Agenda, Notas, Teatro

Ói Nóis Aqui Traveiz celebra 37 anos da Terreira da Tribo com lançamentos de espetáculos virtuais

Change Size Text
Ói Nóis Aqui Traveiz celebra 37 anos da Terreira da Tribo com lançamentos de espetáculos virtuais Cartaz do espetáculo "Quase Corpos"/Divulgação

Nos dias 14, 15 e 16 de julho, a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz convida o público para celebrar os 37 anos de existência e resistência da Terreira da Tribo, espaço sede do grupo e Escola de Teatro Popular da Terreira da Tribo. A celebração conta com uma programação virtual com os principais trabalhos em formato audiovisual realizados nos últimos tempos, com exibição única no YouTube.

Programação

14/7, às 20hQuase Corpos – Episódio 1: A Última Gravação

Nesta versão livre da peça Krapp’s Last Tape, de Samuel Beckett, o espetáculo mostra o confronto de um homem de 69 anos, interpretado por Paulo Flores, com o seu passado. Hoje, nada mais é que um decrépito, muito míope, quase surdo e desleixado, que escuta no gravador a fita-registro de 30 anos atrás. Escuta sua própria voz narrar extintas aspirações, lembranças de amores perdidos, a morte da mãe, a esperança não confirmada de êxito comercial literário. Depois, gravará uma nova fita, como faz todos os anos, no dia do seu aniversário. Um homem amargurado, a remoer-se em plena solidão, parece nada ter de relevante a evocar ou perpetuar. O espetáculo é uma criação coletiva da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz.

15/7, às 20hSarau da Cavalo Louco

A Cavalo Louco é a realização de um antigo desejo da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz. Embora a publicação aborde assuntos variados, há um elemento que permeia todas as matérias: o teatro como possibilidade. A Escola de Teatro Popular da Terreira da Tribo surgiu como uma possibilidade de consolidar o compromisso ético com a sociedade na qual estamos inseridos. Dentro da sua proposta de trabalho, realiza regularmente seminários nos quais é possível discutir o sentido essencial da arte teatral e que papel o teatro e seus protagonistas desempenham no meio social. Promovendo o intercâmbio de diferentes experiências desenvolvidas por grupos e gente de teatro de todo o país, os seminários são momentos de intensa fertilidade e indagação. Podemos nos questionar internamente enquanto coletivo de trabalho e, ao mesmo tempo, dialogar com todos que se interessam pelo teatro.

Esta publicação surge como mais um dos frutos dos seminários, sendo um espaço para a reflexão sobre o fazer teatral e seus desdobramentos. O Sarau da Cavalo Louco tem apresentação de Tânia Farias, trás leituras de poemas contidos nas diferentes edições das revistas, entrecruzadas por músicas e uma conversa do conselho editorial sobre a concepção da revista com os seus principais tópicos, seu histórico e o significado desta publicação para o grupo.

16/7, às 20hDesmontagem Meierhold

O Desmontagem – Meierhold é uma homenagem ao ator, diretor e teórico russo Vsevolod Meierhold. Uma produção audiovisual sobre o espetáculo Meierhold. Encenado por Keter Velho e por Paulo Flores, que interpreta Meierhold em um relato póstumo, intercalando lembranças fragmentadas sobre marcos de sua vida e carreira, a produção cênica explora diferentes linguagens e recursos, como fragmentos de poesias surrealistas e cenografia construtivista. Para esta produção audiovisual, o público navega entre depoimentos, cenas e reflexões que contribuíram para a construção da peça cênica e instiga a refletir sobre o momento e lugar em que vivemos.

Essa programação é uma contrapartida do auxílio emergencial a espaços artísticos e culturais, recurso do Inciso II da Lei 14.017/2020 (Lei Aldir Blanc).

A Tribo de Atuadores convoca o público em geral para a colaboração da manutenção da Terreira da Tribo. Desde 2019 têm lançado a campanha Terreira da Tribo – Eu Apoio! como uma forma de pedir socorro a todos que possam ajudar de alguma forma. É uma batalha diária para o grupo manter o espaço da Terreira da Tribo, ainda mais em tempos sombrios e da maior crise sanitária da história. Nesse momento, o grupo quer chamar a atenção para a real necessidade de apoio popular. A Tribo conta com diversas formas de receber apoio, e a principal delas é a campanha recorrente na plataforma Benfeitoria, onde cada um pode colaborar mensalmente com o valor que lhe for possível.

quarta-feira, 14 a 14 de julho de 2021 | 20h00

RELACIONADAS

Quer saber tudo sobre cultura e eventos em Porto Alegre e no RS? Então assine a newsletter do Roger Lerina e receba as dicas no seu e-mail!

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.