Artigos | Cinema

“Quem Tem Medo?” denuncia a censura bolsonarista

Change Size Text
“Quem Tem Medo?” denuncia a censura bolsonarista Atriz Renata Carvalho em cena do espetáculo "O Evangelho". Foto: Dellani Lima/Divulgação

Exibido no 27º Festival É Tudo Verdade, o filme Quem Tem Medo? (2022) entra em cartaz nesta quinta-feira (4/8). O documentário, filmado desde 2017, acompanha artistas e performers cujos trabalhos sofreram algum tipo de censura nos últimos anos, denunciando como esse processo ganhou ainda mais força com a eleição do presidente Jair Bolsonaro.

Por meio de entrevistas com artistas, registros das obras censuradas e discursos de deputados e senadores, o longa dirigido por Dellani Lima, Henrique Zanoni e Ricardo Alves Jr. apresenta os casos de Wagner Schwartz (SP), Renata Carvalho (SP), Maikon K (PR), José Neto Barbosa (RN) e das montagens teatrais de Caranguejo Overdrive (Aquela Cia. de Teatro, RJ) e RES PUBLICA 2023 (A Motosserra Perfumada, SP).

Segundo o diretor Dellani Lima, “filmamos no calor dos acontecimentos, sentíamos que o medo e a raiva passavam a ser afetos mobilizados pela extrema direita e a violência começou a atravessar a vida de nós artistas”. Já Ricardo Alves Jr ressalta o foco nos corpos que foram perseguidos: “A extrema direita tem como um dos principais alvos os  corpos LGBTQIA+, tentando, de forma criminosa, associar a arte e os artistas à pedofilia. Essa ação é planejada para ativar o ódio da sociedade contra esses grupos”.

Performance “La Bête”. Foto: Dellani Lima/Divulgação

Por fim, Henrique Zanoni alerta para o crescimento da censura no país: “De acordo com a plataforma MOBILE (Movimento Brasileiro Integrado pela Liberdade de Expressão Artística), de 2016 a 2018 foram 16 casos de censura; já nos três primeiros anos do Governo Bolsonaro, o número explodiu para 211 casos, sendo 72% realizados pelo poder executivo federal. Esse processo de ‘bolsonarização’ veio para ficar”.

Quem Tem Medo? relata como os mecanismos de censura deixaram de ser explícitos e foram adaptados a ações e métodos indiretos – mas igualmente eficazes em seu objetivo de tentar calar a arte: assédio judicial, enfraquecimento de mecanismos de controle, aparelhamento ideológico, estrangulamento financeiro e campanhas de difamação, entre outros. O filme também aborda as consequências nas vidas desses artistas decorrentes da violência a que foram submetidos.

O tom de Quem Tem Medo?, no entanto, não é apenas de denúncia e lamento: a produção lembra que a arte será sempre um espaço de resistência. Como diz Renata Carvalho – atriz e ativista transexual que protagonizou o monólogo O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu e que pode ser vista atualmente nos cinemas também no filme de ficção Os Primeiros Soldados (2021), sobre a primeira onda do HIV no Brasil, no começo dos anos 1980: “Já me tiraram de todos os lugares, mas do teatro vocês não vão me tirar”.

Espetáculo “Mulher Monstro”. Foto: Dellani Lima/Divulgação

Quem Tem Medo?: * * * *

COTAÇÕES

* * * * * ótimo     * * * * muito bom     * * * bom     * * regular     * ruim

Assista ao trailer de Quem Tem Medo?:

RELACIONADAS
PUBLICIDADE