Música | Notas

Érico Moura lança seu terceiro disco “Tudo é Processo”

Change Size Text
Érico Moura lança seu terceiro disco “Tudo é Processo” Érico Moura Foto: Raul Krebs

O cantor e compositor gaúcho Érico Moura lança nesta quarta-feira (10/11), seu terceiro álbum, Tudo é Processo. O novo trabalho reúne dez faixas autorais que misturam influências da MPB e do pop, trazendo ainda alguns elementos da música alternativa, do rock alemão industrial e sonoridades latinas. Os fãs já podem fazer o pre-save no site.

Com letras compostas e musicadas em diferentes momentos da carreira, o disco, como já anuncia em seu título, traz em seus versos um pouco do processo do próprio artista porto-alegrense, que divide sua carreira musical com a vida médica, de psiquiatra. Com letras que falam de amor, saudade, viver com leveza e enfrentar os sofrimentos e medos, o álbum também tem como tema os processos da vida, ao lembrar que ela pode ser feliz e triste, boa e ruim, tudo ao mesmo tempo.

A composição mais antiga é Eu sendo eu (being me), faixa escolhida para abrir o disco, que foi escrita em 1998, quando Érico ainda integrava a banda Universo Colorido. A mais recente é Basta, finalizada em março de 2020, que revela parte do processo criativo do músico ao misturar elementos do cotidiano em suas composições.

Gravado entre março e junho de 2020 no Estúdio Tabuleiro, em Porto Alegre, o álbum tem todas as faixas cantadas por Érico que, neste trabalho, explora nova texturas vocais, além de voltar a tocar o violão de nylon e não só o de aço, que já aparecia em seus dois discos anteriores. O cantor e compositor também se prepara para reencontrar o público, dois anos após a realização do seu último show presencial. O artista fará apresentação no Teatro Bruno Kiefer, na Casa de Cultura Mario Quintana, dia 25 de novembro, às 19h30.

RELACIONADAS

Escolhe um dos combos

Pagamento exclusivo via cartão de crédito