Música, Notas

Fagner lança primeiro single do novo álbum

Change Size Text
Fagner lança primeiro single do novo álbum Foto: Jorge Bispo/Divulgação

O novo álbum de Fagner é uma seleção de serestas e clássicos da música popular gravados originalmente por grandes vozes da Era do Rádio, como Francisco Alves, Sílvio Caldas, Orlando Silva e Vicente Celestino. A seleção afetiva de Fagner reúne temas de Pixinguinha, Silvio Caldas, Cartola, Orestes Barbosa, Vinícius de Moraes e Chico Buarque, entre outros compositores.

A relação com essas canções começou em casa, nos tempos de criança:

— Meu irmão Fares Cândido Lopes foi o grande seresteiro de Fortaleza, me criei ouvindo ele cantar com Evaldo Gouveia, grande compositor da MPB que era nosso vizinho e afilhado de meus pais. Na minha infância eu ouvia música de adulto, grandes seresteiros, especialmente Silvio Caldas, a quem considerava o maior. É uma homenagem ao meu irmão, eu devia esse disco — relembra Fagner.

O primeiro single do álbum, que leva o título de Serenata, é Lábios que Beijei, que estreou nas plataformas digitais nesta sexta (16/10), marcando a estreia de Fagner na gravadora Biscoito Fino. A canção foi o primeiro grande sucesso de Orlando Silva e nasceu como uma valsa de 12 versos, em 1937 (J. Cascata e Leonel Azevedo).

O novo álbum inclui versões para Rosa (Pixinguinha/Otávio de Souza), Maringá (Joubert de Carvalho), Noite cheia de estrelas (Cândido das Neves, 1932), Serenata (Silvio Caldas e Orestes Barbosa, 1935), Deusa da minha rua (Newton Teixeira e Jorge Faraj),  e As rosas não falam (Cartola), entre outras. 

Escute Lábios que Beijei aqui.

Capa. Foto: Divulgação
RELACIONADAS

Quer saber tudo sobre cultura e eventos em Porto Alegre e no RS? Então assine a newsletter do Roger Lerina e receba as dicas no seu e-mail!

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.