Música, Notas

Duo Indiana & Tico apresenta disco autoral de jazz

Change Size Text
Duo Indiana & Tico apresenta disco autoral de jazz Capa "Indiana & Tico"/Divulgação

Produzido inteiramente durante a pandemia e em casa, vencendo o desafio da distância de 1160 km entre Rio de Janeiro e Brasília, Indiana Nomma e Tico de Moraes, lançaram no dia 4 de junho em todas as plataformas digitais, o álbum Indiana & Tico, que surge como prova de superação, cooperação e reinvenção em tempos inusitados através da música.

Com nove canções autorais, todas em inglês, com arranjos de jazz, que passeiam pelos ritmos dos anos 20 a 50 fazendo uma despretensiosa homenagem ao clássico disco Ella & Louis, do qual Indiana e Tico são incondicionalmente fãs. Amigos de longa data, nunca haviam pensado em trabalhar juntos. E logo no primeiro improviso cantarolado por ela, surge a letra dele e então, lançam Old Garden Street, o primeiro single.

“Este disco surge com tanta leveza e fluidez que nem mesmo o contexto histórico no qual ele nasce é capaz de influenciá-lo. Música cura e na pandemia, a parceria e a inspiração desse álbum foram o melhor remédio”, conta Indiana. “Nosso trabalho é o resultado de uma dedicação colaborativa à música, à composição e ao valor que a arte deixa impresso na vida das pessoas, especialmente em tempos como este”, finaliza Tico.

Indiana (voz) e Tico (voz, guitarra), estão acompanhados pelo músico da Letônia Alexander Raichenok (piano) e o pernambucano Misael Barros (bateria). Os arranjos e a produção do disco também são assinados pelo duo. Old Garden Street (Indiana Nomma eTico de Moraes), A Noob Like Me (Tico de Moraes), I’d Care to Dance (Indiana Nomma e Tico de Moraes), Night Will Be Ours (Tico de Moraes), What’s Wrong With Me? (Indiana Nomma e Tico de Moraes), Do The Math (Tico de Moraes), Just Let It (Tico de Moraes), What’s with My Rhyme? (Tico de Moraes) e It’s Not The End (Indiana Nomma e Tico de Moraes) formam o repertório do disco.

Brasileira-hondurenha, filha de baiano e gaúcha, morou no México, Portugal, Nicarágua, Alemanha, em Brasília e nesse momento de pandemia vive no Rio de Janeiro. Indiana Nomma, completa 25 anos de carreira lançando este quarto disco. Com origens na música erudita e canto coral, antes de completar 20 anos de idade se apresentou no Carnegie Hall. Finalista do 27º e 29º Prêmio da Música Brasileira na categoria “Melhor Álbum de Língua Estrangeira” com os álbuns UNEXPEXTED em parceria com o pianista Osmar Milito; e LESSONS IN LOVE em parceria com o produtor musical Raymundo Bittencourt

Tico é guitarrista, compositor e cantor radicado em Brasília. Destaca-se pelo canto cool e pelos arranjos originais, sempre valorizando harmonias, melodias e letras por meio de uma linguagem jazzística. Entre vários álbuns, EPs e singles lançados e disponíveis nas plataformas digitais, estão composições como Much Rain, Our Crime, Break In e She’s Awesome, que retratam a mistura de jazz e pop com alguns elementos eletrônicos e que já atingiram mais de 1 milhão de streams no Spotify.

Escute Indiana & Tico aqui.

Quer saber tudo sobre cultura e eventos em Porto Alegre e no RS? Então assine a newsletter do Roger Lerina e receba as dicas no seu e-mail!