Memória

1868: O edifício Malakoff

Change Size Text
1868: O edifício Malakoff

PORTO ALEGRE 250 ANOS:  HISTÓRIA, FOTOGRAFIA E REPRESENTAÇÕES

O edifício Malakoff: História

Na década de 1860, quem passasse pelo antigo Largo do Paraíso, depois Praça Conde d’Eu e, com a república, Praça XV de Novembro, por certo devia ficar com a impressão que os acontecimentos da cidade sofriam uma espécie de aceleração. O novo mercado público estava em construção. No centro do largo, meados de 1866, foi instalado um chafariz de ferro importado da França (hoje localizado no Parque Farroupilha). Isso foi feito pela Cia. Hidráulica Porto-Alegrense, criada em 1862 por empreendedores de sobrenome luso e que desde 1864 já estava em funcionamento.

Foi neste contexto que João Batista da Silveira decidiu construir o primeiro “arranha-céu” da cidade. O comendador Batista era um empreiteiro de origem açoriana (antes da assim denominada “cidade dos alemães”, já existiam na cidade grandes empreendedores de origem lusa), sesmeiro no atual município de Cachoeirinha, juiz de paz e vereador em Gravataí, e que já participara da construção da Ponte de Pedra (concluída em 1848), do Teatro São Pedro (1858) e da Sociedade Bailante. A data precisa da inauguração espera definição. Alguns estimam 1860, a maioria 1868.

[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

RELACIONADAS
ASSINE O PLANO ANUAL E GANHE UM EXEMPLAR DA PARÊNTESE TRI 1
ASSINE O PLANO ANUAL E GANHE UM EXEMPLAR DA PARÊNTESE TRI 1
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.