Matinal News

Um em cada cinco gaúchos já completou ciclo vacinal

Change Size Text
Um em cada cinco gaúchos já completou ciclo vacinal

 O Rio Grande do Sul alcançou ontem os 20% da sua população residente com o ciclo vacinal completo, um índice superior ao nacional. A marca foi atingida em meio a debates sobre a redução no prazo de aplicação entre as duas doses da vacina anticovid – estratégia adotada pelo RS, mas não defendida pela Fiocruz, que produz no Brasil o imunizante criado pela Astrazeneca em parceria com a Universidade de Oxford. O avanço da vacinação, que hoje conta com adesão quase total da população brasileira, é um dos fatores determinantes apontados pelo professor e ex-reitor da UFPel Pedro Hallal para que a pandemia tenha fim no país na virada do ano (🔒) – numa projeção otimista até no próximo mês de novembro. Claro, alerta ele, é preciso estar atento aos riscos de novas variantes, como a Delta, e manter os cuidados como o uso de máscara até chegarmos a uma situação de fato segura.

Aglomeração e demora entre viagens gera reclamações sobre os ônibus da Capital – A tentativa do prefeito Sebastião Melo (MDB) de recuperar o transporte público em Porto Alegre precisará ir além do preço da passagem. Com a pandemia, os usuários passaram a tem novas preocupações. Segundo GZH, as principais reclamações em seis locais da Capital são a aglomeração e a demora entre as viagens. A primeira situação é ainda mais perigosa porque facilita a transmissão do coronavírus. Um estudo recente da Fiocruz indicou que os locais onde o vírus se espalha com facilidade são as paradas e os próprios coletivos. No terminal Triângulo, na Zona Norte, a falta de veículos é cada vez mais evidente. Muitos usuários acabam tendo que esperar dois ou três ônibus para garantir um embarque mais seguro. Por outro lado, os trabalhadores com hora para chegar no serviço precisam se arriscar ficando bem próximos de outros passageiros. Na Terceira Perimetral, a linha T12/Cairú chega a demorar até 40 minutos até a vinda de outro coletivo que faça o mesmo trajeto. 

Assembleia aprova fim da pensão a ex-governadores – A Assembleia Legislativa aprovou ontem a revogação da lei que instituiu pensão vitalícia a ex-governadores. A norma estava vigente desde 1979 e atualmente beneficia nove ex-governadores, além de quatro viúvas. Cada um recebe mais de 30 mil reais. Autor da proposta, o deputado Pedro Pereira (PSDB) calcula economia de 6 milhões ao ano com a aprovação do texto – que ocorreu por 49 votos favoráveis e um contrário. Atual governador, Eduardo Leite (PSDB) já não iria receber a pensão vitalícia por conta de lei aprovada em 2015. Ele deverá receber por quatro anos, conforme a legislação vigente.  

Espaço gastronômico irá substituir o orquidário na Redenção – O Parque da Redenção receberá mais um espaço gastronômico. O novo local, que será administrado pela Ioiô Casa de Festas Infantis, vencedora da licitação, irá substituir o antigo orquidário, que servia de abrigo para mais de 4,5 mil mudas de plantas. A estrutura irá preservar o contato do público com a natureza, mas também será lugar para consumo de refeições rápidas e bebidas. No terreno, que mede 750 metros quadrados, serão colocados quatro contêineres destinados ao serviço e mais um módulo que servirá como sanitário. O trenzinho e o pedalinho também foram licitados. 

Cirurgião plástico é suspeito de abusar sexualmente de ao menos 12 mulheres em Porto Alegre – Atuando em uma clínica situada no bairro Três Figueiras, um cirurgião plástico foi alvo de uma operação da Polícia Civil ontem. Ele é investigado por abusar sexualmente de pelo menos 12 mulheres. Entre as vítimas estaria uma menor de idade, o que poderia configurar estupro de vulnerável. A delegada responsável pelo caso, Jeiselaure Rocha, relatou que o homem passava cantadas nas pacientes e tocava as partes íntimas que não tinham relação alguma com o procedimento. Em entrevista ao SBT Rio Grande, uma das denunciantes relatou que pretendia retocar o nariz, mas foi solicitada a mostrar os seios. Há relatos de mulheres que teriam sofrido a violência durante a sedação, e a apuração inicial indicou que alguns atos eram filmados pelo médico. O cirurgião ainda é suspeito de protagonizar situações semelhantes desde 2007 e teve o nome envolvido em processo administrativos no Cremers. Apesar da gravidade do caso e do número de vítimas, o homem prestou depoimento e teve a prisão negada pela Justiça.

Vacina, sim!

Sem novas remessas de vacinas, Porto Alegre manteve a faixa etária de 36 anos como público para receber a vacina contra a Covid-19 hoje. A aplicação da primeira dose ocorre em 12 unidades de saúde. Lembrando que já está valendo o novo prazo, de dez semanas, para a aplicação da segunda dose da AstraZeneca. Informações sobre o serviço desta quarta aqui

Outros links:


Cultura

Hitchcock brinca de fazer suspense no trem

Petra Belas Artes à la Carte/Divulgação

Um dos muitos clássicos da fase inglesa de Alfred HitchcockA Dama Oculta (1938) é uma deliciosa comédia com toques de suspense, espionagem, policial e romance – uma mistura inusitada de gêneros que o grande cineasta equilibra com leveza e maestria. A trama é ambientada em Bandrika, fictício país montanhoso do centro da Europa, onde os passageiros de um trem são obrigados a passar todos uma noite em uma pousada devido a uma avalanche. Leia a resenha de Roger Lerina.

Agenda (🔒)

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.

Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz celebra os 37 anos de sua sede, a Terreira da Tribo, exibindo vídeos de seus principais trabalhos, de hoje a sexta (16/7), sempre às 20h – confira a entrevista com o grupo publicada ontem pelo site Nonada.

Às 20h, a Aliança Francesa celebra o aniversário da Queda da Bastilha em show da cantora Camila Orsatto.

Festival de Cinema de Gramado anunciou os filmes selecionados para a 49ª edição do evento, que acontece de 13 a 21 de agosto. 

Receba a agenda completa


Você viu?

Saliência aberrante é a tendência a dar sentido especial a objetos e pensamentos que normalmente não receberiam a mesma atenção. Essa sensação experimentada por quem já tomou LSD agora foi medida no primeiro estudo no Brasil com a droga em seres humanos desde os anos 1960. Um grupo de pesquisa com epicentro na Unicamp é o responsável pela investigação, que contou com 24 adultos com contato prévio com a droga psicodélica. Segundo Marcelo Leite, colunista da Folha de S.Paulo, os testes e questionários aplicados ajudam a esclarecer “como a experiência que tem algo de psicótica pode também ser terapêutica”.

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.