Recomendações

As diversas lutas de Betinho

Change Size Text
As diversas lutas de Betinho Foto: Moderna/Divulgação

LIVROS

Muito Prazer, Sou o Betinho: A vida do sociólogo Herbert de Souza | José Roberto Torero

A trajetória de Herbert de Souza (1935 – 1997), mais conhecido como Betinho, é o tema de uma obra lançada no último dia 3 de novembro – data em que o sociólogo completaria 86 anos. Dividida em sete capítulos, com um texto direto, explicativo e leve, a biografia Muito Prazer, Sou o Betinho: A vida do sociólogo Herbert de Souza (Moderna, 72 páginas, R$ 60) é voltada para o público infantojuvenil, lembrando as diversas lutas que Betinho travou ao longo de sua vida, abordando sua história pessoal e seu envolvimento na luta por um país mais igualitário. Os leitores poderão conhecer como Betinho se tornou uma referência para muitas gerações no Brasil, ao mobilizar o país, no início dos anos 1990, na Ação da Cidadania Contra a Fome, a Miséria e pela Vida, mais conhecida popularmente como a Campanha Contra a Fome.

Com a autoria do escritor José Roberto Torero, que assume a voz do biografado e escreve o texto em primeira pessoa, e com ilustrações de Catarina Bessel, a obra conta importantes fatos como quando Betinho driblou por diversas vezes a morte. Ainda jovem, em sua cidade natal, a mineira Boicaiúva, descobriu, em decorrência de um pequeno acidente, que era hemofílico, um distúrbio que impede a coagulação do sangue e requer transfusões para estancar os sangramentos. Dois de seus irmãos, o cartunista Henfil e o músico Chico Mário, também sofriam da doença.

As passagens dramáticas na luta pela vida e suas batalhas políticas são ponto alto da obra. Durante a ditadura militar, Betinho sofreu perseguição política e foi preso pelo Departamento de Ordem Política e Social (DOPS). Buscou exílio em países como Chile, Uruguai, Canadá e França, até voltar ao Brasil em 1979, quando foi assinada a Lei de Anistia. Betinho se dedicou a lutar contra a miséria no Brasil até falecer, em 1997, vítima da Aids, doença contraída após uma transfusão de sangue em uma época que pouco se sabia sobre o vírus.

[Continua...]

O acesso a esse conteúdo é exclusivo aos assinantes premium do Matinal. É nossa retribuição aos que nos ajudam a colocar em prática nossa missão: fazer jornalismo e contar as histórias de Porto Alegre e do RS.

 

 
 
 

 

 

 

 
 
 

 

 
conteúdo exclusivo
Revista
Parêntese


A revista digital Parêntese, produzida pela equipe do Matinal e por colaboradores, traz jornalismo e boas histórias em formato de fotos, ensaios, crônicas, entrevistas.

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

RELACIONADAS

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito