Artes Visuais, Notas

Mara Alvares ganha exposição virtual em homenagem aos seus 70 anos

Change Size Text
Mara Alvares ganha exposição virtual em homenagem aos seus 70 anos Foto: SMC/Divulgação

A Coordenação de Artes Plásticas (CAP), da Secretaria Municipal da Cultura (SMC), lança nesta segunda (26/10), a exposição virtual Mara Alvares: Corpo que Vibra.

Originalmente pensada para ocupar as galerias da Pinacoteca Ruben Berta, a mostra foi adaptada para o contexto virtual e será apresentada nas redes da Coordenação de Artes Plásticas (Facebook, Instagram @artesplasticaspoa e site).

A exposição é parte de uma série de homenagens para a artista porto-alegrense que completou 70 anos, em 2020. O projeto foi gestado ao longo de quase oito meses de confinamento e apresenta uma seleção de trabalhos realizados pela artista nos anos iniciais de suas investigações no campo das artes visuais. Conta com pesquisa e curadoria de Mônica Hoff e integra um projeto maior que terá prosseguimento no próximo ano.

Mara Alvares (Porto Alegre, 1950), artista visual e professora de artes – Graduada em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da UFRGS na década de 1970, entre 1991-93 fez mestrado na School of the Art Institute of Chicago. Ao longo de sua formação estudou dança, pintura, gravura, fotografia, teatro-educação, artes gráficas e performance. Na segunda metade da década de 1970 integrou o grupo Nervo Óptico.

Atuou como professora de pintura no Instituto de Artes da UFRGS por mais de duas décadas, até sua aposentadoria em 2009. Ao longo de sua trajetória, realizou projetos artísticos em performance, vídeo, foto-performance, pintura, intervenção urbana, participou de exposições e colaborou com colegas em diferentes momentos e iniciativas. Seus trabalhos podem ser encontrados nos acervos do Museu Nacional de Belas Artes, no Museu de Arte do Rio Grande do Sul, na Pinacoteca Barão de Santo Ângelo e na Fundação Vera Chaves Barcellos.

Conforme a curadora:

“Todo gesto é um destino. Todo gesto é um destino em si mesmo. Um corpo que dança não vibra para chegar a algum lugar, senão para fazer suar o próprio discurso, a natureza mesma do gesto, a sua condição como linguagem. Artista, bailarina, professora, pesquisadora, mãe, Mara Alvares é uma das precursoras da performance em Porto Alegre, cujas experimentações realizadas principalmente nas décadas de 1970/80 – em grande parte, inéditas até hoje – representam um pensamento e uma prática extremamente singulares no contexto das artes visuais.”

RELACIONADAS

Quer saber tudo sobre cultura e eventos em Porto Alegre e no RS? Então assine a newsletter do Roger Lerina e receba as dicas no seu e-mail!

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.

O matinal
PRECISA
de você

Precisamos bater a meta do nosso crowdfunding para seguirmos ativos em 2021

O matinal
PRECISA
de você

Precisamos bater a meta do nosso crowdfunding para seguirmos ativos em 2021