Recomendações

Recomendações da semana #71

Change Size Text
Recomendações da semana #71

LIVROS

Tomar Corpo | organizado por Lucila Losito Mantovani

Em novembro de 2019, a Editora Jandaíra, a Residência Artística Kaysaá e o projeto Tomar Corpo (128 páginas, R$ 44), organizado por Lucila Losito Mantovani, realizaram uma residência literária para escritoras no litoral norte de São Paulo. Ao longo de cinco dias, elas conviveram e escreveram, em meio a uma paisagem junto à Mata Atlântica que conjuga mata, vento, areia e água. Dessa convivência entre 26 mulheres, poetas e oficineiras, de vários lugares do Brasil surgem os poemas dessa coletânea.

A organizadora Lucila Losito Mantovani lançou em 2019 o romance Com o Corpo Inteiro, finalista do Prêmio São Paulo de Literatura, e fundou o projeto Tomar Corpo, que enxerga o corpo como plataforma de autopercepção e criação. 


Entrevistas Brasileiras Vol. 2 | Hans Ulrich Obrist

Foto: Cobogó/Divulgação

O livro reúne 30 conversas do conceituado curador suíço com artistas, antropólogos, músicos, cineastas e outros pensadores que construíram suas trajetórias no Brasil a partir da década de 1980. Hans Ulrich Obrist: Entrevistas Brasileiras Vol. 2 (Cobogó, 432 páginas, R$ 80) reúne diálogos que formam um painel múltiplo do que é pensado e realizado hoje no país, abordando temas que vão desde as questões intrínsecas à construção de um léxico artístico aos debates acerca de questões prementes, como a luta de artistas racializados, a formação de um circuito decolonial de arte, a conquista de uma subjetividade, bem como da relevância de expressões indígenas e da inserção de pensamentos não-binários no sistema cultural da sociedade.

Como curador de arte, e atualmente diretor artístico da Serpentine Gallery, em Londres, Obrist viaja ao redor do mundo com suas exposições. Em cada parada, há mais de 30 anos, ele encontra artistas das mais diversas nacionalidades para trocas que versam sobre criatividade, inventividade e o lugar da arte na sociedade – com o objetivo maior de identificar a fonte de inspiração de cada entrevistado e a sua relação com a arte e o território.

As conversas para este volume se deram a partir de 2014 com nomes como Luiz Zerbini, Rosana Paulino, Nuno Ramos, Adriana Varejão, Isael Maxakali e Jota Mombaça (a mais jovem do grupo), além de, entre outros, o cineasta Karim Aïnouz, a antropóloga Sandra Benites, a arquiteta Carla Juaçaba e o músico Emicida. Todos eles nasceram a partir de 1959, ano da inauguração de Brasília, marco do modernismo brasileiro, complementando o recorte de Entrevistas Brasileiras Vol. 1 – que, publicado em 2019, apresentava debates com mestres e pioneiros da cultura brasileira do século 20.

DISCO

Pássaros – Ao Vivo | Duo Gisbranco

Foto: Daryan Dornelles/Divulgação


Formado pelas pianistas e compositoras Bianca Gismonti e Claudia Castelo Branco, o Duo Gisbranco lança seu quinto trabalho, chamado Pássaros – Ao Vivo. São seis poemas de Chico César musicados por Bianca e Claudia, lançados anteriormente no disco Pássaros, três faixas com arranjos inéditos para músicas do cantor e compositor paraibano, um arranjo de tema instrumental (gravado antes no álbum Flor de Abril) e uma canção, Dúvida Cruel (parceria com Itamar Assumpção), que tem participação do próprio Chico César, anteriormente registrada em DVD.

O repertório inclui À Primeira Vista, Nato, Béradêro e Quase Mar, entre outras composições. Misturando elementos da música erudita, instrumental e popular brasileira de maneira expressiva e cativante, o Duo Gisbranco constrói um trabalho dentro de uma linguagem moderna e acessível a uma grande diversidade de plateias.

Ouça o disco Pássaros – Ao Vivo aqui.

RELACIONADAS
marca-parentese

Abra um parêntese no seu fim de semana com jornalismo e boas histórias. Deixe seu email e receba toda semana as newsletters da revista Parêntese.

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito