Agenda | Infantil

“Labirinto da Água” na Sala Álvaro Moreyra

Change Size Text
“Labirinto da Água” na Sala Álvaro Moreyra
Espetáculo infantojuvenil Labirinto da Água realiza temporada de estréia na Sala Álvaro Moreyra, nos dias 27, 28, 29 e 30 de setembro e 4 e 7 de outubro – quinta e sexta às 15h e sábado e domingo às 16h. Os ingressos devem ser aquiridos online, nas Lojas Catarinense Criança ou no local, uma hora antes do espetáculo. A peça é livremente inspirado no livro Gota d’Água, de Moacyr Scliar (1937 – 2011), e tem direção e dramaturgia de Fernanda Moreno em parceria com o elenco. Voltada para o público dos seis aos 12 anos, a aventura é protagonizada pela atriz Manu Goulart e pelos atores Anderson Moreira Salles, Gabriel Ditelles e Ismael Goulart leva à cena dois importantes assuntos: a conscientização ecológica e a busca por identidade. Temas próximos às crianças e aos jovens são trabalhados de modo lúdico e poético para despertar a reflexão sobre a falta de água, o senso crítico acerca do desperdício desse bem natural e a vida em comunidade. Labirinto da Água apresenta, a partir de dois núcleos centrais, “a terra” e “a água”, as histórias de Dora e da pequena Gota. A parte realista (“a terra”) retrata os problemas que a falta de água pode causar. A antiga abundância pode se tornar a escassez irreversível de solos secos e uma falta ainda maior de água no futuro. Já a parte alegórica (“a água”) conta a história da Gota, que procura incessantemente entre nuvens, mares e rios, um lugar para pertencer, sentir-se parte e fazer, com isso, a diferença em sua existência. Ao longo da peça, as duas partes se encontram e se interligam. Assim, é possível perceber que somente juntas, Dora e Gota, poderão conquistar os seus objetivos. Nesse caminho todo, as duas serão acompanhadas por outros personagens: instigantes, diferentes e curiosos. Sinopse Dora vive em uma região onde a água é pouca e a terra é seca. Curiosa e preocupada, a menina tem a esperança de encontrar uma pequena gota d’água. Quando as duas se conhecem, a gotinha logo toma outro caminho. Porque essa gota não quer ser gota, quer ser mar. Sozinha, porém, ela é apenas um pingo, e pingos não encharcam a terra. Assim como Dora, a gota ainda tem esperança. Juntas elas podem realizar os seus sonhos. Mas esse percurso será longo e árduo, perdendo-se em labirintos de solo seco. Agendamento com escolas: Raiar Produções | Ari Lopes, no telefone (51) 99914-6516. Qui e sex às 15h

Quer ter acesso ao conteúdo exclusivo ?

Assine o Premium

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

PUBLICIDADE