Artigos, Cinema

“Dente por Dente” mistura policial, terror e denúncia social

Change Size Text
“Dente por Dente” mistura policial, terror e denúncia social Vitrine Filmes/Divulgação

Prova de que o cinema brasileiro de gênero anda em alta e chamando cada vez mais atenção no circuito comercial, o filme Dente por Dente chega aos cinemas nacionais nesta quinta-feira (28/1). Dirigido por Júlio Taubkin e Pedro Arantes, o suspense que mistura policial e terror tem coprodução da Globo Filmes e de Telecine – empresas que, como outras grandes produtoras do mercado audiovisual, vêm aumentando o investimento em um segmento da produção nacional antes considerada de nicho, com pouco potencial para atingir um público mais amplo. A dupla de atores Juliano Cazarré e Paolla Oliveira participa de uma live também nesta quinta, às 18h, no Instagram da Globo Filmes, para falar sobre o longa.

Live do longa “Dente por Dente” reúne Paolla Oliveira e Juliano Cazarré

Em Dente por Dente, Cazarré interpreta Ademar, um dos sócios da empresa de segurança de Valadares (Aderbal Freire Filho) e Teixeira (Paulo Tiefenthaler). Quando desaparece o parceiro Teixeira – casado com Joana (Paolla Oliveira), filha do delegado Valadares –, Ademar depara com um esquema criminoso que envolve negociatas com a especulação imobiliária em São Paulo. No elenco ainda estão nomes como Renata Sorrah, Paula Cohen e Digão Ribeiro

O protagonista investiga o caso por conta própria ao mesmo tempo em que enfrenta uma crônica dificuldade para dormir – o que lhe provoca um estado de sonolência permanente e uma confusão mental na qual embaralha sonhos antecipatórios, lembranças fragmentadas e cenas reais. Essas visões são ainda assombradas por um figura fantasmagórica, que Ademar intui estar ligada de alguma forma com o desaparecimento do sócio.

“Eu tenho muito muito orgulho de ter feito esse personagem. Não é fácil fazer um filme de gênero no Brasil, ainda não temos o exercício de fazer esse tipo de filme por aqui. Eu gosto muito de trabalhar com as falas e em filme de gênero você usa mais o olhar e a expressão corporal, então para mim foi um desafio”, comentou Juliano Cazarré.

Vitrine Filmes/Divulgação

Dente por Dente participou no ano passado da 44ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, concorrendo na mostra Novos Diretores, e teve sua estreia comercial adiada por conta da pandemia. A produção também esteve no Rio Fantastik Festival, no Rio de Janeiro, recebendo os prêmios de Melhor Longa pelo Júri ACCRJ e Júri Popular.

Além do corte policial e sobrenatural, Dente por Dente aborda a questão da violência social e da gentrificação nas metrópoles, com pessoas sendo expulsas de suas casas para a construção de grandes empreendimentos imobiliários. Todos esses ingredientes adensam a trama, que avança enigmática tanto para o personagem principal quanto para o público.

O filme se destaca ainda pela qualidade técnica da produção: a fotografia de tons noturnos, o desenho de som envolvente e a trilha sonora tensa, a edição ágil, a direção de arte convincente – tudo concorre para deixar o espectador atento ao mistério na tela, que se desenrola entre avenidas, hotéis, prédios abandonados e construções da capital paulista. Apesar dessa ambientação bem construída – trunfo valioso em especial para um thriller –, a história demora a deslanchar, patinando excessivamente no meio do clima misterioso criado.

Vitrine Filmes/Divulgação

Outro problema são as atuações que deixam a desejar, especialmente de intérpretes de renome como Aderbal Freire Filho e Renata Sorrah. Mesmo Cazarré, cujo talento já foi comprovado tantas vezes na televisão e em filmes como O Lobo Atrás da Porta (2013) e Boi Neon (2015), poderia ter encarnado Ademar com mais complexidade dramática, como seu papel acena.

Nada disso, porém, tira os méritos dessa estreia em longa de ficção de Júlio Taubkin e Pedro Arantes: com um inventivo trânsito entre diferentes registros cinematográficos, calibrado pela crítica à realidade social e econômica do Brasil contemporâneo, Dente por Dente coloca a dupla de diretores na ótima companhia de realizadores que vêm trilhando caminho semelhante no novo cinema nacional, como Marco Dutra, Juliana Rojas, Caetano Gotardo, Gabriela Amaral Almeida e Kleber Mendonça Filho, entre outros.

Vitrine Filmes/Divulgação

Dente por Dente: * * * 

COTAÇÕES

* * * * * ótimo     * * * * muito bom     * * * bom     * * regular     * ruim

Assista ao trailer de Dente por Dente:

RELACIONADAS

Quer saber tudo sobre cultura e eventos em Porto Alegre e no RS? Então assine a newsletter do Roger Lerina e receba as dicas no seu e-mail!

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.