Matinal News

RS decide manter vacinação em adolescentes

Change Size Text
RS decide manter vacinação em adolescentes

Apoiada no parecer da Anvisa, a Secretaria Estadual da Saúde decidiu ontem manter a vacinação no grupo de 12 a 17 anos sem comorbidades no Rio Grande do Sul. Segundo a agência reguladora, o benefício da vacina da Pfizer é maior do que o risco. O presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde, Maicon Barros Lemos, destacou que, embora os adolescentes apresentem um menor percentual de acometimento pela doença, é um público que circula muito. Também ontem o ministro do STF Ricardo Lewandowski manifestou-se sobre a recente orientação do Ministério da Saúde para suspender a imunização de adolescentes. Ficou determinado que cabe a estados e municípios decidir sobre a imunização de adolescentes maiores de 12 anos, desde que observadas as recomendações dos fabricantes, da Anvisa e de autoridades médicas.

Prefeitura de Porto Alegre destina mais um prédio a parceria –  A Prefeitura assina hoje o termo de cessão de imóvel para uso da Polícia Federal na rua Professor Freitas e Castro, 191, no Menino Deus. Segundo o titular da Secretaria Municipal de Administração e Patrimônio, André Barbosa, o imóvel cedido é alvo frequente de depredação e furto por estar ocioso. Em contrapartida, a Superintendência Regional da PF deve investir para qualificar o imóvel, de 1.120 metros quadrados. A ação faz parte de um movimento da gestão de Sebastião Melo (MDB) de dar novo destino a patrimônios da cidade. No mês passado, o Executivo já havia cedido um prédio à Associação da Cultura Hip Hop. O endereço na Vila Ipiranga vai abrigar o primeiro Museu do Hip Hop do Brasil. Leia a entrevista publicada na Parêntese com Rafa Rafuagi, músico e militante do movimento negro que está à frente da iniciativa.

Adesão do RS ao RRF avança na Assembleia – Almejada pelo Governo do Estado desde a gestão de José Ivo Sartori (MDB), a adesão ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF) da União avançou na Assembleia Legislativa. Nessa terça, o plenário da casa aprovou parecer favorável da comissão especial que trata do caso, por 33 votos a 11. Relator do tema e ex-secretário de Sartori, o deputado Carlos Búrigo (MDB) concluiu que não aderir ao RRF seria “apostar em uma liminar eterna ou numa nova renegociação de dívida ou desfazer esforços de equilíbrio dos últimos anos”. O RS não paga parcelas da dívida com a União por força de liminar do STF. Parlamentares contrários ao projeto apontam “cláusulas abusivas” e que a cobrança da dívida é ilegítima. Para ingressar no RRF, o Estado deve fazer uma série de concessões, além de reformas – boa parte já feita na atual gestão – e privatizações.

Especialistas apontam irregularidades na pintura do Viaduto Otávio Rocha

A pintura de partes do Viaduto Otávio Rocha não seguiu o devido processo legal e pode gerar danos à estrutura da construção, conforme apurou o Matinal. Advogados ouvidos pela reportagem entendem que a intervenção deveria ter sido aprovada pela Secretaria Municipal da Cultura, enquanto arquitetos indicam que o uso de tinta não é adequado ao material que compõe a estrutura do viaduto.

“Uma intervenção dessas precisa passar pela Secretaria de Cultura. Qualquer ação em um bem tombado precisa passar pelos órgãos que avaliam se as regras estão sendo seguidas. Nenhum órgão de fiscalização do patrimônio foi ouvido nesse caso, houve prejuízo e isso pode levar a uma responsabilização administrativa, porque um bem foi colocado em risco e danificado”, avalia Custódio, advogada membro do Icomos (Conselho Internacional de Monumentos e Sítios) e que denunciou o caso ao Ministério Público.

O episódio vem na esteira de outras ações do Programa Centro+, que pretende restaurar construções e monumentos do Centro Histórico da Capital – parte desse processo, o Paço Municipal também sofreu intervenções consideradas indevidas por especialistas. Além do Ministério Público, Promotoria do Meio Ambiente, Conselho de Arquitetura e Urbanismo e a própria SMC acompanham o caso.

Leia a reportagem completa

Vacina, sim!

Chegou a vez dos adolescentes de 14 anos na fila da vacinação contra a Covid. Lembrando que também está sendo aplicada a dose de reforço para pessoas com 70 anos ou mais vacinadas com a segunda dose até 22 de março. Veja o serviço completo para esta quarta.

Outros links:

  • Também ontem deputados estaduais derrubaram o veto de Eduardo Leite e barraram os honorários de sucumbência dado aos procuradores do Estado. O pagamento, dizem os parlamentares, não era regulamentado por lei. A Associação dos Procuradores do Estado irá recorrer.
  • realização de eventos sociais em condomínios e o uso de áreas comuns desses espaços foi flexibilizada na Capital, por meio de decreto da Prefeitura.
  • A estátua de Bento Gonçalves e o busto de Duque de Caxias na Capital amanheceram cobertos. Ação foi realizada pelos coletivos Afronte! e Time RB Rap, que denunciam o racismo nas homenagens a figuras escravagistas.
  • O processo de rematrícula na rede municipal de Porto Alegre só poderá ser feito presencialmente neste ano. Na educação infantil o prazo é até o dia 8 de outubro; nos outros níveis, até o dia 29.
  • Um grupo de deputados estaduais irá à Justiça para tentar barrar o pagamento de pensão a ex-governadores ou às suas viúvas. A matéria foi aprovada na Casa e sancionada, mas a PGE sustenta que o texto não veda benefício a quem já o recebia.
  • O vice-governador Ranolfo Vieira Júnior deve assinar a filiação ao PSDB (🔒) no dia 27 de setembro. Ele deixou o PTB após os ataques homofóbicos de Roberto Jefferson contra Eduardo Leite.
  • Corsan afastou dois servidores suspeitos de envolvimento em fraude em São Marcos. Sete pessoas foram indiciadas pela Polícia Civil em investigação que apura prejuízo de 700 mil reais à companhia.
  • A instabilidade política, a crise hídrica e a ameaça de uma nova greve dos caminhoneiros fez o índice de confiança do empresariado gaúcho cair em setembro, após cinco altas seguidas.
  • Argentina vai voltar a abrir suas fronteiras a partir de 1º de outubro. Brasileiros não precisarão fazer quarentena, mas deverão estar vacinados contra a Covid-19 e terão de apresentar teste PCR negativo.

Cultura

“Reação em Cadeia” aposta em ação e velocidade

Paris Filmes/Divulgação

Terceiro longa dirigido pelo ator Márcio GarciaReação em Cadeia apresenta trama recheada de cenas de ação e muita velocidade. O filme conta a história de Guilherme (Bruno Gissoni), um pacato auditor que descobre um desfalque na empresa onde trabalha e se envolve em uma rede de corrupção que abastece o sistema político brasileiro. Leia o comentário de Roger Lerina.

Agenda (🔒)

Às 12h30, o projeto Musical Évora retoma suas atividades com recital do cravista Fernando Cordella no Foyer Nobre do Theatro São Pedro.

Museu do Trabalho reabre, às 13h30, apresentando 16 gravuras de sua coleção.

O ciclo de conversas “O que é o cinema gaúcho?” exibe o documentárioDepois do Fim, de Álvaro Carvalho Neto, às 19h, na Casa de Cultura Mario Quintana.

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

Receba a agenda completa


Você viu?

Pesquisadores da UFRGS criaram um equipamento que pode ajudar ciclistas a pedalarem com mais segurança. Ainda um protótipo, o dispositivo mede a força aplicada nos pedais durante o exercício e visa orientar o atleta a corrigir a postura e evitar futuros problemas de saúde. Mestre em Engenharia Elétrica pela UFRGS e ciclista há quase 10 anos, o pesquisador Matheus de Oliveira Araújo observa que entre os erros mais comuns, cometidos especialmente por atletas novatos, estão pedalar com a postura errada e por longas horas sem preparo ou descanso. O comportamento inadequado pode levar a lesões e comprometer essa alternativa saudável e popular.

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.