Música | Reportagens

Concurso Zola Amaro celebra as cantoras líricas

Change Size Text
Concurso Zola Amaro celebra as cantoras líricas Prova do 1º Concurso Zola Amaro. Foto: Bebel Osório

Fruto de uma parceria entre o informativo Agenda Lírica e a Orquestra de Câmara da Ulbra, o 1º Concurso Zola Amaro para Cantoras Líricas reúne nesta semana, em Porto Alegre, as 20 finalistas do certame, que contou com mais de 100 candidatas de sete estados, além de uma norte-americana. Nesta quinta-feira (30/6), serão anunciadas as seis artistas premiadas, que se apresentarão domingo (3/7), às 19h, na Associação Leopoldina Juvenil, junto à Orquestra da Ulbra, com entrada gratuita.

“O concurso tem uma competitividade positiva e uma atmosfera de amizade e cooperação entre candidatas e jurados. É um medidor de qualidade para quem participa e uma vitrine de novos talentos”, conta a soprano Laura de Souza, doutora em Música pela Unicamp, com uma trajetória que inclui 20 anos vivendo na Alemanha e 12 em São Paulo atuando como cantora lírica.

O júri é composto ainda por Tiago Flores – especializado em regência orquestral em São Petersburgo (Rússia) e maestro da Orquestra de Câmara da Ulbra – e pelo barítono Carlos Rodriguez, cantor de carreira internacional com graduação e pós-graduação pelo Conservatório Superior de Música de Maastricht e pelo Jeker Opera Studio, ambos na Holanda.

O trio destaca que este é o primeiro concurso de canto lírico realizado em Porto Alegre. Segundo a pesquisa dos jurados ao longo da concepção do projeto, trata-se também do primeiro concurso de canto lírico do país a premiar exclusivamente mulheres.

“Ficamos impressionados com o nível das candidatas. É raro ver um concurso com tanta gente boa inscrita”, observa Flores. “Concursos são muito importantes para a carreira de cantores e instrumentistas”, completa o maestro, que passou as últimas semanas em meio às partituras das árias interpretadas pelas finalistas.

Flores e os músicos da orquestra se prepararam para executar todas as composições escolhidas pelas 20 finalistas. Somente na noite desta quinta-feira, após definidas as vencedoras, o repertório será finalizado. Além da Cortina Lírica com seis árias, a programação do Domingo Clássico – série de concertos mensais da Orquestra de Câmara da Ulbra no Leopoldina Juvenil – incluirá a Sinfonia nº 40 em Sol Menor, de Mozart, conhecida como a Grande Sinfonia.

Abertura da temporada 2022 da Orquestra de Câmara da Ulbra, no dia 10 de abril. Foto: Eduardo Seidl

Os primeiros passos do concurso foram dados em 2019 em uma competição virtual de canto promovida pela Agenda Lírica em parceria com a orquestra. Neste ano, no Dia Internacional da Mulher (8/3), foi lançado o 1º Concurso Zola Amaro, homenageando o nome de uma artista pouco conhecida fora do circuito da ópera. Nascida em Pelotas, Zola Amaro (1891-1944) teve uma carreira de destaque internacional na primeira metade do século 20.

“Ela foi a primeira cantora lírica sul-americana a cantar no Teatro alla Scala, em Milão (Itália), o grande templo do canto lírico, em 1924. Foi considerada uma das mais importantes intérpretes de Norma, ópera de Vincenzo Bellini. Nas comemorações dos 120 anos de nascimento do compositor, Zola cantou no Festival Bellini, regida pelo maestro Arturo Toscanini, um dos mais importantes do canto lírico”, explica Rodriguez, responsável desde 2018 pelo site e newsletter Agenda Lírica – criada há 17 anos pelo cirurgião plástico e entusiasta do canto lírico Aury Hilario.

Em capítulo do livro Theatro Municipal de São Paulo: Histórias Surpreendentes e Casos Insólitos, transcrito no site Agenda Lírica, os autores Edison Veiga e Vitor Hugo Brandalise narram uma passagem de Zola Amaro por São Paulo: “Flores, flores e mais flores. O quarto do hotel em que a soprano Zola Amaro se hospedava, no centro de São Paulo, ficou tão abarrotado das ‘muitas e riquíssimas corbeilles’ enviadas por fãs, que o hall acabou decorado também – naquele outubro de 1919, não houve espaço no quarto para os inúmeros presentes floridos. O próprio presidente do Estado, Washington Luís, enviara flores naturais, diretamente do palácio dos Campos Eliseos”.

O 1º Concurso Zola Amaro oferece prêmio em dinheiro, bolsa de estudos com a soprano porto-alegrense Carla Maffioletti e uma viagem a Milão. A candidata mais bem colocada de até 40 anos garante vaga na semifinal do Concurso Brasileiro de Canto Maria Callas 2023, que será realizado em São Paulo, seguindo a regra de idade da competição. Por sua vez, a vencedora do Maria Callas deste ano estará entre as finalistas do 2º Concurso Zola Amaro no ano que vem.

As provas finais com piano foram realizadas nos dias 28 e 30 de junho no Hotel Plaza São Rafael, parceiro do evento e responsável pela hospedagem das finalistas.

Atualização
Na noite de quinta-feira (30/7) foram anunciadas as vencedoras do 1º Concurso Zola Amaro:

1º lugar: Débora Faustino (SC)
2º lugar: Maria Gerk (RJ)
3º lugar: Lillian Magrinelli (EUA)
Voto Popular: Cristiane Serkes (PR)
Revelação Juvenil: Maria Clara Vieira (SC)
Incentivo Artístico: Bárbara Brasil (MG)
Prêmio Concurso Maria Callas 2023: Débora Faustino

Da esquerda para a direita: Maria Clara Vieira, Cristiane Serkes, Bárbara Brasil, Débora Faustino, Maria Gerk e Lillian Magrinelli. Foto: Bebel Osório

“Domingo Clássico” da Orquestra de Câmara da Ulbra
Quando: 3 de julho de 2022 (domingo)
Horário: 19h
Local: Associação Leopoldina Juvenil (Marquês do Herval, 280)
Entrada franca*
*Em parceria com o Projeto Juvenil Solidário, sugere-se a doação de alimentos não perecíveis e agasalhos em bom estado.
Transmissão ao vivo pelo canal de YouTube da Orquestra

Gostou desta reportagem? Garanta que outros assuntos importantes para a sociedade gaúcha sejam abordados: seja nosso assinante.

Reportagens investigativas e de grande importância para a democracia como esta só são possíveis graças ao investimento dos nossos assinantes premium. Além disso, os nossos assinantes premium têm acesso a todo o conteúdo do Roger Lerina, à revista Parêntese, à versão completa da NewsMatinal, a descontos nos nossos cursos e a muito mais. Com o preço de dois cafezinhos por dia você tem mais informação, cultura e ainda ajuda o jornalismo local independente. Assine!
Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! Faça login e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email

Gostou desta reportagem? Ela é possível graças a sua assinatura.

O dinheiro investido por nossos assinantes premium é o que garante que possamos fazer um jornalismo independente de qualidade e relevância para a sociedade e para a democracia. Você pode contribuir ainda mais com um apoio extra ou compartilhando este conteúdo nas suas redes sociais.
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
PUBLICIDADE