Matinal News

Quase 100% dos estudantes da rede pública se formam sem saber o esperado em matemática

Change Size Text
Quase 100% dos estudantes da rede pública se formam sem saber o esperado em matemática Foto: Dragana/Freepik

Previsão do tempo: e não é que esfriou mesmo? Algumas regiões do RS vão registrar temperaturas abaixo de 10ºC hoje, enquanto outras têm chance de chuva. Na Capital, os termômetros ficam entre 18ºC e 22ºC.

Divulgados nesta quarta, os resultados do Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Rio Grande do Sul (Saers) revelam o impacto da pandemia e da desigualdade social e racial no aprendizado dos mais de 330 mil alunos da rede pública. O pior deles foi a nota dos estudantes do 3º ano do Ensino Médio: 96% tiveram desempenho abaixo do esperado em matemática e 73% não alcançaram o mínimo em português. A secretária de Educação, Raquel Teixeira, avaliou que o resultado está “dentro do imaginado”: “Nós tivemos uma perda de cerca de 10 anos de aprendizado por conta da pandemia”. As notas do Saers servirão como um dos critérios para distribuição do ICMS do estado: quem obteve melhores resultados receberá mais recursos. Segundo dados preliminares, os estudantes brancos, com maior poder aquisitivo e do sexo feminino tiveram um desempenho melhor do que pretos, indígenas, do sexo masculino e com menor poder aquisitivo.

No Fórum da Liberdade, Leite disse estar ao lado de Zema – Romeu Zema, governador reeleito de Minas Gerais, foi a estrela do primeiro dia do Fórum da Liberdade, que começou ontem e termina hoje na PUCRS, em Porto Alegre. Ele foi enaltecido pelo público composto predominantemente por homens brancos no auditório principal. Ouviu-se um coro de “Zema presidente”. A recepção calorosa destoou da acolhida ao chefe do executivo gaúcho. O tucano Eduardo Leite foi vaiado e alvo de protestos de um grupo com bonés e bandeiras do Brasil, uniforme usado nos atos antidemocráticos e no ataque de 8 de janeiro. Leite só foi aplaudido quando defendeu as privatizações e disse estar ao lado dos principais expoentes da direita hoje. “Temos que sair dessa polarização. Tem um grande nome aqui”, falou, apontando para Zema. “Não quero divisão, quero estar com o Zema, o Tarcísio (De Freitas, Republicanos, governador de São Paulo), com todos que acreditam em uma alternativa ao que está aí”, sentenciou. Leia mais na reportagem de Matheus Beck.

Sete adolescentes são apreendidos por suspeita de ataques em escolas – Monitoramento de possíveis ameaças a escolas feito pela Polícia Civil e Brigada Militar (BM) levaram à apreensão de sete adolescentes. Um deles seria colega do jovem de Maquiné, no litoral norte, que foi apreendido terça-feira após farto material neonazista ter sido encontrado na sua casa. A polícia apreendeu outro jovem no mesmo município e agora apura o envolvimento dos dois. Houve casos ainda em Balneário Pinhal, São Luiz Gonzaga, Montenegro e Rolante. Também ontem o Twitter decidiu recuar do seu discurso de liberdade de expressão irrestrita e começou a derrubar conteúdo de apologia a ataques em escolas, atendendo ao pedido de remoção de posts extremistas feito pelo ministro Flavio Dino. Publicada ontem, uma portaria do Ministério da Justiça prevê medidas administrativas para apurar e responsabilizar plataformas por propagação de conteúdos “ilícitos, danosos e nocivos, referentes a conteúdos que incentivem ataques contra ambiente escolar”. Mas, segundo especialistas ouvidos pelo Núcleo, o texto traz riscos à liberdade de expressão.

Justiça determina que terras de Morro Alto continuem com quilombolas – A Terceira Turma do TRF-4 terminou com um processo de mais de duas décadas ao determinar a continuidade da titulação das terras quilombolas de Morro Alto, entre Osório e Maquiné. Também foi mantida a sentença que pediu a interrupção do processo de licitação para novo laudo antropológico pelo Incra. A comunidade negra de Morro Alto se reconhece herdeira do território – eles descendem diretamente dos ex-escravizados que herdaram a área de 4.630 hectares da fazendeira Rosa Osório Marques, uma doação datada de 1888 e registrada em testamento. Para o advogado da comunidade quilombola, Emiliano Maldonado, “a decisão é um marco na luta quilombola do Rio Grande do Sul e do Brasil”.  

Fiação das ruas da capital deverá ser subterrânea a partir de 2038 – O prefeito Sebastião Melo (MDB) sancionou, na quarta-feira, a lei que determina que concessionárias substituam o sistema atual por um cabeamento subterrâneo até abril de 2038. Aprovado em dezembro do ano passado pela Câmara, o projeto de autoria dos vereadores Cassiá Carpes (PP) e Fernanda Barth (Podemos) traz benefícios à segurança, manutenção e ao visual, avalia o professor da Faculdade de Arquitetura da UFRGS Benamy Turkienicz. O prazo de 15 anos para substituição da fiação vale para construções consolidadas. Novas edificações e reformas devem prever o novo modelo como condição para aprovação. A CEEE, que gastou 10 milhões de reais para implantar o sistema subterrâneo na nova orla do Guaíba, questiona a competência municipal para legislar sobre o assunto, que caberia à Agência Nacional de Energia Elétrica.


Outros links:

  • O RS confirmou mais dois óbitos por dengue e chega a um total de seis neste ano. As vítimas são homens com 65 e 99 anos, ambos com comorbidade.
  • Foram registrados nove feminicídios no Estado em março, três a mais do que no mês anterior. No balanço do trimestre, foram 28 mulheres mortas em razão do gênero, contra 24 no mesmo período de 2022.
  • Os primeiros três meses do ano contabilizaram ainda alta de homicídios e redução de latrocínios. Ao todo, 481 pessoas foram assassinadas no RS.
  • O DMLU fará um drive-thru no Parcão para coleta de resíduos eletrônicos e eletrodomésticos sem uso amanhã, das 9h às 17h. Os materiais podem ser descartados no local gratuitamente. 
  • A Câmara dos Deputados exibe imagens da tragédia da boate Kiss, feitas por Dartanhan Baldez Figueiredo. Pais de vítimas devem iniciar uma vigília em frente ao STF e ao STJ para reivindicar agilidade no julgamento de recurso do MP-RS contra a anulação do júri.
  • Pesquisa de mestrado no Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano da UFRGS investiga a mobilidade feminina em Porto Alegre. Mulheres que se deslocam acompanhadas de um dependente podem contribuir aqui.
  • Guerrilheira sandinista e historiadora, Mónica Baltodano visita o Brasil e denuncia a ditadura de Daniel Ortega na Nicarágua. Hoje ela palestra no auditório da Faculdade de Ciências Econômicas da UFRGS, às 18h30min.
  • Na coluna desta sextaJuremir lança hipóteses para o futuro: “No cenário utópico, a inteligência artificial faz tudo. A preguiça torna-se uma qualidade, um saber viver. No cenário distópico, as máquinas fazem tudo e a humanidade não sabe o que fazer da vida.”

Carta da Editora

Escola sem (o teu) partido

Passados quase 10 dias do ataque que matou quatro crianças em uma creche de Blumenau (SC) no dia 5, o choque cedeu lugar ao pânico. E, vocês sabem, o pânico é terreno fértil para medidas autoritárias.

Grupos de pais e mães no WhatsApp viraram alvo ainda mais fácil para a desinformação – e mais terror, com áudios e correntes anunciando novos ataques. Na escola do meu filho, uma mãe sugeriu que pais com flexibilidade de horário passassem o dia em frente à escola até que a direção reforçasse a segurança no seu entorno.

O medo é totalmente compreensível. Mas não é só de pais e mães aterrorizados que partiram ideias, no mínimo, questionáveis. Na terça-feira, o prefeito Sebastião Melo editou um decreto que restringiu o acesso de parlamentares e movimentos estudantis a escolas da rede municipal.

Leia aqui a coluna completa da editora-chefe Marcela Donini.


Cultura

19º Fantaspoa exibe mais de 170 filmes

Foto: “A Aranha Negra” / Divulgação Fantaspoa

Fantaspoa, maior festival de cinema de gênero fantástico da América Latina, deu início ontem à sua 19ª edição, reunindo 172 títulos e dezenas de estreias internacionais, entre curtas e longas-metragens, que serão exibidos na Cinemateca Capitólio, na Sala Redenção, na Cinemateca Paulo Amorim e no Instituto Ling. Um dos idealizadores do festival, João Pedro Fleck conversou com o repórter Ricardo Romanoff sobre o evento. Leia a matéria.

Agenda (🔒)

Hoje
Cia. Incomode-te apresenta o espetáculo Espera, com dramaturgia de Nelson Diniz e direção de Sandra Possani, às 20h, hoje e amanhã, na Zona Cultural.

Sábado (15/4)

Paulinho da Violacanta, às 21h, no Auditório Araújo Vianna.

Domingo (16/4)
Orquestra de Câmara da Ulbra inicia série de concertos, às 18h, no Farol Santander

Para receber todas as dicas culturais do Roger Lerina enviadas aos assinantes premium do Matinal, assine aqui.


Você viu?

O cineclube mais antigo do Brasil – o Clube de Cinema de Porto Alegre (CCPA) – comemorou ontem seus 75 anos com um coquetel e (evidentemente) uma sessão de cinema. Os festejos continuam amanhã, às 10h15min, com uma exibição surpresa no Bourbon Shopping Country. Ao G1, um dos diretores do CCPA, Pedro Wortmann, comemorou a data: “Passar 75 anos batalhando e vencendo as mídias digitais, o streaming, e tudo mais, e fortalecendo o espaço do cinema, não só o filme, mas o cinema, é uma grande conquista para todos os porto-alegrenses”. Para fazer parte do CCPA e assistir às sessões semanais, é cobrada uma anuidade de 180 reais. Mais informações no site do Roger.

RELACIONADAS
;

Esqueceu sua senha?

ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.