Ensaio

Fundação do Curso de Arte Dramática: a concretização de um sonho coletivo

Change Size Text
Fundação do Curso de Arte Dramática: a concretização de um sonho coletivo Alunos do Curso de Arte Dramática (CAD) no início dos anos 60. (Acervo: Sena)

A consolidação do ensino de teatro na URGS partiu de uma necessidade da comunidade cultural de Porto Alegre, que viu crescer o movimento teatral nos anos 1940 e 1950, configurando-se um fenômeno histórico de transformação, num momento em que artistas como Walmor Chagas, Paulo José, José Lewgoy, Antônio Abujamra, Lilian Lemmertz e Paulo César Pereio ganhavam destaque. Muitos jovens artistas, que então despontavam na cena local, almejavam uma maior qualidade das suas encenações e interpretações, assim como a ampla divulgação de textos teatrais consagrados.

A inspiração para a renovação do movimento teatral porto-alegrense emanava do Rio de Janeiro (com a companhia Os comediantes, por exemplo) e de São Paulo (com Teatro Brasileiro de Comédia – TBC), onde encenadores estrangeiros eram convidados a colaborar, qualificando e profissionalizando a cena teatral. 

Artistas pertencentes ao Teatro do Estudante, ao Clube do Teatro, ao Teatro Universitário, ao Teatro de Equipe, à Comédia da Província, à Sociedade Teatro do Sul, dentre outros grupos locais, que eram, em sua maioria, compostos por alunos de vários cursos da URGS, especialmente do curso de Filosofia, reuniam-se no bar da faculdade e no centro acadêmico, onde, dentre outros assuntos, discutiam os rumos do teatro porto-alegrense. Esses jovens idealizavam concepções inovadoras de teatro, diferentes do teatro comercial e meramente recreativo: desejavam um espaço dentro da universidade para aprofundar a pesquisa das práticas artísticas que fervilhavam pela cidade graças a iniciativas particulares. 

[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

RELACIONADAS

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito