Ensaios Fotográficos

A atmosfera visual de Zeca Gerbase

Change Size Text
A atmosfera visual de Zeca Gerbase

José Gerbase Filho – para nós, Zeca, o fotógrafo. Foi um artista e nos deixou o pequeno livro que agora está aí, na Praça: Zeca, o fotógrafo (Libretos, 2021). Sua visão atmosférica, natural e urbana materializou-se nas fotos reunidas em capítulos: Zeca e a cor, as montanhas, São José dos Ausentes, Santa Catarina e Porto Alegre. São 60 fotos, entre em cores e preto e branco. A obra tem organização de Francisco Gerbase e apresentação de Carlos Gerbase.

Carlos, cineasta, professor e irmão de Zeca comenta a iniciativa: “Esta é uma síntese incompleta do Zeca fotógrafo. Há muito negativo pra digitalizar e muitas novas paisagens pra revelar ao público. Sessenta anos de fotografia não cabem num livro só. Fica, contudo, essa homenagem de todos que conviveram com o Zeca e seu sorriso tímido, sua barba de diversos comprimentos, seus óculos elegantes, suas câmeras onipresentes, seus carros prontos para o barro, suas árvores no horizonte, seus barcos de madeira, suas aves em pleno voo, seu jeito prestativo de construir coisas e fazer favores. Foi-se o nosso irmão. Restou a saudade e a admiração pela sua trajetória como artesão, artista e amigo.”

José Gerbase Filho (07/11/1948 – 07/05/2021) era simplesmente Zeca para quase todos que o conheciam. Foi engenheiro mecânico e professor universitário na UFRGS. As fotos aqui publicadas como ensaio na Parêntese são uma mostra do livro. Nela temos o Zeca, fotógrafo aventureiro, e não José Gerbase Filho, engenheiro competente e criativo.














Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito