Música, Notas

GrooVI lança seu segundo disco, “I-tal”

Change Size Text
GrooVI lança seu segundo disco, “I-tal” Foto: Manu Freitas/Divulgação

A exaltação da natureza e o resgate de uma vivência baseada na ancestralidade da cultura africana, traçam os objetivos do trabalho que vem sendo desenvolvido pela GrooVI, conectada com os tempos atuais onde o coletivo precisa estar sempre no horizonte. Partindo desse conceito foram criadas as músicas do novo disco, I-tal, que chega às plataformas digitais nesta sexta (26/2).

I-tal traz a exuberância da alimentação natural e o entendimento do corpo como um templo. Reverência é uma música extremamente impactante que exalta as contribuições da África na história da humanidade. Congoman, em parceria com o cantor NiyoRah das Ilhas Virgens, fala sobre a importância do Nyabinghi, uma batida semelhante ao pulsar do coração, que representa a primeira música ouvida desde o ventre de nossa mãe. Spiritual Warrior, parceria com o selo internacional Zion I Kings, trata do entendimento da vida como uma jornada espiritual de aperfeiçoamento constante, em busca de uma consciência elevada.

Águas Tranquilas exalta os elementos da natureza e expõe a forma como nos relacionamos intimamente com eles, nesse caso as águas que nos banham e nutrem. Vivência nos revela conceitos místicos da cultura Rastafari, destacando-se a prática como pilar de fé. A música tem participação do cantor Arkaingelle da Guiana Inglesa. Ancestrais reverencia aqueles que vieram antes de nós, que prepararam o caminho e deixaram um poderoso legado de glória e resistência e permanecem vivos através de EueEu.

O disco conta ainda com uma sessão Dub, com versões exclusivas mixadas por DigitalDubs e Julio Porto. I-tal é uma produção musical de GrooVI e Julio Porto. A masterização é de Laurent “Tippy I” Alfred do selo I Grade Records das Ilhas Virgens. A produção executiva é de Paradise Entretenimento e arte gráfica de Leo Lage.

Guiados pelos ensinamentos de Rastafari, a GrooVI surge em 2010 no formato backing band, acompanhando diversos cantores da cena Reggae, Rap e Black Music no Sul do Brasil. A Sigla VI é uma menção às Ilhas Virgens do Caribe onde estão radicados vários artistas que serviram de referência para a identidade musical da banda. Em seis anos a banda participou de vários projetos culturais e sociais, além do suporte para mais de 30 cantores nacionais e internacionais.

Integram a banda: Amani Kush (vocal), Fernando Catatau (bateria), Saulo Pinheiro (baixo), Amós Pachamama (teclados), William Artuso (guitarra) e Ras Vicente (Teclados).

Capa. Foto: Divulgação
RELACIONADAS

Quer saber tudo sobre cultura e eventos em Porto Alegre e no RS? Então assine a newsletter do Roger Lerina e receba as dicas no seu e-mail!

Receba de segunda a sexta a Matinal News, a newsletter que traz as principais notícias e eventos de Porto Alegre e do RS.