Charge, Parêntese

Edgar Vasques: O Barão no Paço

Change Size Text
Edgar Vasques: O Barão no Paço
O Barão no Paço é uma mostra honesta. Entrega exatamente o que o título indica: originais da variada obra visual (óleos, aquarelas e grafites) de Manoel de Araújo Porto-Alegre, o Barão de Santo Ângelo, expostos em pleno Paço Municipal. Este “paço” ecoa outro: o Paço Imperial, no Rio de Janeiro do séc XIX , em torno do qual o múltiplo artista desenvolveu sua obra. Como qualquer recorte, a proposta de mostrar originais seus presentes no RS, também funciona como um limite. E, nesse caso, um limite decisivo. Se é bastante interessante encontrar originais mais do que centenários ao vivo, o material disponível omite o principal. Manoel de Araújo Porto-Alegre garantiu seu nome na historia das artes visuais brasileiras por um motivo maior: é dele a  primeira charge (e com caricatura) publicada no Brasil, em 1837, inaugurando o caminho para todos nós, caricaturistas, chargistas e humoristas gráficos. Quem sabe outra mostra, sem a obsessão do original (já q a charge só se completa quando reproduzida), mostrando o q realmente interessa de Porto-Alegre (em Porto Alegre)? Edgar Vasques (P.Alegre, 1949), formado em arquitetura e aposentado no mesmo dia, chargista, cartunista, caricaturista, quadrinista, aquarelista e ilustrador, autor da série Rango (desde 1970) e das ilustrações do Analista de Bagé (c/ L.F.Verissimo), entre outras coisas em 51 anos de carreira. Atualmente publica o Rango no mensário Extra Classe (P. Alegre).

Quer ter acesso a conteúdo exclusivo?


Assine o Premium
ou faça login

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!