Crônica

Escócia e Irlanda

Change Size Text
Escócia e Irlanda

Eu quis ir pra Escócia pra arrumar um marido. Sim, vocês não sabem, mas meu sonho de consumo é um homem cor de laranja, bem grande, um viking mesmo, adoro. Chegando lá, não consegui um marido, por problemas de foco: eu me apaixonava por um cara na rua, um qualquer, que passava por mim, aí eu ia imaginando como seria a nossa casa quando fôssemos morar juntos, passava um quarteirão, eu via outro mais lindo, aí eu me perguntava o quanto de esforço esse segundo homem estaria disposto a fazer por mim, tipo, qual jeito ele ia dar pra transportar meu gato do Brasil pra Escócia, aí na rua seguinte aparecia um terceiro mais maravilhoso ainda e ao mesmo tempo batia aquele vento escocês gelado do caralho e então eu pensava “Com quantos meses fingindo que gosto de morar na Escócia eu começo a manipular este homem pra irmos morar no Brasil?”.

Então eu me contentei em conhecer as cidades mesmo, já estava lá, eram 4 dias apenas, e pra conhecer 4 cidades, sim, foi uma loucura. Vocês até podem se perguntar como que eu ia achar marido em 4 dias, mas acho que no parágrafo acima eu deixei clara a minha facilidade de me envolver com um viking. É olhou, apaixonou.

Comecei por Edimburgo, sim, é linda, o castelo é maravilhoso, tem todos os estereótipos pela rua, o homem da gaita de fole, o homem da saia, o bêbado e o meu noivo. Aí fui pra Inverness, se tu olhar no mapa, depois dessa cidade, tem mais uma, se não me engano, e aí acaba o mundo. O que eu fui fazer lá? Obviamente, conhecer o rio Ness, que depois tem o lago Ness, que casualmente é onde mora o monstro do lago Ness e é isso mesmo, fui atrás de uma lenda, não me julguem, aposto que vocês já foram atrás de coisa bem pior e real ainda por cima.

[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

ASSINE O PLANO ANUAL E GANHE UM EXEMPLAR DA PARÊNTESE TRI 1
ASSINE O PLANO ANUAL E GANHE UM EXEMPLAR DA PARÊNTESE TRI 1
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.