Nossos Mortos

Adeus eterno

Change Size Text
Adeus eterno

Neste domingo, 19 de junho, fará sete dias que João Souza nos disse adeus. Um adeus definitivo, eterno. Desde segunda-feira, 13, pela manhã, quando sofreu uma parada cardiorrespiratória, não podemos mais nos encontrar para um cafezinho, almoço, jantar ou um simples chopinho, acompanhado por uma tábua de frios. Seu jeito elegante de príncipe africano, olhar sempre atento, voz calma, baixa, serena e humor sempre em alta marcaram nossos 54 anos de muita amizade, respeito e admiração.

Conheci o João logo que entrei no Jornalismo, no início de 1968. Aos 21 anos eu era a foca (iniciante) perfeita: acreditava que, como repórter, mudaria o mundo para melhor. João era assessor de imprensa (dos bons) na secretaria estadual da Saúde. Sentia prazer em ajudar os colegas. Respondia nossas perguntas sem pressa e explicava cada termo técnico que surgia para nos assustar como um dinossauro redivivo.

Ali surgiu uma amizade à primeira vista. Lembro que, depois de passar as informações e bater um papo, me acompanhava até o elevador. Eu falando muito. Ele, pouco. Ouvia, com cara de quem acreditava e apoiava, o meu entusiasmo espalhafatoso pela vida e a profissão.

[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

RELACIONADAS
ASSINE O PLANO ANUAL E GANHE UM EXEMPLAR DA PARÊNTESE TRI 1
ASSINE O PLANO ANUAL E GANHE UM EXEMPLAR DA PARÊNTESE TRI 1
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.