Reportagem

Pessoas que abrigam sobreviventes em suas casas podem buscar doações em pontos de coleta

Change Size Text
Pessoas que abrigam sobreviventes em suas casas podem buscar doações em pontos de coleta Postos de coleta e triagem foram montados pela prefeitura para receber doações, como na rua Lá Plata, 693 e no Ginásio do Demhab. Foto: Alex Rocha/PMPA

Prefeitura criou um cadastro para pessoas físicas e entidades civis que acolhem desabrigados

Lideradas por voluntários, como a Matinal mostrou nesta semana, as ações de coleta e entrega de doações agora contam com uma ferramenta da prefeitura de Porto Alegre. Desde sexta-feira, entidades civis e pessoas físicas que acolhem desabrigados em suas casas podem se cadastrar para receber donativos do município.

O cadastro é feito de duas formas. Pessoas que abrigam vítimas em seus lares devem preencher uma autodeclaração – disponível online e nos locais de retirada – e apresentá-la na hora de buscar os itens. Serão entregues donativos de acordo com a quantidade e a necessidade dos desabrigados. Os locais funcionam 24 horas por dia.

Já as entidades civis deverão se cadastrar pelo Whatsapp 156, opção 3. Após informar dados como CNPJ, endereço e as necessidades, será gerado um protocolo. A promessa é de que os pedidos realizados até as 17h serão entregues pelo Exército no endereço cadastrado no dia seguinte. 

Vale lembrar que, conforme a Matinal mostrou, no caso de arrecadações feitas pela Defesa Civil do estado, apenas os municípios podem fazer solicitações.

Confira os locais para entrega da autodeclaração e retirada dos donativos por pessoas físicas:

Clube Farrapos – rua Prof. Cristiano Fischer, 1331 

Materiais disponíveis: água; colchões; cobertores; produtos de higiene; produtos de limpeza; roupas.

Departamento Municipal de Habitação (Demhab) – rua Conde D’eu, 66

Materiais disponíveis: água; colchões; cobertores; produtos de higiene; produtos de limpeza; roupas.

Defesa Civil Municipal – rua La Plata, 693

Materiais disponíveis: colchões; cobertores; produtos de limpeza.

Gostou desta reportagem? Garanta que outros assuntos importantes para o interesse público da nossa cidade sejam abordados: apoie-nos financeiramente!

O que nos permite produzir reportagens investigativas e de denúncia, cumprindo nosso papel de fiscalizar o poder, é a nossa independência editorial.

Essa independência só existe porque somos financiados majoritariamente por leitoras e leitores que nos apoiam financeiramente.

Quem nos apoia também recebe todo o nosso conteúdo exclusivo: a versão completa da Matinal News, de segunda a sexta, e as newsletters do Juremir Machado, às terças, do Roger Lerina, às quintas, e da revista Parêntese, aos sábados.

Apoie-nos! O investimento equivale ao valor de dois cafés por mês.
Se você já nos apoia, agradecemos por fazer parte da rede Matinal! e tenha acesso a todo o nosso conteúdo.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Se você já nos apoia, agradecemos por fazer parte da rede Matinal! e tenha acesso a todo o nosso conteúdo.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email

Gostou desta reportagem? Ela é possível graças a sua assinatura.

O dinheiro investido por nossos assinantes premium é o que garante que possamos fazer um jornalismo independente de qualidade e relevância para a sociedade e para a democracia. Você pode contribuir ainda mais com um apoio extra ou compartilhando este conteúdo nas suas redes sociais.
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email

Se você já é assinante, obrigada por estar conosco no Grupo Matinal Jornalismo! Faça login e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.

Compartilhe esta reportagem em suas redes sociais!

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
RELACIONADAS

Esqueceu sua senha?

ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.
ASSINE E GANHE UMA EDIÇÃO HISTÓRICA DA REVISTA PARÊNTESE.