Reportagem

Projeção do IPH aponta Guaíba em cota de inundação por mais duas semanas

Change Size Text
Projeção do IPH aponta Guaíba em cota de inundação por mais duas semanas Nível do Guaíba deve seguir acima da cota de inundação até junho | Foto: Giulian Serafim / PMPA

O Guaíba deve completar um mês em nível igual ou superior à sua cota de enchente no Cais Mauá, que é de 3 metros, de acordo com projeção do Instituto de Pesquisas Hidráulicas (IPH) da UFRGS. No cenário traçado nesta segunda-feira, dia 20, a perspectiva é de que as águas retrocedam ao nível entre 4 e 5 de junho.

Em meio à histórica enchente, o Guaíba passou da cota de inundação em 2 de maio. Três dias depois atingiu seu pico, 5,35m. Desde então teve um repique importante e, a partir de 16 de maio, iniciou a tendência de redução. Confirmando a estimativa do IPH, o período acima da cota de enchente será superior ao registrado em 1941 – na ocasião foram 32 dias.

Após um leve período de elevação na madrugada desta segunda, a queda foi retomada na segunda metade da manhã. À tarde, o nível estava em 4,25m. A expectativa do IPH é que o Guaíba reduza do nível de 4m até o meio da semana. No entanto, em razão do vento sul e de acumulados de chuva, um repique não é descartado, ainda que com menor intensidade que o da semana passada.


E-mail: [email protected]

Gostou desta reportagem? Garanta que outros assuntos importantes para o interesse público da nossa cidade sejam abordados: apoie-nos financeiramente!

O que nos permite produzir reportagens investigativas e de denúncia, cumprindo nosso papel de fiscalizar o poder, é a nossa independência editorial.

Essa independência só existe porque somos financiados majoritariamente por leitoras e leitores que nos apoiam financeiramente.

Quem nos apoia também recebe todo o nosso conteúdo exclusivo: a versão completa da Matinal News, de segunda a sexta, e as newsletters do Juremir Machado, às terças, do Roger Lerina, às quintas, e da revista Parêntese, aos sábados.

Apoie-nos! O investimento equivale ao valor de dois cafés por mês.
Se você já nos apoia, agradecemos por fazer parte da rede Matinal! e tenha acesso a todo o nosso conteúdo.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Se você já nos apoia, agradecemos por fazer parte da rede Matinal! e tenha acesso a todo o nosso conteúdo.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email

Gostou desta reportagem? Ela é possível graças a sua assinatura.

O dinheiro investido por nossos assinantes premium é o que garante que possamos fazer um jornalismo independente de qualidade e relevância para a sociedade e para a democracia. Você pode contribuir ainda mais com um apoio extra ou compartilhando este conteúdo nas suas redes sociais.
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email

Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! Faça login e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
RELACIONADAS

Esqueceu sua senha?

ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.