Notas, Televisão

Daiara Tukano e Zoravia Bettiol participam de debate promovido pela Aliança Francesa de Porto Alegre

Change Size Text
Daiara Tukano e Zoravia Bettiol participam de debate promovido pela Aliança Francesa de Porto Alegre Foto: Thierry Porchet/Divulgação

A artista indígena Daiara Tukano e a artista plástica Zoravia Bettiol serão as convidadas da segunda edição do Debate de Ideias, realizado pela Aliança Francesa de Porto Alegre em parceria com a TVE e FM Cultura. O evento vai homenagear a Amazônia. Com apresentação da jornalista Katia Suman, o bate-papo será gravado na próxima segunda-feira, dia 28 de junho

O debate será transmitido gratuitamente em uma data emblemática, 5 de setembro – Dia da Amazônia -, às 19h30, pela TVE RS e pelos canais da Aliança Francesa de Porto Alegre.

Daiara e Zoravia são reconhecidos não só por sua arte, mas também por serem vozes em favor da preservação dos recursos naturais e contra a exploração, o desmatamento e a poluição. O Debate de Ideias Arte pela Amazônia buscou mobilizar grandes nomes que atuam como ativistas da natureza por meio suas obras. Os depoimentos servirão de inspiração para o público em geral e vão contribuir para sensibilizar o debate em relação ao futuro do nosso planeta.

sobre as debatedoras

Daiara Tukano pertence ao clã Uremiri Hãusiro Parameri do povo Yepá Mahsã, mais conhecido como Tukano. Nasceu em São Paulo em 1982, é artista, comunicadora independente, ativista dos direitos indígenas e pesquisadora em direitos humanos. Seu trabalho artístico se fundamenta nos estudos que realiza junto à sua família sobre cosmovisão, a espiritualidade e a história de luta de seu povo. Participou de Véxoa: Nós Sabemos, exposição de arte indígena em cartaz na Pinacoteca do Estado de São Paulo entre 2020 e 2021, é artista-convidada da 34ª edição da Bienal de São Paulo. 

Zoravia Bettiol é artista plástica, designer e arte-educadora. Participou de 152 exposições individuais e mais de 350 coletivas, em Bienais, Trienais e exposições importantes internacionais (1955 a 2021) na América do Sul, Europa, EUA e Japão. A mais significativa foi a retrospectiva Zoravia Bettiol – O Lírico e o Onírico no MARGS, em 2016. Suas obras estão em acervos dos principais museus e centros culturais do mundo como o Metropolitan Museum, de Nova Iorque; o Kunstindustriemuseet, de Oslo, Gabinet des Estampes Bibliothéque Nationale de Paris e o Museum of Modern Art, de Kyoto. Foi homenageada em 2015 com a criação do Instituto Zoravia Bettiol que preservará sua arte além de difundir cultura e artes visuais.

RELACIONADAS

Quer saber tudo sobre cultura e eventos em Porto Alegre e no RS? Então assine a newsletter do Roger Lerina e receba as dicas no seu e-mail!

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.