate. No mesmo dia, entidades ligadas a professores, orientadores, supervisores e pais de alunos lançaram um documento pedindo a suspensão do cronograma e a convocação do Conselho Municipal de Educação, órgão formado por representantes de diversos setores, para reiniciar a discussão, algo disposto na lei 8.198, de 1998, que criou o Sistema Municipal de Ensino de Porto Alegre.

No texto, os autores afirmam que “não foi apresentado nenhum documento formal que explicite o marco conceitual, referências legais, fundamentos teóricos, diagnóstico situacional, explicitação da metodologia e transparência sobre processo decisório”. Também apontam inconsistências legais na proposta e afirmam que “há uma flagrante e incontestável negação do conceito e do princípio da Gestão Democrática”.

Para que você possa entender o que está em jogo, o Matinal publica hoje uma reportagem sobre as principais mudanças da proposta da Prefeitura, que deve ser votada até 15 de outubro.

Leia a reportagem completa

O que mais você precisa saber

MP irá apurar pinturas de patrimônio histórico na Capital – Talvez a Prefeitura de Porto Alegre tenha passado do ponto em seu projeto de revitalização do Centro. E o Ministério Público irá instaurar um expediente para acompanhar o caso. A questão específica trata-se das pinturas da sede do Paço Municipal e do viaduto Otávio Rocha, cujas cores e materiais utilizados suscitaram questionamentos, pois tratam-se de patrimônio histórico e cultural e, por isso, têm especificações técnicas a serem seguidas. GZH apurou que a equipe do Patrimônio Histórico e Cultural (Epahc) da Secretaria Municipal da Cultura não foi consultada a respeito dos trabalhos. Responsável pelo projeto Centro+, o secretário Cezar Schirmer diz que a limpeza e pintura dos espaços estão sendo realizadas para esconder as pichações e aprimorar o aspecto da região.

Projeto propõe contratação de profissionais sem experiência – Tramita na Câmara de Porto Alegre um projeto de lei que incentiva a contratação de pessoas sem experiência prévia. O programa, de autoria do vereador Kaká D’Ávila (PSDB), propõe uma cota de 20% para profissionais sem comprovação de prática na área em contratos firmados com a esfera pública. O projeto vale para quadros nas áreas do comércio, serviços e logística que não exijam formação específica. D’Ávila defende que “é preciso discutir, trabalhar e incentivar a conscientização das empresas privadas, principalmente, para uma maior aposta na contratação de pessoas sem experiência”. O presidente do Sindilojas da Capital, Paulo Krause, fez duras críticas ao projeto. Ao Jornal do Comércio, disse considerar “um absurdo um projeto de lei que de alguma forma tente interferir no funcionamento privado, que não incentiva a qualificação profissional e ao mesmo tempo desconhece o funcionamento das empresas”. Em Brasília, tramita no Senado um projeto similar que estimula a contratação de jovens sem experiência. A falta de experiência tem sido uma das principais barreiras para o ingresso de jovens no mercado de trabalho nos últimos anos.

Vacina, sim!

Visando pessoas com 15 anos ou mais, além de jovens entre 12 e 14 anos com comorbidades, a campanha de vacinação contra a Covid-19 segue hoje em Porto Alegre em 59 pontos diferentes, entre unidades de saúde, farmácias conveniadas, shoppings e até a escola de samba Imperatriz Dona Leopoldina. Os respectivos horários e endereços podem ser encontrados aqui

Outros links:


Cultura

Uma loba protegendo as crias em território hostil

Vitrine Filmes/Divulgação

Dirigido por Samuel Kishi, o drama mexicano Los Lobos (2019) está em cartaz nos cinemas brasileiros. O filme teve estreia mundial na mostra Geração do Festival de Berlim, onde conquistou o Grande Prêmio do Júri Internacional para Melhor Filme. Inspirado na história de vida do próprio diretor, o longa acompanha a trajetória dos irmãos Max e Leo e de sua mãe Lucía, que juntos cruzam a fronteira do México com os Estados Unidos em busca de uma vida melhor. Leia a resenha de Roger Lerina.

Agenda (🔒)

No Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência, a dupla de personagens de animação BoriseRufus, que celebra as diferenças, é o destaque da Maratona Boris e Rufus, às 17h, com episódios em Libras e audiodescrição.

Às 18h, acontece a segunda edição do projeto Café com Libras, do Itaú Cultural. A rapper Bixarte e a slammer Negabi – artista surda que produz música em Libras e  já dirigiu uma peça teatral com elenco surdo – são as convidadas.

A produtora e curadora Jaqueline Beltrame promove atividade aberta sobre produção executiva de exposições, encerrando o ciclo de lançamento do projeto Plataforma, às 19h.

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

Receba a agenda completa

Você viu?

Onde estão os gays no futebol? Esta reportagem do Correio do Povo investiga um dos redutos mais populares e machistas da sociedade, escancarando um problema que é mundial. É claro que há homossexuais no futebol. Só que eles estão invisíveis, impelidos ao anonimato pelo preconceito, que ainda é capaz de prejudicar carreiras dentro e fora de campo. O texto apresenta uma linha histórica do tema, com o primeiro jogador de uma grande liga a assumir-se gay e uma entrevista com um ex-jogador, que só aceitou conversar na condição de anonimato para tratar de como o ambiente do futebol lida com a homossexualidade dentro dos vestiários.

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.