Reportagens | Teatro

“Teatro para Pássaros”: relações e metalinguagem em cena

Change Size Text
“Teatro para Pássaros”: relações e metalinguagem em cena Foto: Fernanda Chemale

A peça Teatro para Pássaros, com direção de Breno Ketzer Saul, estreia nos dias 22 e 23 de julho (sexta e sábado), às 20h, no Centro Histórico-Cultural Santa Casa. O texto do dramaturgo argentino Daniel Veronese narra um encontro de seis atores que suscita reflexões sobre o fazer teatral e as relações humanas.

“É uma dramaturgia muito ágil e orgânica, que valoriza muito o trabalho dos atores. O texto é coloquial e entrecortado, com poucos monólogos e muitas situações que beiram o nonsense”, observa Saul, que há cerca de 10 anos teve os primeiros contatos com a produção teatral de Veronese em viagens a Buenos Aires e em apresentações realizadas no Porto Alegre em Cena.

Outra característica do texto é a metalinguagem. “Veronese sempre coloca a questão do teatro dentro do teatro. O que é o real? O que é o teatro? Quando estamos atuando?”, completa o diretor do espetáculo, que já dirigiu Formas de Falar das Mães dos Mineiros Enquanto Esperam que Seus Filhos Saiam à Superfície, escrito por Veronese.

Foto: Fernanda Chemale

O elenco é formado por Áurea Baptista (Teresa), Carla Cassapo (Glória), Dionísio Farias (Rick), Evandro Soldatelli (Toni), Raquel Zepka (Iasmin) e Vinícius Petry (Marcos). No encontro dos personagens atores, discute-se um projeto artístico. A anfitriã Teresa – que assina a dramaturgia de sua primeira peça teatral –, revela o interesse de vender o trabalho para seu ex-namorado, atualmente um renomado e bem-sucedido produtor de TV (Toni). A partir daí diferentes situações borram os limites entre a peça debatida pelo grupo e o espetáculo assistido pelo público.

“São muitas histórias que se cruzam e não totalizam um sentido. Veronese e outros dramaturgos argentinos, a partir dos anos 1980, questionam muito esse ‘fazer sentido’. A peça deixa muitas pontas soltas e se abre para interpretações”, observa Saul, destacando a cenografia assinada por ele e Veronese, que remete a uma arena – característica de outras produções do argentino.

Com ironia, o espetáculo reflete também sobre as tensões entre a criação artística e a necessidade de retorno financeiro e a complexidade das relações humanas. Os seis atores formam casais que já tiveram outras relações entre si – por vezes, violentas. O mistério também se faz presente na trama com as mortes sucessivas de dois porteiros do prédio onde vive Teresa, no dia anterior e na madrugada do encontro entre os atores.



Teatro para Pássaros, dirigida por Breno Ketzer Saul
Data: Dias 22 e 23 de julho de 2022
Horário: 20h
Local: Teatro do Centro Histórico-Cultural Santa Casa (avenida Independência, 75 – Independência – Porto Alegre/RS)
Classificação: maiores de 12 anos
Ingressos à venda no Sympla

Gostou desta reportagem? Garanta que outros assuntos importantes para a sociedade gaúcha sejam abordados: seja nosso assinante.

Reportagens investigativas e de grande importância para a democracia como esta só são possíveis graças ao investimento dos nossos assinantes premium. Além disso, os nossos assinantes premium têm acesso a todo o conteúdo do Roger Lerina, à revista Parêntese, à versão completa da NewsMatinal, a descontos nos nossos cursos e a muito mais. Com o preço de dois cafezinhos por dia você tem mais informação, cultura e ainda ajuda o jornalismo local independente. Assine!
Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! Faça login e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email

Gostou desta reportagem? Ela é possível graças a sua assinatura.

O dinheiro investido por nossos assinantes premium é o que garante que possamos fazer um jornalismo independente de qualidade e relevância para a sociedade e para a democracia. Você pode contribuir ainda mais com um apoio extra ou compartilhando este conteúdo nas suas redes sociais.
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
PUBLICIDADE