Recomendações

Recomendações da semana #45

Change Size Text
Recomendações da semana #45 Foto: Tulia Radaelli/Divulgação

ARTES VISUAIS

No Espelho Não Sou Eu | Gelson Radaelli

O artista visual Gelson Radaelli inaugura neste sábado (3/10) a exposição No Espelho Não Sou Eu, na Galeria Bolsa de Arte. Com curadoria de Eduardo Veras, a mostra reúne uma grande produção realizada pelo pintor nesta época de reclusão.

A mostra apresenta uma série de obras de múltiplos formatos – todas executadas em óleo sobre tela e com o uso farto de cores e soluções técnica e estéticas, tematizando a condição do ser diante da pandemia. As pinturas contemplam três atos:

  1. O Ser – Pinturas de retratos de anônimos em estado de loucura ou vítimas do coronavírus ou em estágio de “derretimento”.
  2. A Natureza – Pinturas principalmente de flores secas, que retratam vasos que o artista dispõe nos ambientes onde circula e que, com estes tempos cinza, secaram, tornando-se uma metáfora concreta e triste desta época.
  3. O Ser e a Natureza – O ser está sempre de costas para os elementos naturais, refletindo e pensando somente nas suas coisas, em suas conquistas, no dinheiro, no prazer e no poder.

A exposição permanece aberta para visitação até 14 de novembro, com entrada franca.

LIVRO

José de Alencar: Entre o Jornalismo e a Ficção | Renato Barros de Castro

Foto: ediPUCRS /Divulgação

Doutorando em letras (literatura comparada) na UFRGS, Renato Barros de Castro está lançando José de Alencar: Entre o Jornalismo e a Ficção (ediPUCRS, 258 páginas). Acompanhado de dois textos inéditos em livro do escritor apontado pelos críticos como fundador da literatura nacional, o trabalho apresenta um lado ainda pouco conhecido do autor de O Guarani, Iracema e O Tronco do Ipê, destacando a sua atuação na imprensa carioca e o surgimento dos seus primeiros romances, influenciados por seu trabalho de folhetinista.

Se José de Alencar (1829 – 1877) é considerado também o principal nome do romantismo brasileiro, assinando obras com forte apelo à imaginação e à fantasia, a obra de Barros de Castro – cearense como o escritor – pretende mostrar outra visão, revelando um viés realista do autor a englobar tanto a sociedade aristocrática quanto a vida difícil das classes menos favorecidas no Rio de Janeiro do século 19, em processo de urbanização.

O livro pode ser adquirido, tanto na versão impressa como na digital, por meio deste link.

MÚSICA

22º Encontro de Violoncelos do Rio Grande do Sul

A violoncelista espanhola Nuria Rosa Muntañola. Foto: Arquivo Pessoal

A 22ª edição do Encontro de Violoncelos do Rio Grande do Sul vai trazer, de segunda a sexta-feira (5/10 a 9/10), músicos e professores do Brasil e da Alemanha, Espanha, Estados Unidos, Portugal e Suíça para masterclasses e conferências gratuitas com transmissão online, reunindo estudantes de níveis e localidades variadas. Também haverá atividades gratuitas para os públicos infantil e adulto, incluindo recitais, concertos, mesas-redondas, palestras e lives.

“É uma oportunidade para estimular o aperfeiçoamento e intercâmbio, além de discutir a situação atual do violoncelista e do professor com profissionais que são referência”, destaca Milene Aliverti, professora de violoncelo da UFRGS que está envolvida na coordenação do festival desde a primeira edição.

Mais informações sobre a programação você encontra no Facebook do evento.

RELACIONADAS
marca-parentese

Abra um parêntese no seu fim de semana com jornalismo e boas histórias. Deixe seu email e receba toda semana as newsletters da revista Parêntese.

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.

O matinal
PRECISA
de você

Precisamos bater a meta do nosso crowdfunding para seguirmos ativos em 2021

O matinal
PRECISA
de você

Precisamos bater a meta do nosso crowdfunding para seguirmos ativos em 2021