Cinema, Notas

“Terra Estrangeira” completa 25 anos com sessão na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

Change Size Text
“Terra Estrangeira” completa 25 anos com sessão na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo Terra Estrangeira | Foto: Divulgação

O filme Terra Estrangeira, dirigido por Walter Salles e Daniela Thomas volta à tela grande em cópia restaurada em 4k, com a primeira exibição no Brasil na 45ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. A sessão, em comemoração aos 25 anos do filme será realizada no dia 23 de outubro no Espaço Itaú Augusta e terá a presença dos diretores e de integrantes da equipe do filme.

Terra Estrangeira foi restaurado em 4k pela VideoFilmes, em 2021, a partir dos negativos originais de imagem 16mm, digitalizados em alta resolução no laboratório francês Éclair. A marcação de luz foi supervisionada por Walter Carvalho. O áudio foi remasterizado para o formato 5.1 a partir da mixagem original do filme no formato Dolby Stereo no Estúdio JLS. O restauro foi coordenado por Patricia di Filippi.

Um dos marcos da retomada do cinema brasileiro, lançado em 1995, Terra Estrangeira tem lugar especial na cinematografia dos diretores: “O filme nasce como uma reação ao silêncio forçado do desgoverno Collor, e de 25 anos de ditadura militar. É um filme regido pelo desejo urgente de refletir quem nós éramos naquele momento de nossas vidas, e de participar do renascimento da cinematografia brasileira ”, relembra Walter Salles.

Daniela Thomas comenta o que a motivou no projeto “sou apaixonada por cinema e pela ideia de fazer cinema desde sempre. Terra Estrangeira foi a perfeita realização desse sonho. Éramos uma pequena turma de aficcionados, liderados pelo cinéfilo-mor, Walter Salles, focados na realização de um filme que ao mesmo tempo expressasse essa paixão e refletisse o estado de coisas no nosso país.”

RELACIONADAS

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito