Matinal News

Porto Alegre poderá ter dia mais quente em mais de um século nesta semana

Change Size Text
Porto Alegre poderá ter dia mais quente em mais de um século nesta semana
Muita hidratação e roupas leves. Essas são algumas indicações para quem estiver em Porto Alegre entre hoje (aqui tem a previsão do tempo para a segunda) e amanhã, quando se completam duas semanas da onda de calor que ocupa o Estado. Ela já tem uma estimativa para ir embora, porém ainda vai piorar um pouco mais antes de amenizar. Nesta terça, a previsão do tempo indica temperatura de 41ºC, o que poderá ser o dia mais quente da história da Capital gaúcha desde que as medições foram iniciadas, em 1909. Pasme ou não, o atual recorde de calor na cidade é longínquo, data de 1º de janeiro de 1943, quando os termômetros marcaram 40,7ºC. A atual onda de calor só está perto de quebrá-lo devido a um sistema de alta pressão atmosférica que, na prática, bloqueia o ingresso de frentes frias, segundo explica a meteorologista do Climatempo Josélia Pegorim. A MetSul Meteorologia acredita que a atual forte onda de calor tenha fim a partir de quinta-feira, com a chegada da chuva por Oeste e Sul do Estado. Ao mesmo tempo, conforme a MetSul, uma massa de ar mais frio entra no RS através do Atlântico. Com isso, a mínima deve despencar para cerca de 13°C de um dia para outro em cidades do RS. Calma, não é que fará frio, mas sim agradáveis 27°C de máxima em Porto Alegre – que, para efeitos de comparação, será inferior à mínima, de 27,1°C registrada neste domingo. O que mais você precisa saber Governo federal vai manter o custeio de um terço dos leitos de UTI do RS – O Ministério da Saúde informou que irá prorrogar por 30 dias a ajuda no custeio da manutenção de 14,2 mil leitos de UTI covid em todo o Brasil. O atual contrato vence na próxima segunda-feira, em meio à explosão de casos da doença provocados pela variante ômicron – o que faz o Brasil bater o recorde na média móvel de diagnósticos por dia. A partir da informação, o Matinal confirmou que o RS mantém por mais um mês 1.057 leitos, o que equivale a cerca de um terço do total de vagas de terapia intensiva que todo o Estado dispõe hoje. Igualmente muito afetado pela transmissibilidade da cepa, o RS tem em janeiro o segundo pior mês em novos casos de toda a pandemia. Em 23 dias, foram 190,5 mil notificações. O recorde ainda é de março de 2021, com 233,6 mil casos. No entanto, a marca deve ser superada nesta semana, acompanhando também uma elevação nas internações, ainda que não na mesma proporção. MDB encara confronto interno – Sem um nome de consenso, o MDB está dividido sobre quem será o representante do partido a disputar a sucessão de Eduardo Leite. Nesta segunda, faltando 10 dias para o término do prazo de inscrição nas prévias da legenda, o deputado federal Alceu Moreira irá lançar uma “Carta aos Gaúchos” como forma de marcar posição. No xadrez do partido, ele deixa o presidente da Assembleia, Gabriel Souza, diante de sua palavra. Assumindo uma pré-candidatura, Souza irá […]

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo ?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.