Reportagem

Entidades protocolam ação contra gestão Melo e cobram medidas para mitigar dano das enchentes

Change Size Text
Entidades protocolam ação contra gestão Melo e cobram medidas para mitigar dano das enchentes Representantes realizaram ato simbólico no Foro Central de Porto Alegre. Foto: Igor Sperotto/Divulgação

Quatro entidades protocolaram, nesta sexta-feira (7), uma ação civil solicitando atuação imediata da prefeitura de Porto Alegre no combate à crise decorrente das enchentes na capital. A peça é assinada pelo Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa), a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) e a Associação de Juristas pela Democracia (Ajurd). 

Representantes do grupo realizaram um ato simbólico hoje em frente ao Foro Central de Porto Alegre – Prédio II. De acordo com o advogado do Simpa e coordenador da Ajurd, Leonardo Kauer, as entidades identificaram, por meio de provas documentais e avaliações de engenheiros e especialistas, que houve negligência na administração municipal no que diz respeito à manutenção do sistema de proteção ambiental e na Defesa Civil. 

“Não teríamos como falar nas perdas humanas e materiais sem falar da intervenção ou, melhor dizendo, da falta da intervenção da gestão do prefeito Sebastião Melo”, afirma Kauer. “Entendemos que politicamente é momento de responsabilização, mas é também, de um ponto de vista pragmático, é o momento de cobrar o prefeito uma postura daqui para frente.” Segundo o advogado, houve inundações na cidade que não regrediram facilmente. “Isso não é porque a natureza não ajudou, mas porque a administração pública não se preparou para isso”, explica.

Ainda na quarta-feira (5), a Confederação Nacional das Associações de Moradores (Conam) e a União das Associações de Moradores de Porto Alegre (Uampa) também protocolaram uma ação contra Melo e a prefeitura pelos danos causados em decorrência da falta de prevenção às cheias do Guaíba. O documento pede retratação pública, plano de ação imediato especificamente para regiões diretamente afetadas e chamamento imediato de concurso público para sanar déficits de quadro técnico em órgãos ambientais do município. 

Entidades propõem medidas urgentes

As quatros organizações, que assinam a ACP entregue nesta sexta-feira, cobram o estabelecimento e cumprimento de um plano de atuação imediata baseado no Plano de Contingências de Proteção e Defesa Civil do município. As entidades pedem esclarecimento sobre quais medidas efetivamente já foram colocadas em prática e qual o cronograma das futuras ações do município. 

A ação propõe também que a prefeitura adote medidas relativas à fase restaurativa do plano de contingências, que devem ser cumpridas sob pena dos responsáveis. Entre as medidas, estão: 1) remoção de fontes de perigo das ruas da cidade, 2) suprimento e distribuição de água potável e eletricidade, 3) limpeza e desinfecção da cidade, 4) garantia do funcionamento dos esgotos e, especialmente, 5) realização do escoamento e drenagem das águas ainda represadas em bairros do município, como Humaitá, Sarandi e Anchieta.

Gostou desta reportagem? Garanta que outros assuntos importantes para o interesse público da nossa cidade sejam abordados: apoie-nos financeiramente!

O que nos permite produzir reportagens investigativas e de denúncia, cumprindo nosso papel de fiscalizar o poder, é a nossa independência editorial.

Essa independência só existe porque somos financiados majoritariamente por leitoras e leitores que nos apoiam financeiramente.

Quem nos apoia também recebe todo o nosso conteúdo exclusivo: a versão completa da Matinal News, de segunda a sexta, e as newsletters do Juremir Machado, às terças, do Roger Lerina, às quintas, e da revista Parêntese, aos sábados.

Apoie-nos! O investimento equivale ao valor de dois cafés por mês.
Se você já nos apoia, agradecemos por fazer parte da rede Matinal! e tenha acesso a todo o nosso conteúdo.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Se você já nos apoia, agradecemos por fazer parte da rede Matinal! e tenha acesso a todo o nosso conteúdo.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email

Gostou desta reportagem? Ela é possível graças a sua assinatura.

O dinheiro investido por nossos assinantes premium é o que garante que possamos fazer um jornalismo independente de qualidade e relevância para a sociedade e para a democracia. Você pode contribuir ainda mais com um apoio extra ou compartilhando este conteúdo nas suas redes sociais.
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email

Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! Faça login e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
RELACIONADAS
;

Esqueceu sua senha?

ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.