Agenda, Música

OSPA apresenta obras de Carlos dos Santos e Beethoven

Change Size Text
OSPA apresenta obras de Carlos dos Santos e Beethoven Foto: Maí Yandara/Divulgação

Neste sábado (29/5), às 17h, a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA) promove um encontro inusitado no quarto concerto da Série Música de Câmara, dentro da temporada 2021. O repertório terá duas obras de tempos e estilos diferentes: Septeto em Mi bemol maior, Op. 20, consagrada peça do alemão Ludwig Van Beethoven, e Antiquário, música inédita do jovem compositor brasileiro Carlos dos Santos. O concerto terá transmissão gratuita e ao vivo canal da orquestra no YouTube e pela plataforma #CulturaEmCasa

A apresentação começa com um conjunto de seis músicos que, sob regência do maestro e diretor artístico da OSPA, Evandro Matté, executam Antiquário, de Carlos dos Santos. Será a estreia mundial da obra, que mistura música popular e de concerto. E, para quem vai ouvi-la pela primeira vez, o compositor paulista deixa uma sugestão: “Ouça essa música como se estivesse observando os detalhes de uma construção antiga no meio de uma rua movimentada e barulhenta”.

Com apenas 30 anos, Carlos dos Santos tem sido reconhecido por suas composições nos últimos anos. Venceu vários concursos, dentre eles o Festival Tinta Fresca da Filarmônica de Minas Gerais e o Prêmio Funarte de Composição Clássica, e atualmente é percussionista da orquestra do Theatro São Pedro (ORTHESP), em São Paulo.

A segunda parte do concerto é dedicada a Ludwig van Beethoven (1770-1827). Um pilar da música ocidental, o gênio alemão foi celebrado em todo o mundo em 2020, quando completaram-se os 250 anos de seu nascimento. Sete músicos da OSPA tocarão Septeto em Mi bemol maior, Op. 20, um dos trabalhos mais populares de Beethoven para grupos de câmara. 

Já na estreia pública, em 2 de abril de 1800, em Viena, a peça encantou a plateia com melodias leves inspiradas em gêneros musicais como o divertimento e a serenata. Tornou-se o maior “hit” do compositor enquanto estava vivo, a ponto de ofuscar seus trabalhos mais sérios. “É uma obra fantástica na qual Beethoven coloca toda a sua maestria. Não lembro de ter sido tocada em Porto Alegre nas últimas décadas, provavelmente devido à formação pouco usual. Fico feliz que a OSPA apresente obras geniais da música de câmara como esta”, comenta o músico Diego Grendene, que tocará clarinete no concerto de sábado.

sábado, 29 a 29 de maio de 2021 | 17h00

Quer saber tudo sobre cultura e eventos em Porto Alegre e no RS? Então assine a newsletter do Roger Lerina e receba as dicas no seu e-mail!

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito