Agenda, Notas

Festival No Ar Coquetel Molotov encerra com série inédita

Change Size Text
Festival No Ar Coquetel Molotov encerra com série inédita Cartaz. Foto: Francine Ramos/Divulgação

O No Ar Coquetel Molotov, que se debruça sobre desafios alternativos à presencialidade, teve início no dia 11 janeiro com uma nova grade de propostas, experimentações e entretenimento. Entre as novidades, o CQTL MLTV desponta com um formato imersivo e sensorial híbrido onde dinâmicas virtuais unem música, arte, um inédito mundo 3D, workshops, mentorias e oficinas. 

Ponto alto da 17ª edição do No Ar Coquetel Molotov, a série audiovisual encerra o festival nos dias 22 e 23 de janeiro, às 21h, com um material inédito e com linguagem cinematográfica. CQTL MLTV será exibida tanto no site do festival como em seu canal do YouTube.

A série, que tem direção musical de Benke Ferraz (produtor e guitarrista do Boogarins), produção audiovisual da Bateu Castelo e gravação e mixagem de áudio da Fábrica de Estúdios, convida o público para uma imersão numa paisagem bucólica, cercada pela natureza num verdadeiro respiro em meio à quarentena pela pandemia vigente, gravada com parte das atrações no espaço Criatório, em Gravatá, interior de Pernambuco. A outra parte foi gravada em São Paulo, na Fauhaus com fundo chroma key, dando espaço para a experimentação.

— O filme, dividido em duas partes, pode ser pensado como uma busca. Primeiro, a de traduzir para a linguagem cinematográfica a emoção de estar presente no festival Coquetel Molotov e, segundo, o ato de tentar compreender o ano que passamos: uma reflexão, um registro histórico de um momento em que uma fissura apareceu na nossa sociedade, revelando algumas das nossas contradições mais profundas. Quisemos focar na luz no final do túnel, que é a arte, e o sentido de se fazer arte. Aquilo que nos faz ser humanos – a esperança daquilo que é o nosso maior potencial. Nesse processo, decidimos incorporar o som do “aqui agora” nas performances.

Não se trata de um apanhado de clipes gravados em estúdio nem tampouco uma live. Pensamos no registro videográfico como uma mosquinha que voa ao redor ou se aproxima daquilo que está acontecendo no intenso agora. São performances irreproduzíveis. Acreditamos que existe uma verdade nesse registro — pontua Daniel Edmundson, da Bateu Castelo.

De São Paulo, fica o registro das participações de Alessandra Leão, Jup do Bairro, Tuyo, o encontro de Ava Rocha com Boogarins, Test, Aretha Sadick e Derek. Já em Gravatá o registro em meio à natureza foi com Lia de Itamaracá, Amaro Freitas e a novíssima cena musical pernambucana: Luiz Lins, Martins, Bella Kahun, Bell Puã, o coletivo Avoada, e o experimentalismo de Hrönir e Miãm. Do lineup, Lia de Itamaracá, Tuyo e Amaro Freitas são artistas do casting da Natura Musical. 

— A série traz de fato um recorte do que há de melhor na cena local de Recife, com alguns artistas reconhecidos internacionalmente como o Amaro Freitas, Lia de Itamaracá e Bell Puã. A curadoria teve esse cuidado de trazer todas as vertentes locais que têm alguma ligação com o Coquetel Molotov. O Thelmo Cristovam mesmo vem do experimental, da música instrumental, assim como o Amaro Freitas que também vem do instrumental mas tem uma pegada mais jazz e o Miã, um projeto completamente novo.

O festival foi o primeiro a levar para Recife nomes importantes da cena como Tortoise, Hurtmold. Ainda da cena local, o Luiz Lins traz o hip hop, junto com a Bella Kahun que tem uma pegada meio brega também. Uma diversidade que traz um recorte digno do Coquetel — destaca Benke Ferraz.

Entre os destaques dos registros e uma das apresentações mais impactantes, o primeiro show pós pandemia com a formação original, em trio, de Amaro Freitas. O experimento com o chroma key vai poder promover encontros emocionantes como o de Lia de Itamaracá, que gravou sua participação no Criatório, com Alessandra Leão, registrada em São Paulo com o fundo verde. 

O evento tem apresentação da TNT Energy Drink, patrocínio da Natura Musical, Itaipava, Oi Pontes/British Council, Uninassau e Incentivo do Sistema de Incentivo a Cultura do Recife.

sexta-feira, 22 a 23 de janeiro de 2021 | 21h00

RELACIONADAS

Quer saber tudo sobre cultura e eventos em Porto Alegre e no RS? Então assine a newsletter do Roger Lerina e receba as dicas no seu e-mail!

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.