Agenda, Artes Visuais, Notas

Espaço Cultural Correios reabre com a mostra “Múltiplos Olhares”

Change Size Text
Espaço Cultural Correios reabre com a mostra “Múltiplos Olhares” Fotógrafos na inauguração. Foto: Juliana Baratojo/Divulgação

Depois de quase oito meses, o Espaço Cultural Correios Porto Alegre reabre para visitação do público, nesta terça (3/11), com a exposição Múltiplos Olhares.

Com a abertura autorizada, o local foi preparado para receber os visitantes com segurança, cumprindo todos os protocolos: limpeza contínua dos espaços, disponibilização de álcool em gel, limitação do número de visitantes e obrigatoriedade do uso de máscaras.

— Seguindo os protocolos de segurança, desejamos que a reabertura dos espaços culturais possa levar a arte, a emoção e a reflexão para o público nesses tempos difíceis que vivenciamos na pandemia — observa Cristina Molenda Carvalho, supervisora do Espaço Cultural Correios.

A exposição Múltiplos Olhares, que havia sido recém inaugurada no início da pandemia, apresenta visões e fragmentos sobre Porto Alegre, sobre a natureza, sobre o concreto, sobre o mundo. Concebida pelo curador, arquiteto e artista visual Fábio André Rheinheimer, a exposição contempla 56 obras de 28 fotógrafos que possibilitam essa diversidade de interpretações e olhares.

— Na pandemia, fomos conduzidos a tempos de incertezas e reflexões. A exposição Múltiplos Olhares retoma sua trajetória e amplia seu caráter de celebração, não mais restrito à arte da fotografia, conforme proposta conceitual a orientar a curadoria. Porém, neste novo momento, e de modo mais abrangente, esta mostra também celebra o reencontro da comunidade com a arte — destaca Rheinheimer.

O curador explica que a exposição foi concebida tendo como base interação entre elementos aparentemente desconexos do portfólio de 28 profissionais.

“A partir dessas parcelas – imagens extraídas do contexto – organizam-se outras possibilidades do ver, novas ressignificações. Neste percurso, eis o espectador a delinear, segundo apropriação particular), a elaboração hipotética de outros (ou novos) relatos, tendo por objeto a livre inter-relação entre produções distintas”, descreve o curador.

Na mostra, estão registros de Ana Fernanda Tarrago, Andréa Barros, Andréa Seligman, Alexandre Eckert, Aníbal Elias Carneiro, Bia Donelli, Clara Koury, Douglas Fischer, Eduardo Grazia, Fábio Petry, Flávia Ferme, Flávio Wild, Helena Stainer, Iara Tonidandel, Ivana Werner, Laércio de Menezes, Leandro Facchini, Leonardo Kerkhoven, Manoel Petry, Marcelo Filimberti, Marcelo Leal, Nattan Carvalho, Paulo Mello, Rafael Karam,  Rogério Soares, Sílvia Dornelles, Tiago Jaques e Victor Ghiorzi.

Com entrada franca, a mostra pode ser conferida de terça a sexta, das 10h às 18h, e aos sábados, das 10h às 16h, até 12 de dezembro.

terça-feira, 03 a 12 de dezembro de 2020 | 10h00 - 18h00

Espaço Cultural Correios Porto Alegre (prédio histórico dos Correios na Praça da Alfândega, Centro Histórico)

RELACIONADAS

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito