Ensaios Fotográficos

Nos olhos do espelho

Change Size Text
Nos olhos do espelho

Já parei para me olhar nos olhos do meu espelho. Olhei no fundo. Lá.

Mas sozinha nunca estou, o ao redor está suspenso conversando.

A lente da câmera é fechadura, a gente coloca o olho e olha lá, no enquadramento.

Lá para onde a vontade aponta. Cimento, tijolo, porta, cores, reflexo, movimento.

A cidade mostra quem somos, porque somos o que ela é (ou foi e será)

O ao redor não é visível, tudo é movimento, do agora, do tempo passado, do tempo presente, do tempo futuro e o que não vamos ver (vemos hoje?)

O que se é, é o que a massa social se transforma?

O equipamento tecnológico com meu olho recorta a (im) permanência.

O pai do Ciclano, que é o Fulano, filho do Beltrano, que um dia foi tal coisa e fez disso sua vida e na morte vai ser lembrado ou será um eterno esquecido…

A cidade seria berçário ou cemitério? De sonhos, estadias. Constrói, destrói. Vice-versa. 

Tudo fica e vai.

Parei para olhar a cidade nos olhos do espelho. Olhei na frente e atrás, inclinei pra cima e pra baixo, juntei… lá no fundo. Lá.

Ouvi tanta coisa, tanto barulho, tanta gente que não conheci, que não conheço e que conheço.

“Moça, você tira foto? Foto de pessoa?”

Respondi… “Eu? Não, eu não..  só de coisas”.

Me senti coisa. 

A foto planifica luz, história, nós.

Enquadrando o espelho se perde o nítido, duplica defronte e de verso, mas não bem nítido. 

O reflexo se mostra chão, parede, coisa.

Paro, olho, reviro o espelho

A cidade reflete?

Passadas, paradas, avança, volta duas casas.

Reflete?

Olhe no fundo. Lá. Mas, tem que dizer oi. 
















Um ensaio,  como tantos que já fiz de Passo Fundo. Esse iniciou em 2017, com o objetivo de estudo, no uso de lentes fixas, mas sempre com a narrativa de dar um  “Olá, Cidade!”. Com a minha câmera, dialogo com o ver – conversas às vezes alegres, arrependidas (devia ter tirado o retrato), rápidas, concentradas… É sempre uma visita à cidade que é terra natal, que é cheia de reflexos.


Sou Fabiana Beltrami, professora, jornalista multimídia e conversadeira. 

ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito