Agenda, Fotografia

Trabalho do Coletivo Galegos & Frangalhos em destaque na Estação Mercado

Change Size Text
Trabalho do Coletivo Galegos & Frangalhos em destaque na Estação Mercado
Nesta quarta (17/7), a Trensurb e o Coletivo de Artes Galegos & Frangalhos dão início a uma nova exposição na unidade do Espaço Multicultural Livros sobre Trilhos (EMLsT) na Estação Mercado: Laboratório-Escola de Arte Popular: Arte-Educação (Des)Construindo Corpos. Os painéis da mostra irão trazer fotografias da história do grupo de artes cênicas, suas oficinas e metodologias, além de expor os figurinos. O laboratório-escola é o espaço de desenvolvimento humano mantido pelo coletivo, que busca oferecer experiências artístico-culturais transdisciplinares, tomando as artes como ponto de partida para caminhos alternativos na educação e na aprendizagem. As fotos da exposição são de Amanda Guimarães, João Pedro Lima, Marília Dias e Max Leidemer. – O coletivo apoia toda e qualquer ação que promova a cultura e a educação, sobretudo nos atuais tempos de crise onde essas duas áreas não são valorizadas. Então, é fantástico ver a dedicação da Trensurb em somar ações que promovam a cultura e, principalmente, a leitura – afirma Bruno Flores, fundador do grupo. Durante o período da mostra, até 31 de outubro, a estação irá receber intervenções artísticas promovidas pelo coletivo, que buscarão chamar a atenção dos usuários do metrô para os painéis da exposição e para o Espaço Multicultural. Criado e mantido pela Trensurb desde dezembro de 2008, o EMLsT é uma biblioteca com acervo de 7,8 mil livros de diversos gêneros. Desde março deste ano, conta também com uma unidade na Estação Novo Hamburgo. Ambas as unidades funcionam nos dias úteis, das 12h às 18h. Fundado em 2011, na Escola Professor Thiago Würth, no bairro Mathias Velho, em Canoas, o Coletivo Galegos & Frangalhos foi formado por artistas, jovens e crianças da comunidade, alunos e professores de escolas locais e moradores do bairro. Com o apoio do poder público e de parceiros, desenvolveu-se e estruturou-se no município, promovendo a descentralização e o acesso de qualidade à arte. Em oito anos de trabalho, já foram mais de 200 apresentações, contemplando um público de cerca de 30 mil espectadores; mais de cem turmas, com a participação de aproximadamente 1,5 mil alunos, além de quatro prêmios vencidos. Hoje, o laboratório-escola conta com 14 oficinas descentralizadas, gratuitas e/ou com preços populares e cerca de 120 alunos. Dias úteis das 12h às 18h

Quer ter acesso a conteúdo exclusivo?


Assine o Premium
ou faça login

Você também pode experimentar nossas newsletters por 15 dias!

Experimente grátis as newsletters do Grupo Matinal!

RELACIONADAS

Quer saber tudo sobre cultura e eventos em Porto Alegre e no RS? Então assine a newsletter do Roger Lerina e receba as dicas no seu e-mail!

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.

O matinal
PRECISA
de você

Precisamos bater a meta do nosso crowdfunding para seguirmos ativos em 2021

O matinal
PRECISA
de você

Precisamos bater a meta do nosso crowdfunding para seguirmos ativos em 2021