Música, Notas

Marília Parente divulga primeira canção-reportagem

Change Size Text
Marília Parente divulga primeira canção-reportagem Foto: Claudia Parente/Divulgação

A cantora e compositora pernambucana Marília Parente se prepara para lançar sua primeira “canção-reportagem”. Trata-se do single Para la Tierra Volver, que conta a história dos camponeses jurados de morte e em situação de conflito fundiário no Engenho Fervedouro, em Jaqueira, na Zona da Mata do Estado.

O fonograma estará disponível em todas as plataformas digitais no dia 20 de janeiro.

— Fiquei chocada ao tomar conhecimento de que havia uma lista de dez camponeses jurados de morte em Jaqueira. Um deles tomou sete tiros em uma emboscada, quando voltava para o Engenho em sua moto, e sobreviveu. Ao perceber que a história vinha sendo pouco divulgada, senti uma nova necessidade: a de ser uma compositora menos existencial e mais aqui e agora. As pessoas estão fartas de histórias tristes, mas elas precisam saber do que acontece debaixo de seus narizes. A música torna tudo mais palatável — comenta Marília.

Para la Tierra Volver revela forte influência da Nueva Canción e uma faceta mais folk da artista, que pautou seu primeiro disco, Meu Céu, Meu Ar, Meu Chão e seus Cacos de Vidro (2019), pelo encontro entre a música nordestina, as culturas pop e oriental e o rock.

— Além da história contada em versos, uma forte característica de Bob Dylan, outra novidade é que me arrisco por outro registro vocal, mais médio e grave, quase oposto ao que utilizei até aqui. Consequência da influência de cantoras como Joan Baez, Mercedes Sosa e até Sandy Denny, do Fairport Convention. Talvez eu nunca mais volte a cantar assim ou repita depois, é tudo parte de uma linda aventura — completa. 

A ficha técnica tem violão de aço principal da própria Marília, gaitas de Rodrigo Cm, guitarras e baixo de Rodrigo Padrão e bateria de Caio Wallerstein. A música foi masterizada e mixada por Tonho Nolasco, que também gravou o segundo violão e o mellotron.

A capa do single faz referência ao projeto gráfico do disco Bryter Layter, de Nick Drake, e conta com foto de Cláudia Parente, mãe de artista, e arte assinada por Juvenil Silva

Capa. Foto: Divulgação
RELACIONADAS

Quer saber tudo sobre cultura e eventos em Porto Alegre e no RS? Então assine a newsletter do Roger Lerina e receba as dicas no seu e-mail!

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.