Filosofia na vida real

Até que a imaginação os separe. Cena 8

Change Size Text
Até que a imaginação os separe. Cena 8

Divórcio de Lupicínio Rodrigues.

Não olhei as estatísticas mas aposto que, sob o imenso guarda-chuva da canção brasileira, há um volume significativamente maior de composições narrando antes o fim do que o começo do casamento. Repito, não olhei todos os números. Nem saberia como montar essa equação pra fazer as contas direitinho. A rigor, estou extrapolando alguns achados do interessantíssimo artigo “Sonoridades da vida conjugal registradas em versos de canções brasileiras produzidas entre 1940 e 1960” (se ficou curioso, dá um Google e confere) para um contexto temporal mais amplo. Defiro uma resposta precisa para os especialistas. Aliás, que temeridade palpitar sobre a canção brasileira na vizinhança do Luís Augusto Fischer e do Arthur de Faria!

[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

Divórcio de Lupicínio Rodrigues.

Não olhei as estatísticas mas aposto que, sob o imenso guarda-chuva da canção brasileira, há um volume significativamente maior de composições narrando antes o fim do que o começo do casamento. Repito, não olhei todos os números. Nem saberia como montar essa equação pra fazer as contas direitinho. A rigor, estou extrapolando alguns achados do interessantíssimo artigo “Sonoridades da vida conjugal registradas em versos de canções brasileiras produzidas entre 1940 e 1960” (se ficou curioso, dá um Google e confere) para um contexto temporal mais amplo. Defiro uma resposta precisa para os especialistas. Aliás, que temeridade palpitar sobre a canção brasileira na vizinhança do Luís Augusto Fischer e do Arthur de Faria!

[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito